Sites Grátis no Comunidades.net
2017
2017

 

0–9

  • 10 Segundos Para Vencer

A

  • Água, Por Favor
  • Alguém Como Eu
  • Alguma Coisa Assim
  • Alien: Covenant
  • O Amante Duplo
  • Amor.com
  • Annabelle 2: A Criação do Mal
  • Antes Que Eu Me Esqueça
  • Aos Teus Olhos
  • Arábia
  • Assassinato no Expresso Oriente
  • Atômica
  • As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas
  • Axé – Canto do Povo de um Lugar

B

  • Baronesa
  • Baywatch
  • O Beijo no Asfalto
  • Bingo: O Rei das Manhãs
  • Blade Runner 2049
  • Blue My Mind
  • As Boas Maneiras
  • Boneco de Neve
  • Bright

C

  • A Cabana
  • Café Com Canela
  • Calango Ball
  • Caminhos da Reportagem (TV)
  • Carcereiros (TV)
  • CHIPS
  • Chocante: O Filme
  • Cidade Proibida (TV)
  • CineMagia: a história das videolocadoras de São Paulo
  • Cinquenta Tons Mais Escuros
  • Clarisse ou alguma coisa entre nós dois
  • A Comédia Divina
  • Como Nossos Pais
  • Como se Tornar o Pior Aluno da Escola
  • Como Se Tornar um Conquistador
  • Confronto no Pavilhão 99
  • Corpo Elétrico
  • Corra!
  • O Culto de Chucky

D

  • D.P.A - O Filme
  • Death Note
  • Desarmados
  • Deserto
  • Os Dias Eram Assim (TV)
  • Divórcio
  • Dois irmãos (TV)
  • Dona Flor e Seus Dois Maridos
  • Duas de Mim
  • As Duas Irenes
  • Dunkirk
  • Dupla Explosiva

E

  • Em Pedaços
  • Em Ritmo de Fuga
  • Encantados
  • Entre Irmãs
  • Entre Mortos e Vivos
  • A Escolha Perfeita 3
  • O Estrangeiro
  • Eu Fico Loko
  • Eu, Tonya
  • Extraordinário

F

  • Fala Sério, Mãe!
  • Felipe Neto - Minha Vida Não Faz Sentido
  • Filhos da Pátria (TV)
  • O Filme da Minha Vida
  • A Forma da Água
  • A Fórmula (TV)
  • Fragmentado

G

  • Gabriel e a Montanha
  • A Glória e a Graça
  • Gostosas, Lindas & Sexies
  • O Guardião Invisível
  • Guardiões da Galáxia 2

H

  • Histórias de Fantasmas
  • Historietas Assombradas: O Filme
  • Homem Aranha, De Volta ao Lar
  • Um Homem Íntegro

I

  • Os Iniciados
  • O Insulto
  • Internet: O Filme
  • Invisível
  • IT, a Coisa

J

  • O Jardim das Aflições
  • Jigsaw
  • João de Deus - O Silêncio é uma Prece
  • João, O Maestro
  • Joaquim
  • John Wick - Um Novo Dia Para Matar
  • Jumanji - Bem Vindo à Selva

K

  • Kingsman - O Círculo Dourado
  • Kong - A Ilha da Caveira

L

  • Léo Lins - Piadas Secretas
  • Libertos, o Preço da Vida
  • Liga da Justiça
  • LOGAN

M

  • Malasartes e o Duelo com a Morte
  • Martírio
  • Memória de um Assassino
  • The Merciless
  • Meus 15 Anos: O Filme
  • Mudbound: Lágrimas sobre o Mississipi
  • Mulher Maravilha
  • A Múmia

N

  • Neve Negra
  • Não Devore Meu Coração
  • Ninguém Entra, Ninguém Sai
  • O Nó do Diabo
  • No Intenso Agora
  • A Noite é Delas
O
  • O Que Será de Nozes 2

P

  • Pai em Dose Dupla 2
  • O Palácio dos Urubus
  • Papillon
  • Paraíso Perdido
  • Os Parças
  • Pendular
  • Os Penetras 2 – Quem Dá Mais?
  • Perfeita é a Mãe 2
  • Pica-Pau - O Filme
  • Piratas do Caribe: A vingança de Salazar
  • Piripkura
  • O planeta dos macacos - Guerra
  • O Poderoso Chefinho
  • Poesias Para Gael
  • Polícia Federal: A Lei É para Todos
  • Por Trás do Céu
  • O Porteiro do Dia
  • Pousada do Ratinho (TV)
  • Power Rangers
  • Projeto Flórida

R

  • O Rastro
  • Real: O Plano por Trás da História
  • Resident Evil 6 - O Capítulo Final
  • Rio Mumbai
  • Rúcula Com Tomate Seco

S

  • O Sacrifício do Cervo Sagrado
  • Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood
  • Shaolin - Show de Piadas
  • Small Town Crime
  • Sobrenatural: A Última Chave
  • Star Wars 8: Os Últimos Jedi
  • Stefan Zweig: Adeus, Europa
  • S.W.A.T.: Operação Escorpião

T

  • T2 Trainspotting
  • O Terceiro Assassinato
  • Terra Selvagem
  • Thor: Ragnarok
  • Um Tio Quase Perfeito
  • TOC: Transtornada Obsessiva Compulsiva
  • Todo Clichê do Amor
  • O Touro Ferdinando
  • Transformers: O Último Cavaleiro
  • Os Trapalhões (TV)
  • Três Anúncios Para Um Crime
  • Treze Dias Longe do Sol (TV)
  • Triplo X 3 - xXx Reativado
  • Tungstênio

V

  • Vade Retro (TV)
  • Valerian e a Cidade dos mil planetas
  • O Vampiro da Paulista
  • A Van Assassina
  • Vazante
  • Velozes & Furiosos 8
  • A Vida Secreta dos Casais (TV)
  • A Vigilante do Amanhã
  • A Vilã
  • Viva - A Vida é uma Festa

Y

  • You Were Never Really Here

 

 

 

 

 

 Ver a imagem de origem

 Axé - Canto do povo de um lugar (2017)

Youtube

Direção: Chico Kertész

A história da axé-music revelada em detalhes, com os elementos determinantes para o nascimento desse gênero musical, contada por meio de entrevistas com empresários, produtores e músicos.

Perfeita é a Mãe 2 (2017)

1Fichier / MEGA

Quando suas próprias mães decidem chegar de visita inesperadamente, três mães pouco apreciadas e muito ocupadas se rebelam contra os desafios a as altas expectativas que as pessoas têm delas durante o Natal. 

Resultado de imagem para a cabana filme

A Cabana (2017)

MEGA / 1Fichier

Participação: Alice Braga

Um homem vive atormentado após perder a sua filha mais nova, cujo corpo nunca foi encontrado, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são encontrados em uma cabana nas montanhas. Anos depois da tragédia, ele recebe um chamado misterioso para retornar a esse local, onde ele vai receber uma lição de vida.  

A Noite é Delas (2017)

1Fichier / MEGA

Cinco melhores amigas da faculdade se juntam depois de dez anos para uma selvagem despedida de solteira em Miami, mas as coisas dão muito erradas com o stripper que contrataram para a noite. 

Stefan Zweig: Adeus, Europa (2017)

FILEFACTORY

Em 1936 o escritor austríaco, de origem judaica, Stefan Zweig foge do nazismo na Europa e vai para a América do Sul. Passando pelo Rio de Janeiro, Bahia, Buenos Aires, Nova York e Petrópolis, e apaixonado pelo Brasil, Stefan começa a escrever um livro sobre a nova terra. Ele se instala em Petrópolis, a cidade imperial, para escrever. Mas, ao mesmo tempo, ele fica atormentado com o crescimento da intolerância, barbárie e autoritarismo na Europa.

 Resultado de imagem para leo lins piadas secretas dvd

Léo Lins – Piadas Secretas (2017)

Youtube

O irreverente comediante Léo Lins apresenta seu humor excêntrico neste especial ao vivo com temas como super-heróis, sexo e escola.

Resultado de imagem para Calango Ball O Filme

Calango Ball (2017)

Youtube

"A história conta a vida de Polku que foi enviado para Terra e se tornou um menino pobre, morador de Campestre, que vende geladinho, quebra coco e faz carvão. Durante sua vida foi aumentando suas forças e ganhando superpoderes.

Os pequis sagrados são alguns dos componentes da história. São sete pequis de cristal alaranjado, que estão espalhados por Campestre e que possuem estrelas no seu interior (de uma a sete). Quando todos são reunidos, se o portador souber as palavras mágicas, são usados para realiza três desejos."

Resultado de imagem para internet o filme

Internet: O Filme (2017)

Youtube

Construído através da coletânea de oito esquetes, "Internet - O Filme" traz a irreverência e a espontaneidade dos conteúdos de humor audiovisual das redes sociais e da internet para o cinema. Em uma convenção de youtubers, os personagens entram em vários conflitos uma vez que todos eles estão em busca da fama a qualquer preço.

Dirigido por Filippo Capuzzi Lapietra

Elenco

  • Felipe Castanhari como Matheus
  • Rafinha Bastos como Cesinha Passos
  • PC Siqueira como Joca
  • Júlio Cocielo como Tito
  • Mr. Catra como Deus
  • Cauê Moura como Robson
  • Patrícia dos Reis como Natalia
  • Christian Figueiredo como Tonio
  • Gustavo Stockler (nomegusta) como Uesley
  • Victor Meyniel como Anjo Gabriel
  • Rafael Lange (Cellbit) como Paulinho
  • Igor Cavalari (Igão Underground) como Rafa
  • Muca Muriçoca
  • Michelei Machado como Laura
  • Thaynara OG como Malu
  • Gabi Lopes como Fabi
  • Mauro Nakada como Nicolas
  • Lucas Olioti (T3ddy) como Vepê
  • Gabriel Tenório Dantas (MrPoladoFul) como Humberto
  • Mauricio Meirelles como Saulo
  • Paulinho Serra como Adelgamir
  • Lucas Vinícius da Silva (Inutilismo)
  • Polly Marinho como Barbara
  • Nyvi Stephan
  • Henry Walnut
  • Rodrigo Fernandes
  • felipe neto
  • gORDOx

Participações especiais

  • Palmirinha Onofre
  • Raul Gil
  • Jefferson Barbosa e Suellen Barbosa (do meme "Para Nossa Alegria")

Resultado de imagem para o rastro 2017

O Rastro (2017)

MEGA / 1Fichier

João Rocha (Rafael Cardoso), um jovem e talentoso médico em ascensão, acaba encarregado de uma tarefa ingrata: supervisionar a transferência de pacientes quando um hospital público da cidade do Rio de Janeiro é fechado por falta de verba. Quando tudo parece correr dentro da normalidade, uma das pacientes, criança, desaparece no meio da noite, levando João para uma jornada num mundo obscuro e perigoso.

Diretor J. C. Feyer

Elenco

  • Rafael Cardoso como João Rocha
  • Leandra Leal como Leila
  • Natália Guedes como Julia de Souza
  • Cláudia Abreu como Olivia Coutinho
  • Jonas Bloch como Heitor

Participação

  • Alice Wegmann como Alice
  • Érico Brás como Marcio
  • Felipe Camargo como Ricardo
  • Domingos Montagner como Arthur Azevedo
  • Gustavo Novais como Paulo César
  • Cássio Gabus Mendes como Assessor

Resultado de imagem para swat  site:www.downloadlivre.net

S.W.A.T.: Operação Escorpião (2017)

MEGA

Na trama, quando uma retirada do cartel pela D.E.A. e a S.W.A.T. termina de maneira desastrosa, o agente Travis Hall apreende um prisioneiro misterioso e o leva à prisão preventiva. Em pouco tempo, o posto da S.W.A.T. é cercado por equipes de assalto tentando recuperar o prisioneiro conhecido como “Escorpião”. Quando Travis descobre que seu prisioneiro é um especialista das forças especiais com segredos de agências de inteligência dos EUA e criminosos internacionais, cabe a Travis e sua equipe manter o prisioneiro e seus segredos de bilhões de dólares seguros.

Ver a imagem de origem

A Escolha Perfeita 3 (2017)

1Fichier / MEGA

Depois de seu grande triunfo no campeonato mundial, as Bellas que agora estão separadas decidem se reunir para uma competição final em uma turnê do USO, mas elas enfrentam um grupo que usa instrumentos e vozes.

O Poderoso Chefinho (2017)

1Fichier / MEGA

O bebê mais incomum chega à casa de Tim em um táxi, vestindo um terno e carregando uma pasta. A rivalidade instantânea entre irmãos deve ser posta de lado quando o poderoso chefinho se junta com seu irmão de sete anos para parar o plano maligno do presidente da Puppy Co.

O Que Será de Nozes 2 (2017)

MEGA / 1Fichier

Surly e seus amigos descobrem que o prefeito da cidade quer construir um grande parque de diversões em cima de seu lar. Agora os animais devem tentar detê-lo e recuperar o parque.

Valerian e a Cidade dos mil planetas (2017)

GoogleDrive / 1Fichier / Mega

Adaptação cinematográfica dos famosos quadrinhos franco-belgas, criado por Pierre Christin, "Valérian e Laureline", e publicado a partir de 1967. O estilo narrativo e os desenhos criados por Jean-Claude Mézières influenciaram vários filmes de ficção científica, entre eles, "Guerra nas estrelas" e "O quinto elemento", do próprio Besson. O filme se tornou o maior orçamento para um filme francês de todos os tempos, chegando a quase 200 milhões de euros, Para ampliar a exibição no mundo todo, Besson escalou atores de língua inglesa e até um chinês famoso, Kris Wu, para facilitar a entrada na China. Para quem assistiu a "O quinto elemento", o filme tem bastante dos exageros visuais do filme. "Valerian" parece uma grande viagem de ácido, tal o seu colorido e situações bizarras, que somente uma mente criativa totalmente livre de amarras poderia criar. A história é bem minuciosa: Valerian e Lauredine (Dane DeHaan, de "A cura", e Cara Delevingne, de "Cidade de papel") são agentes temporais que trabalham para o Governo e assim, preservam a paz no Universo. Eles podem viajar no tempo em qualquer circunstância. Ambos são acionados para resolver uma questão: precisam recuperar um aparelho chamado "Conversor". Com isso, os 2 heróis se deparam com a obscura história de um planeta e uma civilização que desapareceram há cerca de 30 anos atrás, um povo chamado "Pearls". Vão descobrir também que alguém do Governo está por trás de uma conspiração que pode botar o mundo em risco. O filme é repleto de efeitos visuais, e talvez o mais impressionante deles envolva o personagem da cantora Rihanna, "Bubble". As cenas dela são as melhores no filme, que envolve também o ator Ethan Hawke, no papel de um cafetão. Impossível não se lembrar de "Star Wars" assistindo ao filme: Hans Solo, Millenium Falcon, os alienígenas, Jabba The Hut, etc. A trilha sonora ficou por conta do Mestre Alexandre Desplat, e a fotografia, do parceiro habitual de Besson, Thierry Arbogast. O filme é bem longo, quase 140 minutos, e eu diria que poderiam ter cortado pelo menos meia hora do filme. Mas vale ser visto, apesar de tudo aparentar ter sido feito para crianças e não para adultos.

Kingsman - O circulo dourado (2017)

MEGA / DriveGoogle

Diretor do "Kingsman" original, e também do 1º "Kick Ass", Matthew Vaughn fez dessa sequencia uma divertida e irreverente aventura, repleta de efeitos especiais e muita bizarrice, assemelhando-se aos desenhos animados de "Tom e Jerry" e "Papaléguas". São exemplos de desenhos violentos, e "Kingsman - O circulo dourado" tem muitas mortes grotescas, tão insanas que a gente acaba se divertindo. Ou você acha que uma pessoa que é moída num grande moedor, e consequentemente, vira hambúrguer para ser devorado é para ser levado à sério? E a pessoa responsável pelas mortes hiper violentas é a mega traficante Poppy, interpretada por uma sensacional Julianne Moore, se divertindo com uma persona mais malvada que o pior dos chefes da Yakuza. E para elevar à enésima potência o grau de sandices divertidas, você já imaginou no Elton John, dando golpes mortais e lutando contra bandidos? Pois é, e as cenas com o famoso cantor inglês são antológicas. Acredite. O que chama atenção a esse filme é a verdadeira constelação de estrelas: além de Colin Firth e dos citados acima, tem Channing Tatum, Jeff Bridges, Emily Watson, Halle Berry e Pablo Pascal (o Oberyn Martell de "Game of thrones"). O roteiro narra mais uma aventura dos Kigsman, uma espécie de James Bond ingleses. Dessa vez, Eggsy (Taron Egerton, maravilhoso) precisa lutar contra Poppy, uma traficante refugiada no Camboja, que implanta um veneno nas drogas que comercializa, tornando seus consumidores portadores de uma doença mortal. O filme dá uma cutucada severa no Governo americano de Donald Trump, e a sua política de erradicação de tudo o que ele considera lixo, entre eles, os drogados. As cenas de ação são divertidas, criativas, e como falei, parece tudo um grande desenho animado. Diversão garantida e passatempo de primeira linha.

Jumanji: Bem-Vindo à Selva (2017)

1Fichier / MEGA

Quatro adolescentes são absorvidos dentro de um videogame mágico que dá para cada um habilidades especiais, e a única maneira de escapar e sobreviver é trabalhar juntos para terminar o jogo.

 

Transformers: O Último Cavaleiro (2017)

1Fichier / MEGA / DriveGoogle

Os Autobots e os Decepticons estão em guerra, com os humanos à margem. Optimus Prime não está. A chave para salvar nosso futuro reside nos segredos do passado, na história escondida dos Transformers na Terra.

O planeta dos macacos - Guerra (2017)

MEGA / GoogleDrive

Matt Reeves, diretor do filme anterior dessa trilogia do Planeta dos macacos, e também dos excelentes "Deixa ela entrar" e "Cloverfield", realiza um de seus melhores filmes, com perfeição técnica em todos os quesitos: Direção, efeitos, fotografia, trilha sonora, roteiro e atuação, tanto dos humanos quanto dos atores que deram vida aos macacos. O filme é emocionante do início ao fim, e tem personagens inesquecíveis: Além de Cesar, Nova (a menina muda), Maurice, Bad monkey, Cornelius e o Coronel de um ensandecido Woody Harrelson. A essa altura do campeonato, todo mundo já leu em algum lugar a influência do filme "Apocalipse now" tanto nas cenas de batalha quanto na composição do personagem de Harrelson. Cesar dessa vez tenta salvar seu povo da fúria do Coronel, que quer dizimar seu grupo. Para isso, ele tenta levá-los para uma Terra prometida, mas no caminho sofrem emboscada e são presos. Vale dizer que o filme também tem influência de 2 filmes de Kubrick" "Spartacus" e " 2001". Fico aqui na torcida para que o filme não ganhe mais nenhuma sequência, o desfecho desse aqui já ficou maravilhoso. Um detalhe: que tecnologia impressionante essa dos macacos. Fiquei chapado com a precisão dos movimentos, dos olhares, do rosto.

BLADE RUNNER 2049 (2017)

MEGA 720p / 1080p

Ao término da projeção dessa verdadeira obra-prima, fiquei pensando o quanto que a produção do filme deve ter pago de direitos autorais do uso das imagens de Elvis Presley, Frank Sinatra e Marilyn Monroe. O grande tema do filme é a busca da imortalidade, a busca de uma alma para quem nasceu sem ela. Nesse sentido, o filme se aproxima muito da proposta temática do filme "O congresso futurista", de Ari Folman: para onde vão nossas almas quando morremos? Quem tem direito ao uso de nossas imagens depois que morremos? Ambientado 30 anos depois do filme anterior, que se passava no ano de 2020, em uma Califórnia totalmente poluída e povoada por replicantes de uma nova geração, a história acompanha a rotina de K (Ryan Gosling), um Blade Runner que caça replicantes de uma linhagem já desativada, mas com alguns integrantes ainda escondidos. K segue os passos de um replicante camuflado de fazendeiro e o abate, mas acaba encontrando uma caixa enterrada, que contém ossos de uma mulher que acabou de parir. K, um andróide da nova geração, é incumbido pela sua chefe policial Joshi (Robin Wright), de procurar encontrar pistas sobre esses ossos. Uma das pistas o levará até Deckard (Harrison Ford), mas K descobrirá que outras pessoas também estão atrás de Deckard. Tecnicamente extraordinário, com uma direção de arte, fotografia de Roger Deakins e trilha sonora espetaculares. Villeneuve conduz tudo com uma mão de Mestre: sem medo de aborrecer seu público fiel, pelo ritmo lento e contemplativo, e para quem esperava muitas cenas de ação. O filme resplandece de poesia, de lirismo, de um visual acachapante. O elenco está excelente: a começar por Ryan Gosling, sucedendo brilhantemente o protagonismo de Harrison Ford, que quando entra em cena, provoca um frisson enorme na platéia. Jared Leto, Robin Wright, Ana de Armas e Sylvia Hoeks, sendo que essas duas últimas, nos papéis de Joi e Luv, roubam todas as cenas em que aparecem. Luv é uma das maiores vilãs que surgiram no cinema nos últimos tempos. Não precisa nem dizer que o filme é repleto de cenas de cair o queixo: para os saudosistas que se recusam a assistir a esse filme, eu poderia dizer que ele continua a saga de forma respeitosa. São filmes com propostas totalmente diferentes. Aqui, a filosofia e a discussão sobre a mortalidade atinge níveis mais elevados que o filme de Ridley Scott. Do elenco original, o filme reserva uma grande surpresa. Imperdível!

Cinquenta tons mais escuros (2017)

DriveGoogle

Após os eventos do filme anterior, Anastasia "Ana" Steele tenta passar de seu relacionamento com Christian Grey. Christian a convence para retomar o romance sob as condições de Ana. À medida que eles começam seu relacionamento normal, o passado de Christian ameaça separar o casal.

Resultado de imagem

As Duas Irenes (2017)

MEGA

Direção: Fábio Meira

Em 1991, o cineasta Polonês Kristoph Kieslowsky exibiu a sua obra prima “A dupla vida de Veronique”, um filme que fala sobre duplos que não se conhecem e bens e esbarram em momento algum do filme. Fábio Meira pega emprestado o mote do filme de Kieslowsky e também o nome de sua protagonista, Irene Jacob. A diferença é que aqui, as duas Irenes se encontram e tentam conviver com as diferenças. Ambientado no interior de Minas nos anos 60, “As duas Irenes” apresenta duas talentosas atrizes: Priscila Bittencourt e Isabela Torres. A primeira mora com suas duas irmãs e seus pais. O pai, Tonico (Marco Ricca), vive viajando. Irene descobre que ele tem vida dupla: outra esposa, e outra filha, de mesma idade e também chamada Irene. A primeira é rica, tímida e assexuada. A segunda, pobre mas sensual e atirada. Elas se encontram e tentam buscar o melhor da outra, até um desfecho onde as duas se igualam. Escorado com um elenco forte (Susana Ribeiro, Teuda Bara, Inês Peixoto), o filme tem excelente fotografia e enquadramentos estilizados, alguns referentes, de novo, a Kieslowsky (o reflexo no ponteiro do relógio). O filme segue em ritmo lento e no final das contas, seu tema é a passagem da adolescência para a afaste adulta. Vale ser visto pelo belo trabalho do elenco e por referências ao Cinema, deixando claro o berço Cinéfilo de seu Cineasta. 

Ver a imagem de origem

Triplo X 3 - xXx Reativado (2017)

MEGA

Xander Cage (Vin Diesel) desiste de sua aposentadoria quando Xiang, um guerreiro alfa mortal, coloca suas mãos em uma arma indestrutível chamada de “Caixa de Pandora”. Xander recruta os melhores soldados do mundo para destruir o vilão e paralelamente tem que enfrentar uma resistência formada por governos corruptos de todo o mundo.

Thor: Ragnarok (2017)

MEGA / GoogleDrive / 1Fichier

Hollywood tem uns mistérios deliciosos. O Ator e Diretor Neozelandes Taika Waititi só havia dirigido pequenas comédias em seu país. Talvez por conta do sucesso de "O que fazemos nas sombras", um inusitado e divertido filme de vampiros que virou cult no mundo todo, ele tenha sido chamado para dirigir essa 3ª parte de Thor. De qualquer forma, da trilogia, esse é o que menos gostei, mas não quer dizer que o filme não seja bom. Ele rende ótimas piadas, pois investe mais na comédia, em cenas antológicas envolvendo Hulk e Loki. Na onda do emponderamento feminino não poderia faltar uma vilã poderosa, Hela (Cate Blanchett, se divertindo horrores) e uma heroína Valkiria, a atriz Tessa Thompson, de "Creed" e "Selma". O elenco continua sendo o ponto forte do filme: Além do elenco fixo, que inclui Idris Elba e Mark Ruffalo, tem o suporte poderoso de Anthony Hopkins, Jeff Goldblum (Sensacional), uma ponta de Matt Damon, Cate Blanchett e Benedict Cumberbatch, no papel do Dr Estranho. Não sou a pessoa ideal para fazer dissertação sobre o filme. Vale assistir, é hilário e um passatempo da melhor qualidade. A trilha sonora é super, recorrendo aos sintetizadores dos anos 80.

John Wick - Um novo dia para matar (2017)

MEGA

O ex-dublê Chad Stahelski tá dando de dez a zero em muito cineasta conceituado dos Estados Unidos. Nessa continuação de "De volta pro jogo", ele retoma o personagem de John Wick, um exímio assassino profissional brilhantemente personificado por Keanu Reeves, e faz um porradão que todo filme inspirado em vídeo games queria ser. Ação ininterrupta, tiros intermináveis, assassinos que surgem e morrem que nem baratas e que levam tiro na cabeça para certificar que estão mortos. O roteiro é o que menos interessa aqui, em um resgate dos ótimos filmes de ação dos anos 80 onde o que interessava pro espectador era pancadaria e tiroteio. Com a co-produção chinesa, muitos personagens de apoio são chineses e até a estética e a fotografia repleta de neons lembram os filmes de Hong Kong. Muitas cenas antológicas, a destacar o que se passa nas salas de espelho. O filme tem o melhor gancho para uma continuação que eu já vi em uma franquia, deixando o espectador afoito para já querer ver a terceira parte.

Resultado de imagem para pousada do ratinho sbt

POUSADA DO RATINHO (2017)  

ASSISTA ONLINE

Resultado de imagem para desarmados filme

Desarmados - 2017

ASSISTA ONLINE

Dirigido por: Lion Andre

Ano após ano, governo após governo, o cidadão viu lhe ser arrancado o mais natural de todos os direitos: o da autodefesa. As consecutivas campanhas de desarmamento e o recrudescimento das leis atingiram a liberdade do pai de família, do trabalhador, do pequeno sitiante e do grande fazendeiro, do bancário e do banqueiro, do atirador de fim de semana e dos expoentes do Tiro Esportivo. Milhares de armas foram destruídas, recolhidas, confiscadas e entregues voluntariamente por aqueles que acreditaram na proposta de governamental pacificação. No final das contas, o mais importante precisa ser respondido: quem foi desarmado? Quem mata ou quem morre? Em um país com mais de 60 mil assassinatos por ano, isso precisa de uma resposta honesta e independente. E com essa independência o documentário "Desarmados" foi concebido para mostrar aquilo que nunca foi mostrado, para expor o que foi varrido para baixo do tapete.

Resultado de imagem para 10 segundos para vencer 

10 Segundos para Vencer - 2018

MEGA / DRIVEGOOGLE

Direção: José Alvarenga Júnior

Ambiciosa cinebiografia do pugilista brasileiro Eder Jofre, que vai da década de 50 até os anos 70, começando pela sua infância, sua pós-adolescência e o seu desejo de ser um desenhista até começar a treinar nos ringues e se tornar campeão mundial no ano de 1961, nos Estados Unidos. Depois disso ele se casa com sua esposa Cida, com quem tem filhos, mas a crise conjugal o faz se afastar do boxe. Anos depois, em 1973, ele retorna aos ringues, e novamente, se torna campeão mundial. Mas o filme é mais do que isso: pegando carona na narrativa de "Dois filhos de Francisco', de Breno Silveira, que também é um dos produtores do filme, "Dez segundos para vencer" tem na figura paterna o grande personagem. Através de sua obsessão, de sua perseverança, do desejo de tirar sua família do limbo, da pobreza e de mostrarem ao mundo de que eles são capazes, o filme constrói tudo pelo ponto de vista de Kid Jofre (Osmar Prado, sensacional). É ele quem carrega o filme, é ele que, com seu método cruel de treinamento, faz o filho se tornar o grande campeão. Mas será que tanto sacrifício valeu a pena? Pelo visto sim. O filme traz a mensagem de que, com muito treinamento, luta, garra e ambição, conseguimos construir a nossa estrada. Mas convenhamos, todos os filmes de lutadores possuem esse mesmo mote. O que se conclui que vencer é uma metáfora de chegar ao topo da pirâmide, sair do anonimato e se tornar alguém visível, de sucesso. O elenco é a grande força do filme. Daniel de Oliveira, Sandra Corveloni (no papel da mãe), Osmar Prado e Renato Gelli, que faz o tio Silvano, são o destaque. Tanto Osmar quanto Ricardo Gelli ganharam prêmios de interpretação em Gramado 2018, de ator e ator coadjuvante, respectivamente. A direção de arte e a fotografia, de Lula Carvalho, também ajudam a recriar esse universo pobre da família, decadente e ao mesmo tempo onírico.

Velozes & Furiosos 8 (2017)

GoogleDrive / MEGA

Dom (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) estão curtindo a lua de mel em Havana, mas a súbita aparição de Cipher (Charlize Theron) atrapalha os planos do casal. Ela logo arma um plano para chantagear Dom, de forma que ele traia seus amigos e passe a ajudá-la a obter ogivas nucleares. Tal situação faz com Letty reúna os velhos amigos, que agora precisam enfrentar Cipher e, consequentemente, Dom.

Resultado de imagem para amor.com filme

Amor.com - 2017

Download MEGA

Não importa como, quando, onde e porque, seja sempre você mesmo. Essa é a mensagem que pode ser tirada da deliciosa Comédia romântica dirigida por Anita Barbosa, estreando em longa-metragem, que recupera o espírito das produções adocicadas que faziam a alegria de toda a família e claro, os casais apaixonados. Com uma qualidade técnica impecável (fotografia, figurino, direção de arte, trilha sonora), o filme surpreende por falar com a mesma linguagem dos adolescentes, que facilmente se verão retratados com realidade na história: tem festa Cosplay, tem canais de Youtube, tem eventos repletos de influenciadores, tem games e claro, os haters e hackers de plantão. A linguagem da internet que pulula nas telas é bem moderna e ágil. A história narra o romance cheio de altos e baixos entre Katrina (Isis Valverde) e Fernando. Ela uma youtuber de moda e comportamento, que faz mega sucesso e cheia de seguidores. Ele, um youtuber de games, hacker e com uma quantidade de seguidores bem pífia. Quando eles se encontram, é amor à primeira vista. Mas as diferenças logo se fazem sentir, e um dos 2 precisará ceder para que a história continue. O filme aproveita para alfinetar a cultura das celebridades vazias, que nada tem a acrescentar, e dignifica os Nerds (geeks), que graças a Deus, não são ridicularizados aqui. Mérito do roteiro escrito a 6 mãos (Leandro Matos, Bruno Garotti e Saulo Aride). Isis Valverde e Gil Coelho brilham nos papéis.O elenco de apoio é muito bom: Alessandra Richter, João Cortes, Cesar Cardadeiro, Carol Portes são destaques em um filme repleto de participações.
Direção: Anita Barbosa
Elenco: Ísis Valverde, Gil Coelho, Carol Portes, João Côrtes

Resultado de imagem para como nossos pais filme

Como Nossos Pais (2017)

Download MEGA

Download 1Fichier

Direção: Laís Bodanzky

Durante boa parte do filme, me veio em mente um clássico drama familiar americano de 1983: "Laços de ternura", com Shirley Maclaine, Debra Winger, Jack Nicholson e Jeff Daniels. "Como nossos pais" tem uma paralelo bem próximo: relações familiares que vão de Esposa X Marido e Mãe X Filha, até uma reviravolta surpreendente na história. O filme venceu 5 Oscar. "Como nossos pais" ganhou 6 Kikitos em Gramado 2017 e pode vir a ser um dos selecionados pela Comissão Brasileira para competir a uma vaga no Oscar. Tudo isso indica a alta qualidade do filme, principalmente no quesito Elenco: Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra, Paulo Vilhena e Jorge Mautner estão fabulosos em seus personagens cheios de erros e poucos acertos. As participações especiais também colaboram bastante, como os excelentes atores Gilda Nomacce e Felipe Rocha. A fotografia do espanhol Pedro J. Márquez traz lindas tintas melancólicas, e especialmente na cena da praia no anoitecer é muito poética. O roteiro, de Laís e de Luis Bolognese, é o retrato de todas as famílias do mundo inteiro: traições, rusgas mal resolvidas, conflitos pais e filhos, amantes e como não poderia deixar de existir, o terapeuta que discute a relação de casal. O vigor e disponibilidade do elenco, principalmente Maria Ribeiro e Clarisse Abujamra conferem ao filme várias cenas antológicas: mas a que mais me marcou, foi o passeio da mãe e filha comprando sapatos pra mãe. A mãe chega e pede a opinião da filha sobre qual sapato comprar: vermelho ou marrom. A filha escolhe um, a mãe outro, e ai começam uma discussão interminável. Essa cena para mim resume o filme: cada um é e deve ser dono de si e de suas opiniões. Sejam elas acertadas ou não. Um belo filme que merece ser visto.

Elenco

  • Maria Ribeiro - Rosa
  • Paulo Vilhena - Dado
  • Felipe Rocha - Pedro
  • Sophia Valverde - Nara
  • Heleninha Boskovic Cortez - Rosa quando era criança.
  • Jorge Mautner - Homero
  • Clarisse Abujamra - Clarice

Imagem relacionada

A Comédia Divina - 2017

MEGA

Direção: Toni Venturi
ELENCO Murilo Rosa, Monica Iozzi, Dalton Vigh e Zezé Motta

O Diabo anda em baixa e está preocupado com isso. Ele decide, então, abrir sua própria igreja, onde tudo o que é proibido passa a ser permitido. O ser humano é estimulado a liberar seus instintos primais e realizar suas fantasias reprimidas. Usando a televisão para propagar a chegada da nova religião, satanás instala a desordem e o mundo vira um caos.

 Gabriel e a Montanha (2017)

Download TORRENT|MEGA|

O jovem economista Gabriel Buchmann, estudante da PUC, foi encontrado morto aos 28 anos no cume do Monte Mulanje, no Malawi. A data foi 17 de julho de 2009, quando ele desapareceu ao escalar a montanha, e seu corpo foi encontrado 17 dias depois. O filme, dirigido brilhantemente por Fellipe Barbosa (de "Casa Grande"), retrata os 70 últimos dias de vida de Gabriel, já na África. Descobrimos que Gabriel tirou um ano sabático para viajar pelo mundo, e a última parada foi a África, antes de voltar para casa. Gabriel quer se especializar na pobreza do terceiro mundo, e por isso mesmo, é sacaneado pelos seus colegas da PUC, que o chamam de "Pobrólogo". Durante a trajetória, descobrimos as várias facetas de Gabriel (em performance arrebatadora de João Pedro Zappa), que ao mesmo tempo que aparenta ser simpático e carismático, mostra seu lado intempestivo, arrogante e bipolar. O filme procura fazer a gente entender as razões de Gabriel ter subido a montanha sozinho, sem guia. Para isso, a narrativa mescla linguagem ficcional e documental, com algumas pessoas reais interpretando a si mesmos. O filme foi um tour de force de realização: a equipe e elenco fez a trajetória real de Gabriel. Talvez por conta disso, o filme tenha ficado longo (mais de 130 minutos). Em Cannes, o filme ganhou dois prêmios especiais. A destacar, a linda fotografia de Pedro Sotero e a trilha sonora. composta por ritmos africanos. Impossível não comparar o filme a "Na natureza selvagem", de Sean Penn.

Resultado de imagem

Gostosas, Lindas & Sexies (2017)

MEGA / 1Fichier

Não fossem as referências de sexo e os palavrões, "Gostosas, lindas e sexies" poderia perfeitamente ser exibido no Sessão da tarde como uma Comédia romântica daquelas onde as meninas suspiram por seu príncipe encantado. Afinal, o principal ingrediente está ali: Cinderelas em busca de seu par perfeito, sonhando dormindo ou acordadas, mas sempre acesas para a presença de qualquer ser humano do sexo masculino: garçons, motoristas, fotógrafos, atores, maridos, ex-maridos, a metralhadora libidinosa aponta para todos os lados. Pudera: o roteiro não esconde a sua principal e grande referência: o seriado americano mais famoso das últimas décadas, e responsável por mudança no hábito de muitas mulheres: "Sex and the city". Beatriz, Tânia, Ivone e Marilu, encarnam cada uma delas, a persona de Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda: tem a fogosa, a romântica, a sedutora, a sonhadora. Para dar vida a essas meninas emponderadas e donas de si, foram escaladas Mariana Xavier, Cacau Protasio, Lyv Sieze e Carolinie Figueiredo. Em maior ou menor grau, o talento das meninas desponta para cenas românticas, safadas ou malucas. São muitos os sub-plots, mas invariavelmente fala sobre os dilemas da mulher moderna: criou-se independência financeira e profissional, mas ao custo de isolamento e distanciamento nas relações. Elas choram, elas se deprimem, elas vão às festas chorar mágoas, elas enchem a cara, elas se divertem, elas namoram e elas traem. O roteiro se baseia nessas premissas. Para quem quer um filme que fala sobre ter auto-estima sendo fora do padrão de beleza inflingido pela mídia (no caso, 4 meninas "gordinhas") vai se identificar bastante. Afinal, desaforos não são trazidos para casa. Faltou ao roteiro situações mais divertidas e inteligentes que tratassem do tema da obesidade sem cair nos chavões do bullying de tipos vilanescos que agridem sem qualquer tipo de constrangimento. Mas isso talvez fique para a continuação. O que vale aqui, é se deixar levar pelo carisma das meninas e sucumbir a um passatempo simpático e sem pretensões. O que já está bom demais. O elenco de apoio conta com um elenco enorme: Márcia Cabrita, Marcos Pasquim, Paulo Silvino, Sabrina Korgut, André Bankoff, Eliane Giardini, Rita Batata, entre outros.

Direção de Ernani Nunes

Elenco

  • Carolinie Figueiredo como Beatriz
  • Cacau Protásio como Ivone
  • Mariana Xavier como Marilu
  • Lyv Ziese como Tânia
  • André Bankoff como Daniel
  • Juliana Alves como Juju Bombom
  • Marcos Pasquim como Edmundo
  • Marco Antonio Caponi como Sebastian
  • Eliane Giardini como Carmem
  • Paulo Silvino como Gilson
  • Márcia Cabrita como Arlete
  • Guilherme Hamacek como Felipe
  • Juan Alba como Ricardo
  • Guta Ruiz como Gisela
  • Cristiane Wersom como Carla
  • Gianne Albertoni como Vera
  • Carlos Bonow como Ivanderson
  • Lyvia Maschio como Claudia
  • Felipe Yuji como Christian
  • Bruna Mafra como Tatiana
  • Gustavo Canovas como Ismael

O Jardim das Aflições (2017)

ASSISTA ON LINE

Direção: Josias Teófilo

A vida, a obra, a trajetória e o pensamento filosófico de Olavo de Carvalho, um autor e ensaísta brasileiro. Sua rotina de trabalho, com livros políticos, de filosofia e também de peças jornalísticas; além da vida com a sua família, que mora em Virgínia, nos EUA.

Resultado de imagem para joão o maestro filme

João, o Maestro - 2017

MEGA

Direção e roteiro de Mauro Lima

A cinebiografia do pianista e Maestro João Carlos Martins ganha corpo nas mãos do cineasta e roteirista Mauro Lima, autor já de diversas adaptações biográficas para o Cinema, como "Tim Maia", "Meu nome não é Johnny" e em breve, "Eike Batista". A vida de João Carlos Martins, repleta de tragédias e reviravoltas mirabolantes, é interpretada por vários atores: criança, adolescente e na fase adulta, por Rodrigo Pandolfo e depois, Alexandre Nero. O adolescente é quem aparece menos. No filme também aparecem os 2 grandes amores da vida desse Maestro que, pelo filme, parece ser um grande galanteador: elas são interpretadas na primeira fase por Fernanda Nobre, e depois, por Alinne Moraes. O elenco todo está muito bem, assim como a parte técnica do filme, irrepreensível: A fotografia, a trilha sonora, a edição de som, a direção de arte, figurino e maquiagem. O roteiro segue o mesmo formato de "Tim Maia": seguindo cronologicamente a vida do músico, sendo que vez ou outra algum flashback toma corpo para explicar melhor alguma passagem. João Carlos nasceu em São Paulo, filho de imigrante português, que trabalha numa gráfica. Seu pai sempre quis ser pianista, mas na impossibilidade, depositou no filho essa vocação. A vocação se torna uma obsessão e João praticamente ocupa toda a sua infância e adolescência estudando piano. O que vem a acontecer com o protagonista, nem vou contar, pois eu mesmo não estava acreditando. Se algum roteirista tivesse escrito do zero, teriam dito que ele tinha exagerado na dose do melodrama e das tragédias. A produção filmou em São Paulo, Uruguai e Nova York, algo raro hoje em dia. É um filme requintado, luxuoso e glamouroso, que vale ser visto por quem acha que aqui no Brasil, não se faz filme com qualidade de dar gosto para o resto do mundo. Assim como João Carlos Martins.

Elenco

  • Alexandre Nero como João Carlos Martins (Adulto)
  • Rodrigo Pandolfo como João Carlos Martins (Jovem)
  • Alinne Moraes como Carmem Valio
  • Caco Ciocler como José Kliass
  • Fernanda Nobre como Sandra
  • Davi Campolongo como João Carlos Martins (Criança)
  • João Pedro Germano como João Carlos Martins (Adolescente)
  • João Carlos Martins como João Carlos Martins
  • Alice Assef como Aida
  • Giulio Lopes como José Martins
  • Ondina Clais Castilho como Alay
  • Caio Laranjeira como José Eduardo
  • Matheus Guerra como Ives
  • Rennan Rodrigues como José Paulo
  • Geytsa Garcia como Marina
  • Júnior Lopes como Abelardo
  • Neco Vila Lobos como Marido da Secretária
  • Benjamin Herchcovitch como Médico
  • Domingos Antônio como Policial
  • Joca Andreazza como Presidente FIESP
  • Rafael Trombeta como Persio
  • Gio Gasparini como Secretária Kliass
  • Eduardo Guimarães como Vendedor
  • Marcelo Laham como Âncora TV

Resultado de imagem para ninguém entra ninguém sai

Ninguém Entra, Ninguém Sai - 2017

Assista Online /  MEGA

Direção: Hsu Chien

ELENCO

Emiliano d´Avila, Rafael Infante, Leticia Lima, Danielle Winits, Mariana Santos, Tatsu Carvalho, João Côrtes, Bella Piero, Renata Castro Barbosa, Guta Stresser, Gabriel Totoro, Antonio Pedro, Paulinho Serra, Anselmo Vasconcellos, André Mattos, Monique Alfradique, Sérgio Mallandro, Catarina Abdalla

Suellen é uma moça romântica, estudiosa e que tem um sonho: se casar com o namorado Edu para construir sua nova família. Quando ela é selecionada para um projeto bizarro, acredita que pode ser a chance para que o casamento aconteça mais rápido. Entretanto, ela descobre que vai ficar trancafiada em um motel barato com alguns outros casais, o que vai fazer ela repensar nos seus planos para o futuro.

VAZANTE (2017)

UPTOBOX

Premiado no Festival de Brasilia 2017 com os prêmios de Melhor direção de arte e melhor atriz coadjuvante, para Jai Baptista, no papel da escrava Feliciana, "Vazante" também foi exibido no Festival de Berlim. O filme teria passado incólume pelo circuito como um drama que retrata a relação entre Fazendeiro português, negociante de escravos e gado, e o seu casamento com sua sobrinha de 12 anos. Talvez desse mídia por ser o primeiro filme solo de Daniela Thomas. Ou talvez por ser um filme que mostra a sociedade machista opressora já em 1821, e que se mantém igual nos dias de hoje. Nem o excelente trabalho do elenco, mescla de atores brasileiros e portugueses, foi o suficiente para encher os olhos da platéia. O que realmente chamou a atenção de todos, foi o gigantesco bafafá que se formou em relação ao filme, após sua tumultuada exibição no Festival de Brasilia. Um grupo de manifestantes do movimento negro, formado por atores, diretores e críticos de cinema, ficou revoltada com o tratamento que os negros apresentam no filme. Acusaram Daniela, roteirista do filme, de manter o olhar passivo e subjetivo dos personagens negros, que não encontram protagonismo na história nem relevância. Para piorar, o personagem de Fabrício Boliveira, um escravo alforriado, massacra a comunidade negra, chicoteando e ameaçando de morte. Esse personagem é quase uma cópia do de Samuel L Jackson em "Django", de Tarantino. Após 2 horas de exibição (ritmo extremamente lento), o que ficou realmente para mim, foi a belíssima fotografia de Inti Briones, em preto e branco acachapante, e o rosto do ator português Adriano Carvalho, o seu olhar é avassalador e hipnótico, parece que seus olhos vão saltar das telas. Do roteiro, fiquei frustrado com o desfecho, um lugar comum para quem quer acreditar no amor entre os diferentes.

POR TRÁS DO CÉU (2017)

Download TORRENT|MEGA|

Nos anos 80 e 90, um cineasta holandês, Jos Sterlling, se transformou em um dos grandes nomes cults internacional. Seus filmes lidavam com o realismo fantástico, o lúdico, personagens ingênuos que observavam a violência do mundo de forma inocente e condescendente. O roteiro tinha poucos diálogos, eram personagens quase silenciosos. Os figurinos eram estilizados, a fotografia saturada, a trilha sonora em tom de melancolia. "O ilusionista" e " O holandês voador" ganharam muitos prêmios, merecidamente. Durante todo o tempo que eu assistia ao filme "Por trás do céu", eu só conseguia pensar nos filmes de Sterling. Me reportei imediatamente aos anos 90, a um tempo aonde o cinema comovia pela estética. Mas os tempos eram outros, e hoje em dia, o politicamente correto varreu o mundo. Não tem como não pensar em um elenco onde são todos brancos morando em uma caatinga que castiga quem mora ali. Sotaques? Vários, e o único legítimo me pareceu ser o do pernambucano Renato Goes. Mas eu não sou ligado no politicamente correto. Mas uma espectadora do meu lado só falava nisso. Que na caatinga não existiam casas assim. Que a pele da atriz estava mais suave do que modelo de comercial. Que a atriz que interpretava a prostituta tinha botox. Tentei ignorar tudo o que era dito e foquei no filme. Na sua beleza, na sua estética, na sua proposta narrativa. O roteiro ficou confuso. Os vai e vens na trama, me desnorteou. O dono da fazenda ficou mal construído, unidimensional, só estava ali para fazer o papel do malvado. Humanismo? Hum... faltou. Em algum momento também me lembrei de "Minha vida de cachorro", de Lasse Hallstrom, por conta do desejo da protagonista querer montar um foguete e ir embora daquela vidinha mais ou menos. A melhor cena do filme, de uma beleza impar, no final, com o "lançamento" do foguete. poesia pura. A trama: 4 personagens se encontram no deserto da Paraíba, entre sonhos e frustrações de um passado violento. Nathalia Dill, Emilio Orciollo Netto, Paula Burlamaqui e Renato Goes alternam momentos de drama e humor. Mas o que mais se destaca mesmo no filme, é o visual, que em muitas vezes, suplanta a dramaturgia. Renato Góes é uma ótima revelação, lembrando um pouco o tipo de humor do Edmilson Filho, de "O Shaolin do sertão". Trilha sonora sensacional de Plinio Profeta, que traz uma carga magica à trama.

Ver a imagem de origem

Resident Evil 6 - O Capítulo Final [2017]

MEGA / GoogleDrive

Sobrevivente do massacre zumbi, Alice (Milla Jovovich) retorna para onde o pesadelo começou, Raccoon City, onde a Umbrella Corporation reúne suas forças para um ataque final contra os remanescentes do apocalipse. Para vencer a dura batalha final e salvar a raça humana, a heroína recruta velhos e novos amigos. 

LOGAN (2017)

GoogleDrive

Impossível não assistir ao filme e não se lembrar das referencias a “Stranger things”, “Mad Max”, “Exterminador do futuro” e a vários faroestes, que é a base para esse dramático retorno de Logan/Wolverine e Professor Xavier. Em uma cena, Xavier assiste ao clássico faroeste “Os brutos também amam”. O cineasta James Mangold inclusive dirigiu um, “3:10 para Yuma”. Eclético, James Mangold desenvolveu a história desse “Logan”. Ele já havia dirigido “Garota, interrompida”, que deu o Oscar de atriz coadjuvante para Angelina Jolie, “Copland”, com Stalone e o filme anterior do Wolverine, que se passa no Japão. Aliás, Esqueçam esse Wolverine, porque “Logan” não tem nada a ver. Outra atmosfera, outra pegada, outra vibe. Aqui, o apelo é dramático, apesar de várias cenas de ação. Logan e Xavier estão doentes. Nesse futuro de 2029, os outros X-men morreram e só sobraram eles, além de Caliban, um albino que mora com eles. Logan sobrevive trabalhando como motorista particular. Com o dinheiro, ele compra remédios para Xavier. Um dia, ele recebe uma chamada para uma corrida e conhece Gabriela, uma enfermeira mexicana, que esta acompanhada de uma menina muda, Laura. Ela pede para que Logan cuide dela, mas ele recusa. Logo, os caminhos dos 2 irão se cruzar, e segredos de estado virão à tona. A direção de James Mangold surpreende, mostrando uma afinada condução de cenas de drama e de ação. Os atores estão ótimos: Patrick Stewart e Hugh Jackman reinventam os seus personagens, dessa vez com outra pegada: velhos, cansados, abatidos, melancólicos. A menina Dafne Keen, no papel de Laura, é uma pequena força da natureza, e lembra inclusive a Eleven, de “Stranger things”. Desde o início, os créditos iniciais, sem efeitos especiais, já dão o tom do filme que iremos ver: praticamente um drama. Fico na dúvida se parte do fã-clube dos X-men irá gostar do filme. De qualquer forma, é um filme corajoso, por quebrar a rotina de uma franquia que já vinha dando sinais de cansaço.

Imagem relacionada

Malasartes e o Duelo com a Morte (2017) 

MEGA / 1Fichier

Vivendo no interior do Brasil, o jovem Pedro Malasartes (Jesuíta Barbosa) é um malandro. Com a sua lábia, ele consegue pregar peças em comerciantes e se aproveitar da boa vontade alheia. No entanto, sua incrível esperteza será colocada à prova pela Morte, a ceifadora de almas.

Dirigido por Paulo Morelli

Elenco

Ator/Atriz Papel
Jesuíta Barbosa Malasartes
Isis Valverde Áurea
Júlio Andrade Morte
Leandro Hassum Esculápio
Vera Holtz Cortadeira
Augusto Madeira Zé Candinho
Milhem Cortaz Próspero
Luciana Paes Tecelã
Julia Ianina Fiandeira

Resultado de imagem

Os Parças (2017)

DriveGoogle / MEGA / 1Fichier

Direção de Halder Gomes

Fugindo de problemas, um locutor de loja de varejo, dois trambiqueiros e um técnico de informática atrapalhado são obrigados a participar de um golpe. Eles são chantageados por Mário, um vigarista que se aproveita da boa-fé alheia para ganhar dinheiro. O desafio é nada mais nada menos do que montar uma firma de casamento para produzir a festa da filha do maior contrabandista da Rua 25 de Março, o temido Vacário. Juntos eles vão enfrentar muitos desafios na produção da festa e terão que fazer de tudo para não levantar a desconfiança de Vacário.

Elenco

  • Tom Cavalcante como Toinho
  • Whindersson Nunes como Ray Van
  • Tirullipa como Pilôra
  • Bruno de Luca como Romeu
  • Paloma Bernardi como Cintia
  • Oscar Magrini como Mário
  • Taumaturgo Ferreira como Vacário
  • André Bankoff como Marcelo
  • Carolina Chalita como Samantha
  • Carol Garcia como Ritinha
  • Marcos Oliveira como Juvêncio
  • Pedro Moutinho como Policial Fabio Júnior
  • Ricardo Macchi como Borges
  • Romeu Evaristo como Mulumba
  • Fábio Goulart como Peçanha
  • LC Galetto como Soares
  • Silmara Volpi como Amiga do Marcelo
Participação especial
  • Neymar como Ele mesmo
  • Wesley Safadão como Safadex
  • Carlos Alberto de Nóbrega Como Toninho la paz
  • Milhem Cortaz como Sargento da PM
  • Dayse Brucieri

Pai em Dose Dupla 2 (2017)

MEGA

Quando eles finalmente se acostumaram com sua existência e vivem em paz, Brad e Dusty agora têm que lidar com seus intrometidos pais durante as férias.

Resultado de imagem para A Glória e a Graça filme

A Glória e a Graça (2017)

Download 1Fichier

Direção: Flávio Ramos Tambellini

Elenco: Carolina Ferraz, César Mello, Sofia Marques

O cineasta e produtor Flavio Tambellini tem uma filmografia bastante eclética: tem policial (Bufo e Spalanzani), comédia romântica (Malu de bicicleta), Drama (O passageiro) e agora, um melodrama com tintas Almodovarianas e carregado em tintas de Wong Kar Wai, "A Gloria e a Graça", escrito por Mikael de Albuquerque e Lusa Silvestre (de "Estômago"). Nessa história focada na emoção, acompanhamos a rotina de Graça (Sandra Corveloni), mãe solteira dos adolescentes Papoula e Moreno. Ela é massagista Ayurvérdica, e por conta disso, a filha Papoula sofre bullying na escola. Ao visitar um médico, Graça descobre que tem um aneurisma que pode fazer ela morrer a qualquer momento. Aconselhada pelo médico, ela procura seu irmão, único parente vivo que poderá cuidar das crianças caso ela morra. Ao marcar um encontro com Luís Cláudio, que ela não vê há 15 anos, ela leva um susto: ela agora se chama Gloria (Carolina Ferraz), um travesti, dono de restaurante, que em princípio se nega a cuidar das crianças, por conta do passado mal resolvido entre as duas. As duas precisam resolver as suas diferenças antes que o pior aconteça. Passeando entre o drama, o romance a uma leve pitada de humor, o filme tem no trabalho das duas atrizes o seu ponto forte. Se a prótese dentária de Carolina Ferraz é o equivalente ao nariz de Nicole Kidman em "As horas" (eu só olhava para a boca de Carolina, juro), o trabalho de Carolina compensa qualquer caracterização para a personagem. Sandra, responsável pelo lado mais melodramático da trama, segura a onda, se contendo para não ficar over em cenas demasiadamente fortes de emoção. A fotografia acaba chamando muita atenção e tirando o foco da narrativa, mas o teor polêmico da trama (dentro e fora do filme, por conta da discussão sobre atores cisgêneros, prostituição, aceitação das diferenças e a prática do bullying) valem a ida ao cinema com amigos e discutirem depois sobre as várias possibilidades de leitura para o filme. De qualquer forma, um filme ousado por aceitar que o mundo mudou, e a mentalidade das pessoas também precisa mudar.

Resultado de imagem para rúcula com tomate seco filme

RÚCULA COM TOMATE SECO (2017)

Assista Online

Um filme de Arthur Vinciprova com Arthur Vinciprova, Juliana Paiva, Camila Amado, Daniel Dantas. 

Depois de ficarem separados por um tempo, Pablo (Arthur Vinciprova) e Suzana (Juliana Paiva) acabam se reencontrando num motel. É aí que começam a conversar e questionar os motivos que levaram o fim do relacionamento. 

Viva - A Vida é uma Festa - 2017

MEGA

Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar.

Resultado de imagem para transtornada obsessiva compulsiva filme

TOC: Transtornada Obsessiva Compulsiva (2017)

Download 1Fichier / UPTOBOX

Direção de Paulinho Caruso e Teo Poppovic

Delirante comédia absurda, nos moldes dos filmes dos irmãos Farrelly, responsáveis pelas sandices "Quem vai ficar com Mary" e " Eu, eu mesmo e Irene". O melhor do filme é que ele não respeita nenhuma lógica, Vale tudo: é uma comédia transgressora, feito sob medida para o estilo de humor de Tata Werneck. Difícil pensar em outra atriz para interpretar o papel de Kika K (uma brincadeira com "Kika", de Almodovar, provavelmente), uma famosa atriz de televisão, cinema e publicidade, cuja vida profissional esta às mil maravilhas. Mas a vida pessoal está uma merda total: seu namoro com o galã Caio Astro (Bruno Gagliasso, hilário) é uma fachada, ela é perseguida por um fã psicopata (Luis Lobianco, no estilo do serial killer de Jim Carrey em "O pentelho") e sua sua agente tresloucada (Vera Holtz, brilhante). Para culminar, ela conhece um vendedor de uma livraria, Vladimir (Daniel Furlan, a melhor revelação dos últimos tempos), com quem ela acaba flertando. Ah, e sem esquecer que Kika tem Toc por várias coisas principalmente, linhas retas. A direção, a quatro mãos, alterna com ousadia um olhar que mescla a linguagem televisiva com a cinematográfica em planos abertos e sem cortes. A trilha sonora é sensacional, a fotografia talvez eu tenha achado um pouco escura demais, mas vai ver é um conceito para mostrar esse mundo "escuro" no qual vai se transformando a vida de Kika. As metáforas são divertidas, mesclando o universo de "Mad Max", telenovelas mexicanas e comerciais trash (estilo Dolly Guaraná). Não sobra pedra sobre pedra, o filme atira para todos os lados. Duas cenas antológicas: o encontro de Kika com a Ingrid Guimarães (a própria), brigando por um papel na novela, e a cena do restaurante chinês. Uma comédia diferente, cult, para um público pop e aberto a novas possibilidades do cinema comercial. Ah, aguardem os créditos finais, tem uma cena surpresa!

Elenco

  • Tatá Werneck como Kika K (Francisca)
  • Vera Holtz como Carol
  • Bruno Gagliasso como Caio Astro
  • Daniel Furlan como Vladimir
  • Luis Lobianco como Felipão
  • Ingrid Guimarães como Ingrid Guimarães
  • Patrycia Travassos como Mãe de Kika
  • Pedro Wagner como Arthur
  • Mário Gomes como Jamelão
  • Luciana Paes como Ana Juliana
  • Fabio Marcoff como Biólogo
  • Laura Neiva como Garota do Sonho
  • Ilana Kaplan como Médica
  • Jorge Cerruti como Executivo do Canal
  • Amanda Lyra como Executiva do Canal
  • Daniel Duncan como Palhaço do Doutores da Alegria
  • Lucas Veríssimo como Galã
  • Felipe Torres como Líder Punk
  • Naruna Costa como Médica
  • Gustavo Suzuki como Sandro

PIRIPKURA (2017)

Download TORRENT|MEGA|

Direção: Bruno Jorge, Mariana Oliva, Renata Terra

Os únicos sobreviventes do povo indígena Piripkura estão vivendo em uma área protegida no Mato Grosso. Cercados por fazendas, eles vivem com um machado velho e uma pequena tocha acesa pela última vez em 1998. Para que a área continue sob proteção, a cada dois anos uma expedição da FUNAI vai ao local assegurar que os dois ainda estão vivos. 

CAFÉ COM CANELA (2017)

Download TORRENT|MEGA|

Direção: Ary Rosa, Glenda Nicácio

"Café com canela" é um filme que emula o frescor da Nouvelle Vague, em particular, o cinema de Agnés Varda. Com uma câmera livre (os diretores se utilizam de vários recursos estilísticos para narrar o filme) e uma montagem que lembra o clip dinâmico de "As duas faces da felicidade", o filme mescla melodrama com drama social. O filme apresenta 2 personagens femininas fortes: Margarida, uma professora em depressão desde a morte de seu filho, e que se trancou para a vida. No seu caminho, surge Violeta (Aline Brunne), uma vendedora de coxinhas, que tenta trazer Margarida de volta ao convívio social. Outros personagens perambulam pelo filme: Ivan (Babu Santana), um médico gay casado com Alfredo; Cidão (Arlete Dias, divertidíssima), amiga de Violeta e fanfarrona, e o marido de Violeta, um pedreiro por quem ela se apaixonou e casou cedo. O filme é bastante simples na sua forma, mas o roteiro emociona por vários motivos: lida com a questão da morte e do luto de vários personagens; faz um resgate importante da cultura baiana e africana, através de cultos e músicas; e apresenta um lindo exemplo de sororidade (amizade entre mulheres), um dos mais belos do cinema brasileiro. Uma cena em particular, que acontece na cozinha e que explica o título do filme, é uma cena brilhante para ser reproduzida por alunos de teatro. Destaque absoluto para o trabalho de todo o elenco. Uma verdadeira jóia.

 

O Guardião Invisível (2017)

MEGA

Amalia Salazar é uma inspetora em Pamplona que deve enfrentar o caso de um assassino em série enquanto luta com os problemas de seu próprio passado familiar.

Como se Tornar um Conquistador (2017)

MEGA / 1Fichier

Longa dirigido pelo Ator Ken Marino, é um veiculo para a maior estrela do Cinema mexicano, Eugenio Derbez, desfilar o seu humor escrachado e debochado, repleto de piadas sujas e escatológicas. Eugenio foi o responsável pelo maior sucesso de um Filme estrangeiro nos Estados Unidos, a comedia dramática "Não aceitamos devoluções", que ele dirigiu e protagonizou. Em "Como se tornar um Conquistador", repetiu-se muitos elementos da trama de "Não aceitamos devoluções", o que confirma a tese de que "em time que se está ganhando, não se mexe". A relação Homem mais velho e criança reprimida; homem conquistador que depois se humaniza; uma criança que escreve carta para um dos pais ausente; a narração em off de Derbez concluindo tudo como uma grande lição de moral; choque cultural Estados Unidos/México. Mesmo com essa sensação de Deja vu, o filme tem piadas muito engraçadas, daquelas bem bizarras, sem meio termo: ou se acha engraçado, ou vai se achar grotesco. O elenco tem participações bastante divertidas de Salma Hayek, Rob Lowe (ele tem uma das cenas mais engraçadas do filme, no desfecho, vestido de policial), Michael Cera (aquele menino já não existe mais, ele agora é um homem!) e pasmem, Raquel Welch, no alto de seus quase 80 anos, toda recauchutada e fazendo graça de si mesma. Mas talvez um dos personagens mais engraçados do filme, com direito a cenas verdadeiramente hilárias, seja o de Cindy (Kristen Bell, antológica), atendente de uma sorveteria musical e que é apaixonada por gatos e sempre aparece toda arranhada. O clip de Eugenio (como ele se sujeita a situações toscas e se diverte!!) na clinica de beleza é arrasadora!

Imagem relacionada

Duas de Mim (2017)

MEGA / Assista OnLine

Direção: Cininha de Paula
Elenco: Alessandra Maestrini, André Mifano, Claude Troisgros, Flavia Quaresma, Gabriel Lima, Hsu Chien Hsin, Latino, Leticia Lima, Luma Costa, Márcio Garcia, Maria Gladys, Priscilla Marinho, Thalita Carauta
Suryellen (Thalita Carauta) é uma cozinheira que trabalha duro para manter sozinha o filho pequeno, a irmã mais nova (Letícia Lima) e a mãe (Maria Gladys). Um dia, após encontrar uma doceira mágica (Stella Miranda), seu pedido vira realidade e ela se divide em duas. Só que sua cópia, idêntica fisicamente, tem claras diferenças de personalidade, sendo muito mais extrovertida e corajosa. A ideia seria dividir as tarefas com a comparsa, mas logo Suryellen percebe que sua sósia tem planos próprios. 

O Filme da Minha Vida (2017)

Download MEGA

Dirigido por Selton Mello

Adaptação do livro do escritor chileno Antonio Skármeta ( que faz uma participação no filme como um dos clientes do bordel da cidade de Fronteira), "O filme da minha vida" é um filme de um realizador cinéfilo. Além dos óbvios Fellini e Ettore Scola ("Amarcord", "A família"), bases chave para o tom de melancolia familiar e muita anarquia, pode-se ver desde Terrence Malick (narração em off em cima de imagens poéticas), Nicholas Ray ("Juventude transviada", e a comparação entre o personagem de Jonnhy Massaro e James Dean), Ingmar Bergman ("Morangos silvestres" e a reminiscência da memória familiar), Sergio Leone ("Era uma vez na América" na representação dos meninos virgens), Pasolini ("Pocilga" e as divagações sobre a relação homem e porcos), Godard, Agnes Varda e toda uma leva de cineastas românticos da Nouvelle Vague francesa. O filme é de uma beleza incomum, graças à fotografia do mestre Walter Carvalho, mais uma vez, pincelando com tintas espantosas esse universo de lembranças. A história, ambientada dos anos 50 a 60, acompanha Tony (Jonnhy Massaro na fase adulta), um jovem professor de francês, que vive com a sua mãe, Sofia (Ondina Clais, uma maravilha de atriz) no sítio. Ela é telefonista, e ambos aguardam por anos o retorno do pai de Tony, Nicolas Vilanova (Vincent Cassel), que sumiu sem deixar vestígios. Enquanto isso, Tony vive aventuras amorosas com Luna (Bruna Lizmeyer) e com uma prostituta do bordel, além de ser motivo de chacota de seus alunos na escola. Filmado em locações deslumbrantes, é um filme que certamente irá fazer o espectador romântico se apaixonar, pois essa é a matéria prima da história, o amor. As cenas na sala de cinema são lindas e claro, presente para qualquer cinéfilo. Em seu terceiro longa, Selton Mello (que vive o personagem Paco), mostra mais uma vez talento para a direção, com atores em momentos mágicos e nos enquadramentos e planos estudados com maestria. A trilha sonora é um show à parte, com clássicos da época, entre elas, "Coração de papel", de Sérgio Reis, e "Comme d'ahabitude", de Claude Francois.

Dirigido por Selton Mello

Elenco:

  • Johnny Massaro como Tony Terranova
  • Bruna Linzmeyer como Luna Madeira
  • Vincent Cassel como Nicolas Terranova
  • Selton Mello como Paco
  • Bia Arantes como Petra Madeira
  • Ondina Clais Castilho como Sofia Terranova
  • Rolando Boldrin como Giuseppe
  • Antonio Skármeta como Esteban Coppeta
  • Érika Januza como Tita
  • Martha Nowill como Carmélia
  • João Pedro Prates como Augusto Madeira
  • Miwa Yanagizawa como Brigite
  • Gabriel Reginato como Tony Terranova (criança)

Resultado de imagem para carcereiros série 

Carcereiros (2017)

Primeira Temporada / Segunda Temporada

Adriano (Rodrigo Lombardi) é um historiador graduado que decide virar agente penitenciário para seguir os passos do pai. Quem lhe ajuda a lidar com os conflitos do ambiente sempre tenso são os colegas Vinícius (Jean Amorim) e Isaías (Lourinelson Vladmir), o chefe de segurança Juscelino (Aílton Graça) e a diretora Vilma (Nani de Oliveira), além do rabugento e quase aposentado agente penitenciário Valdir (Tony Tornado). O viúvo faz o que faz pela filha adolescente, Lívia (Giovanna Rispoli) e a segunda esposa, Janaína (Mariana Nunes).

Eu, Tonya (2017)

Download MEGA 1080p

Cinebiografia sobre a incrível história da premiada patinadora americana Tonya Harding, que após ser acusada de ser cúmplice num atentado contra a sua rival, Nancy Kerrigan, foi punida e proibida de patinar pelo resto da vida. Depois disso, ela se tornou boxeadora e atriz. O cineasta Craig Gillespie é bem eclético: ele dirigiu a comédia com Ryan Gosling "Lars e a garota real", o terror "A hora do espanto" e a aventura "Horas decisivas". Com essa biografia, Craig Gillespie arranca de seus atores o máximo de performance. Margot Robbie, que protagoniza e também produz o filme, está impressionante, e as cenas da patinação, segundo eu pesquisei, foi ela mesmo (com exceção da cena do triplo Axel, que houve computação). Allison Janney, no papel de sua mãe megera LaVona Golden também está incrível e tem ganho todos os prêmios de atriz coadjuvante. Sebastian Stan, que interpreta seu marido Jeff, fez o Buck Barnes em "Capitão America". O filme me lembrou bastante "O touro indomável", pelo retrato do esportista e da violência doméstica que ela presencia em casa diariamente. Sua mãe e seu marido Jeff constantemente a batiam e praticavam bullying nela. A reconstituição de época e a trilha sonora, repleta de clássicos pop dos anos 80, estão impecáveis. O filme se utiliza da narrativa do Mockmentary, que é o documentário fake: os atores falam pra câmera e narram o filme como se tudo fosse real. 

As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas (2017)

MEGA

 Tadeo Jones, o explorador mais desajeitado, deve resgatar sua amada Sara de Jack Rackham, um milionário que está à procura do colar do rei Midas para obter seus poderes e transformar tudo o que ele toca em ouro. 

Resultado de imagem para João de Deus - O Silêncio é uma Prece

João de Deus - O Silêncio é uma Prece - 2017

MEGA

A história do famoso médium João de Deus desde sua infância paupérrima no interior de Goiás até o presente momento, onde ele incorpora médicos e parece ter adquirido poderes curativos famosos internacionalmente. Ademais, o documentário também relata a descoberta do dom paranormal e narra o bullying que o médium sofreu daqueles que duvidavam de sua sensibilidade.

DESERTO (2017)

ASSISTA ONLINE

Adaptação do conto ‘Santa Maria do Circo’ do mexicano David Toscana, essa estréia na direção cinematográfica do Ator e Diretor teatral Guilherme Weber veio sem concessões para o espectador, que testemunhara cenas com entrega visceral do seu elenco vibrante. Boa parte oriunda do teatro e do cinema autoral, os 8 personagens representam arquétipos que ao longo do filme, irão se degladiar em embate moral, físico e psicológico. Lima Duarte, Cida Moreira, Everaldo Pontes, Márcio Rosario, Fernando Teixeira, Magali Biff, Claudinho Castro e Pietra Pan possuem cada um, um grande momento individual, que os faz brilhar em cena. Guilherme Weber foi generoso e distribuiu as cenas de igual intensidade para todo o elenco. Em um lugar perdido no tempo, uma trupe de circo mambembe, decadente e esfomeada, resolve parar em uma cidadezinha. Chegando lá, eles estranham que não exista uma única pessoa no lugar. O grupo, com exceção de Dom Aleixo (Lima Duarte), decide ficar no lugar e deixar de perambular de cidade em cidade para mostrar a sua Arte. Dom Aleixo os questiona, dizendo que são Artistas e precisam mostrar o seu trabalho para as pessoas, mas os outros contestam, alegando estarem cansados de passar fome e agora querem uma casa e comida. O grupo decide também distribuir "personagens", e assim, cada um vai representar uma figura que consideram importantes para uma sociedade coexistir. O filme, obviamente, é uma grande metáfora e alegoria sobre a Arte e o Poder. Fico imaginando Glauber Rocha enlouquecendo com esse roteiro. Mas nas mãos de Weber, o filme tomou um rumo mais cru, violento, angustiante e teatral. Ao deixarem de viver da Arte, o grupo se desfaz e começa a se desintegrar. Essa é a grande crítica que o filme faz, um povo não vive sem a Cultura. A outra crítica, igualmente poderosa, é demonstrar como que cada indivíduo analisa e enxerga o outro como ela quer: na escolha dos papeis (puta, militar, caçador, negro, médico, cozinheiro, padre), existe uma hierarquia que faz com que um se sobreponha ao outro. Quase como em "Saló", de Pasolini, onde os Poderes fazem do sue povo gato e sapato. É um filme polemico que apresenta no discurso dos personagens, toda a raiva embutida na sociedade dita democrática: preconceito racial, abuso sexual, machismo, critica à religião. "Deserto", dirigido com poesia e muita Arte por Weber, tende a encontrar um público muito especifico. É um filme autoral, e renderá boas discussões, para o bem ou para o mal. A destacar: a brilhante fotografia de Rui Poças, português responsável pelos belos "Tabu" e "O ornitólogo", 2 grandes cults portugueses.  

POWER RANGERS (2017)

GoogleDrive

Segue a história de cinco adolescentes normais que precisam se tornar algo extraordinário quando eles descobrem que sua cidade, Angel Grove – e o mundo – está prestes a ser obliterada por um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, nossos heróis rapidamente descobrem que são os únicos que podem salvar o planeta. Mas para isso, eles precisam resolver suas vidas primeiro, antes de se juntarem como os Power Rangers.

 

Pica-Pau, o Filme (2017)

GoogleDrive

O travesso Pica-Pau está metido em mais uma de suas insanas brigas por território. Os inimigos da vez são o vigarista Lance Walters (Timothy Omundson) e sua namorada Vanessa (Thaila Ayala). Precisando de dinheiro, eles estão determinados a construir uma extravagante mansão na floresta e lucrar com sua venda, mas Pica-Pau também mora no terreno e não pretende deixá-los em paz.

O Culto De Chucky (2017)

DriveGoogle

O roteirista e Diretor Don Mancini foi quem escreveu o primeiro Chucky em 1988, que se chamava de "O brinquedo assassino" e foi dirigido por Tom Holland. Vários filmes depois, a franquia parece não ter fim. Agora com "O culto ao Chucky", Mancini esculhamba de vez o personagem. Não basta ter um Chucky, agora serão 4!!! E fora isso, ainda tem a Noiva de Chucky, ambos com as vozes de Brad Dourif e de Jennifer Tilly. Andy (Alex Vincent, que interpreta o personagem desde o 1º filme, quando tinha 5 anos, e agora está com 34 anos!!) quer tentar salvar Nica (Fiona Dourif), presa em uma clínica psiquiátrica injustamente, acusada de ter matado toda a sua família no filme anterior. O que Andy não imagina, é que o Diretor da clínica resolve encomendar vários bonecos de Chucky como terapia para os seus pacientes. O filme infelizmente não faz juz ao personagem Chucky. O roteiro é fraco, apostando apenas em sucessão de mortes e personagens tolos. Mesmo as cenas de morte nem são divertidas, como eram as do primeiro filme. A franquia já se auto-parodia. Um exemplo: A personagem de Jennifer Tilly se apresenta para Nica como sua tia Valentine, e Nica diz: "Você se parece com a Jennifer Tilly". Um ou outro momento diverte pela tosquice, mas no geral, o filme é de verdade, mais do mesmo. Para quem assistir, existe uma cena pós-créditos.

Mudbound: Lágrimas sobre o Mississipi (2017)

GoogleDrive

Épico baseado em um livro de Hillary Jordan, "Mudbound" foi produzido pela Netflix e exibido com muito sucesso no Festival de Sundance 2017. Dirigido por uma jovem Mulher negra, e com fotografia também de uma mulher, Rachel Morrison , de "Fruitvalley Station", o filme parece uma mistura de "O primeiro ano do resto de nossas vidas" com "Mississipi em chamas". Do primeiro filme, ele pega o tema de soldados que lutaram na 2ª Guerra Mundial e que voltaram repletos de traumas e tragédias pessoais. Do filme de Alan Parker, ele pega o tema do racismo no Sul dos Estados Unidos, e a influência da Klu Klux Klan na vida dos negros que moravam na região. Com quase 140 minutos de duração, o filme faz um raio X de 2 famílias em Mississipi: os brancos da família MacAllan, e os negros da família Jackson. Ambientado entre os anos 30 e 40, o roteiro espertamente dá voz a todos os Personagens, cobrindo vários Pontos de vista: do homem negro, da mulher negra, da mulher branca, do Homem branco racista, do homem branco favorável à causa negra. Dee Rees evitou polêmicas, e assim, todos encontram o seu lugar no filme, deixando claro o ponto de vista do movimento feminista e da luta pelos direitos sociais. O filme tem excelente interpretação de todo o elenco: Carey Mulighan, Garret Hedlund, Jason Clarke, a cantora Mary J. Blidge, estreando com muita força no papel da matriarca da família Jackson, Rob Morgan (incrível como o patriarca Jackson), Jason Mitchell como o carismático Ronsel e por último, Konathan Banks, assustador como o vilanesco Pappy, líder da família MacAllan e da Klu Klux Klan. Belíssima fotografia, ótima reconstituição de época, mão firme na direção de Dee Ress, fazem desse filme um projeto obrigatório.

 

 

JIGSAW (2017)

DriveGoogle

Dirigido pelos irmãos Spierig, esse oitavo filme da franquia "Jogos mortais" tem um plot twist totalmente desonesto, mas mesmo assim, surpreendente. Quando todos achavam que John Kramer (Tobin Bell) havia morrido há 10 anos atrás, eis que surgem evidencias de que ele continua vivo. Cadáveres vão surgindo com as características de terem participado dos jogos assassinos de Jigsaw. Será ele, ou um seguidor fanático? Em 2007, foi lançado o que seria teoricamente o último filme da franquia, com o titulo de "O capitulo final". Mas como em bolso de produtor tome que está ganhando não se mexe, resolveram fazer mais um capítulo. Não existe nada de novo no front, a não ser o desfecho. Durante o filme todo, acompanhamos mortes bárbaras e fitas gravadas com a voz de Jigsaw. Mas talvez haja uma diferença sim: as mortes não são mais tão explícitas como nos filmes anteriores. Aqui, os diretores evitaram mostrar demais, deixando na imaginação do espectador tentar imaginar o que aconteceu. Um roteiro bizarro, repleto de situações inverossímeis... e atuações toscas. Mas não é isso o que gostamos na franquia?

Jumanji - Bem Vindo À Selva (2017)

DRIVEGOOGLE

Os caminhos de Hollywood são misteriosos. O cineasta Jake Kasdan dirigiu duas comédias sacanas com Cameron Diaz que foram destruídas pela crítica: "Sex tape" e "Professora sem classe". Como ele foi convidado para dirigir a sequencia de "Jumanji", será um eterno mistério para mim. De qualquer forma, o filme é um divertida passatempo que emula 3 grandes clássicos da nostalgia: "O clube dos cinco", de John Hughes, "Os caçadores da arca perdida" e "Jurassic Park", ambos de Spielberg, além de uma pitada de "O senhor dos anéis" ( por conta da pedra preciosa que torna o seu dono um poderoso. O filme começa com um prólogo com os personagens em versão adolescente, no típico estereótipo de Colégio americano: o nerd, a gostosona, o negro atleta e a menina tímida. Quando eles ficam de castigo, eles acabam jogando um game antigo, chamado "Jumanji", que os transporta para um Mundo selvagem na selva. Casa um dos adolescentes se transforma em um Avatar com persona totalmente diferente do que eles eram antes, e precisam fazer de tudo para sairem de lá. Para isso, precisam jogar o game e vencer. Dwayne Jhonson, Jack Black, Karen Gillan ( A Nebula de "Guardiões das Galáxias") e Kevin Hart colocam a platéia abaixo com inúmeras gags hilárias: a mochila poderosa, a aula de como se tornar sexy, as vidas que se perdem no jogo...é tudo bem divertido, com direito a metáfora sobre o início da fase adulta. O tal do "Coming of age" chega aqui de forma totalmente Hollywoodiana, com direito a muitos efeitos.

EXTRAORDINÁRIO (2017)

Participação de Sônia Braga

GoogleDrive

Existem várias razões por eu ter ido assistir a "Extraordinário". Em primeiro lugar, pelo Diretor Stephen Chbosky, que realizou um dos filmes que mais amo na vida, "As vantagens de ser invisível", que ele também escreveu. Tem o mega elenco: Julia Roberts, Owen Wilson, Jacob Trembley e uns atores jovens desconhecidos absolutamente fantásticos. E por tratar do tema do diferente, um tema batido, mas que todo mundo ama, afinal, nós todos somos diferentes da sociedade, certo? O espelho da vez "Auggie" (Jacob Trembley, fenomenal). Portador da Síndrome Treacher Collins, que deforma seu rosto, o filme começa com a decisão dos pais de Auggie de o matricularem em uma escola. Afinal, seus estudos sempre foram em casa, longe de todos. Com medo do bullying, Auggie acaba cedendo aos desejos da mãe. O filme obviamente fala sobre bullying, aceitar o diferente, ciúmes da irmã de Auggie, Via (Izabela Vidovic, maravilhosa) que se sente despreterida pelos pais e muitos outros temas. O filme é honesto com o espectador: já sabemos que iremos chorar logo de cara. A trilha sonora, a narração do menino, tudo nos conduz ao que parece uma grande tragédia. O mais inteligente do roteiro, é mostrar vários pontos de vista dos personagens. Ou seja, todos os outros possuem voz própria. O filme volta ao tempo e apresenta o ponto de vista de vários personagens. Um filme que pode ser visto por toda a família, e que traz uma mensagem sobre aceitação, independente do que é maravilhoso. Para quem não gosta de melodramas, ficar bem longe. P.s.: Como é bom ver um filme com Julia Roberts!!! Seu sorriso levanta defuntos.

DEATH NOTE (2017)

DriveGoogle

Adaptação americana de famoso mangá que rendeu uma franquia com 3 filmes e uma série de animação no Japão, “Death note” ganha refilmagem do Netflix pelas mãos do Diretor Adam Wingard, do excelente filme de terror “A visita”. O filme foi destruído pela crítica e pelo público, mas como eu não assisti aos originais japoneses, até que me diverti. Corrigindo: o filme de fato não é bom, é repleto de problemas (roteiro, efeitos toscos, atuação), mas como ele tem um charme de Filme B (o que inclui trilha com sintetizadores), achei digno. E mais: um diretor que inclui 2 músicas para lá de bregas e que não tem nada a ver com as cenas em dois momentos chaves, merece meu respeito. É como se ele dissesse: “Foda-se o público, faço o que eu quero!”. Ou alguém com mente sã poderia imaginar que em uma cena do desfecho, poderia tocar impunemente “Como uma deusa”, da Rosana, em versão americana? O filme me lembrou bastante a premissa de “7 desejos” com “Premonição”: um jovem nerd, que sofre bullying na escola, Light Turner (Nat Wolff, de “Cidade de papel” e “ A culpa é das estrelas”) encontra misteriosamente um caderno com a capa escrito “Death note”. Ele descobre que o caderno é administrado por um entidade chamada Ryuk (voz de Willen Dafoe) e que permite que o dono do caderno mate quem ele quiser. Basta que escreva o nome da pessoa e pense em seu rosto. Eu adorei as cenas toscas das mortes, bem ao estilo “Premonição": decapitação, etc, tudo com bastante sangue. Chegam a ser bizarras algumas mortes. As performances prejudicam também o filme: Nat Wolff, bom ator, inexplicavelmente fica com cara de tábua em muitas cenas. Mas os piores são os atores que interpretam o pai de Light, o policial James, e o Detetive “L”, interpretado por Lakeith Stanfield, de “Corra!”. Esse último compõe um tipo esquisito, que combina mais com um filme e a cultura japonesa, mas não em um filme americano: ou alguém acha normal uma pessoa sentar de cócoras (típico da sociedade japonesa, mas não da ocidental). Se não tiver nada para assistir, “Death note” pode ser um passatempo. Se vai irritar ou não, vai depender do seu astral do dia. Pelo menos dá para se divertir com a voz de Willen Dafoe, maravilhosa e sarcástica.

 

BRIGHT (2017)

DRIVEGOOGLE

Porque assistir "Bright", produção da Netflix? 1) Se você é muito fã de Will Smith e estava sentindo falta dele interpretar aquele tipo cool, divertido, sedutor e desbocado 2) Se você curte filmes de ação que tem mais pancadaria, explosões e correria do que diálogos explicativos demais 3) Se você não está nem um pouco a fim de raciocinar, e apenas quer se deixar levar pelas imagens em ritmo de vídeo game 4) Se você adora aquele tipo de filme policial protagonizado por uma dupla de policiais que não se aguentam 1 minuto juntos, mas que não conseguem se separar 5) Se você quer tentar encontrar referências a "Senhor dos anéis", "Máquina mortífera", "Inimigo meu", e segundo um grande amigo meu, "Os aventureiros do bairro proibido" , de John Carpenter, mesclado a "Faça a coisa certa", de Spike Lee. Eu nem tava muito a fim de ver o filme, mas diante dessa comparação explosiva entre Spike Lee e John Carpenter, me deixei render. No futuro, o mundo está mesclado entre humanos, Orcs (Ogros) e Elfos. Os humanos são a raça em maior número. Os Elfos são a classe mais abastada e vivem num bairro chique e glamouroso, para ricos. Já os Orcs são a escória, vivem em guetos. A dupla de policiais Daryl (Smith) e o ogro Nick (Joel Edgerton) trabalham em Los Angeles e seguem rotina de perseguir criminosos nas ruas. Um dia, porém, eles se envolvem com uma Elfo, Tikka, que traz consigo uma varinha mágica. A varinha (alusão ao anel de "O Senhor dos anéis") traz poder a quem o possuir. Apenas os Brights (seres especiais dotados de um Poder, segundo a Profecia, de dominar a varinha) poderão usá-la, para o bem ou para o mal. Tikka está sendo perseguida por Leilah (Noomi Rapace), uma Elfo que quer dominar o mundo e que deseja o poder da Varinha. O filme é dirigido por David Ayer, que tem em seu currículo filmes policiais ambientados em Los Angeles ("Dia de treinamento", "Marcados para morrer"), e também o criticado "Esquadrão suicida". Aqui, ele cumpre a tabela de fazer um filme passatempo, que pode vir a ser uma franquia na Netflix. A primeira parte é mais confusa, e a segunda tem mais porradaria. Não fiquei apaixonado, me deu um certo tédio no início, mas fiquei meio vidrado em tantas explosões, tiros e pancadaria. Assim como em "Esquadrão", a vilã aqui é uma Mulher, a fim de dominar o mundo. Metáfora ou não do empoderamento feminino, o melhor é se desligar dos neurônios e curtir como se fosse um game. Ou você acha que um filme que tem fadas que são tratadas como baratas voadoras é para ser levado à sério?

Assassinato no Expresso Oriente (2017)

DRIVEGOOGLE

Adaptado da obra homônima de Agatha Christie, e levada às telas em uma versão famosa de Sidney Lumet em 1974, essa nova versão do suspense protagonizado pelo Detetive belga Hercule Poirot veio coberto de uma saraivada de críticas negativas. No entanto, eu adorei o filme. O filme celebra aquele retorno a um tipo de Cinemão antigo, repleto de Estrelas de cinema, com muito Luxo, Glamour. Um bom roteiro e Atores de alto nível que farão com que você se sinta no palco de um grande Teatro, se deliciando com as falas ditas por eles, cada um com direito a um momento solo. Talvez o grande problema do filme seja que muita gente já viu o original e já sabe o seu desfecho. Eu mesmo fiquei me perguntando se Kenneth Branagh ousaria mudar o final, somente para surpreender quem esperasse o óbvio. Kenneth Branagh está ótimo como Poirot, O filme faz várias alusões à religião, a começar pelo prólogo, no Muro das Lamentações, e o desfecho, uma referencia à Santa Ceia. Judi Dench, Penelope Cruz, Willen Dafoe, Jonnhy Depp, Michelle Pfeiffer dão vida a personagens repletos de mistério. É verdade que cada um deles tem pouco tempo na tela, mas também seria impossível tê-los o tempo todo, afinal, o filme é de Poirot. Alguns pontos negativos: O ritmo lento de algumas cenas, e principalmente, o CGI, falso demais. No mais, é se deliciar com o filme, e para quem nunca viu, preste atenção em cada detalhe.

A MÚMIA (2017)

DriveGoogle

Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet (Sofia Boutella) tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo.  Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba. Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton (Tom Cruise) e Chris Vail (Jake Johnson), saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades. Ao lado da pesquisadora Jenny Halsey (Annabelle Wallis), eles investigam a tumba recém-descoberta e, acidentalmente, despertam Ahmanet. Ela logo elege Nick como seu escolhido e, a partir de então, busca a adaga de Set para que possa invocá-lo no corpo do saqueador.

Sobrenatural: A Última Chave (2017)

DriveGoogle / MEGA

Uma série de assombrações e espíritos têm tirado a paz das pessoas. A única capaz de caçar esses espíritos e pôr um fim ao terror é a médium Elise (Lin Shaye), que usa suas habilidades para contatar os mortos. Seu próximo trabalho é bem pessoal, quando é chamada para encontrar um espírito na casa onde cresceu.

 Alguém Como Eu - 2017

Download MEGA 720p

Direção: Leonel Vieira

"Depois de anos de relacionamento e uma crise, Helena (Paolla Oliveira) começa a imaginar como as coisas seriam se seu parceiro, Alex (Ricardo Pereira), fosse ele próprio do sexo feminino e pudesse compreender seus dilemas. Tudo seria apenas imaginação se os devaneios dela não passassem a atrapalhar a relação dos dois."

 

Um Tio Quase Perfeito (2017)

Download MEGA / 1Fichier

Tony (Majella) é um adorável trambiqueiro que vive de bicos como estátua viva, cartomante, pastor e sempre conta com a cobertura da mãe, Cecilia (Ana Lucia Torre). Quando eles são despejados do muquifo onde moram, procuram a irmã de Tony, Angela (Letícia Isnard), com quem não falam há anos. Ela tem três filhos, Valentina, de 5 anos; João, de 10; e Patricia, de 14, que mal conhecem a avó e o tio. A partir daí, os pequenos ficam nas mãos dessa dupla, que não tem a menor familiaridade com as crianças e provoca muitas confusões nas suas rotinas. A convivência inusitada acaba virando a vida de todos de cabeça para baixo. 

Resultado de imagem para como se tornar o pior aluno da escola

Como se Tornar o Pior Aluno da Escola (2017)

Download MEGA / 1Fichier SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Dirigido por Fabrício Bittar

O longa traz os jovens estudantes Bernardo (Bruno Munhoz) e Pedro (Daniel Pimentel), que se veem divididos entre as obrigações escolares, a necessidade de tirar boas notas e ter bom comportamento, e a falta de propósito em cumprir todas as normas de uma escola que adota medidas cada vez mais politicamente corretas graças ao diretor Ademar (Carlos Villagrán). Após momentos de frustração, Pedro encontra no banheiro do colégio um diário contaminado com dicas para instaurar o caos na escola sem ser notado.

Elenco:

  • Danilo Gentili como "Pior Aluno"
  • Bruno Munhoz como Bernardo
  • Daniel Pimentel como Pedro
  • Carlos Villagrán como Diretor Ademar F. Melquior
  • Joana Fomm como Professora de Matemática
  • Moacyr Franco como Olavo
  • Fábio Porchat como Cristiano
  • Raul Gazolla como Professor de Educação Física
  • Rogério Skylab como Professor de História
  • Luiggi Vizuso como Luciano
  • Marcelo Rafael como Segurança
  • Jerusa Franco como Mãe do Pedro

Poesias Para Gael (2017)

ASSISTA ONLINE

Download Parte 1 MEGA / MediaFire

Download Parte 2 MEGA / MediaFire / GDrive

Gael, um garoto introvertido que sonha em ser escritor, e acaba tendo que lidar com a oposição da mãe. Enquanto uma garota que o odeia planeja uma vingança contra Gael, usando Hugo como instrumento de sua armação.

Corpo Elétrico (2017)

DOWNLOAD Uptobox / Openload

Dois homens deitados numa cama, nus. Eles falam sobre o mar, a vida. Percebe-se que estavam juntos, fizeram sexo, mas nenhum deles pretende ter um envolvimento mais profundo. “Somos amigos”, concordam. Tamanha leveza neste debate poderia ser considerada uma afronta à moral e os bons costumes. No entanto, Corpo Elétrico conduz seus personagens com a naturalidade de quem evita julgamentos e conhece este universo de perto. Estamos falando de um grupo jovem, paulistano, de classe média-baixa, aberto a novas configurações de sexualidade e gênero. Trata-se de um ambiente livre de amarras a instituições sociais: nenhum personagem é particularmente próximo das famílias, de alguma religião, de partidos políticos, de uma equipe esportiva. A união se faz pelas amizades, despretensiosas e ao mesmo tempo duradouras, entre Elias (Kelner Macêdo) e os colegas de uma confecção de roupas. Dia após dia,...

Dirigido e escrito por Marcelo Caetano

Elenco

  • Kelner Macêdo - Elias
  • Lucas Andrade - Wellington
  • Welket Bungué - Fernando
  • Ana Flavia Cavalcanti - Carla
  • Ronaldo Serruya - Arthur
  • Henrique Zanoni - Anderson

Blue my mind (2017)

Download 1Fichier

Vencedor de vários prêmios em Festivais Internacionais, essa fábula da Suíça curiosamente, se aproxima bastante do filme brasileiro "Mormaço", de Marina Meliande. Em ambos os filmes, as Diretoras e roteiristas se apropriam do realismo fantástico para mostrar como o fator psicológico interfere no corpo da protagonista, fazendo-o se transformar. No filme de Meliande, a protagonista vai se envolvendo com a histórias de moradores de uma comunidade que vão sendo desalojados e por conta disso, ela absorve o stress e seu corpo vai apodrecendo. No caso de Mia, a adolescente de 16 anos de "Blue my mind", a virada da protagonista em mulher não vem de uma forma pacata. Ela se irrita cada vez mais com seus pais, ela se droga, pratica bullying, entra no grupo das meninas escrotas da escola, faz sexo com qualquer um... e seu corpo se transforma a medida que vai descobrindo cada um desses passos. Mia vai ganhando contornos de uma mulher selvagem, faminta por sexo e por peixe cru, comendo os peixes de seu aquário. No início de "Blue my mind", foi muito difícil eu continuar assistindo ao filme, pois a protagonista é tão irritante, tão fácil odiar ela, que eu desejei que ela morresse logo. Mas à medida que o filme avançava, e também por conta da excelente performance da atriz Luna Wedler, numa composição dificílima, fui me afeiçoando ao filme, a partir do momento que entendi que era uma parábola complexa sobre o processo de amadurecimento. As cenas de sexo são mostradas de uma forma fria, chocante, e o filme não tem pudor em falar de pedofilia e sexo grupal com uma menina de 16 anos. Pelo olhar da roteirista e diretora Lisa Brühlmann, a juventude está perdida e sem perspectiva: drogas, sexo, falta de compromisso, falta de comunicabilidade com os pais, estudo zero. "Blue my mind" pode ser considerado o "Kids", de Larry Clark em versão fantástica.

CHIPS (2017)

DOWNLOAD 1Fichier

Os patrulheiros rodoviários Jon Baker (Dax Shepard) e Frank Poncherello (Michael Peña) têm uma missão: capturar uma gangue de assaltantes de carros exóticos que vem aterrorizando a Califórnia.

 

Small Town Crime (2017)

Download 1Fichier

Um ex-policial alcoólica (John Hawkes) encontra o corpo de uma jovem mulher e, por meio de um ato de redenção pessoal por algo de seu passado, fica obcecado em achar o assassino e obter justiça. Mas, ao mesmo tempo, coloca a vida de sua família em perigo ao cruzar com vários personagens perigosos.

You Were Never Really Here (2017)

Download 1Fichier / Filefactory / MEGA

Extraordinário thriller, uma mescla fabulosa de "Drive", "Taxi driver" e "Hardcore: o mundo do sexo", 3 grandes obras-primas do cinema. Linney Ramsey, realizadora do tenso "Precisamos falar sobre Kevin", adaptou o livro de Jonathan Ames e escreveu o roteiro. Com direção primorosa e atuação brilhante de Joaquim Phoenix, o filme arrebatou em Cannes os Prêmios de Melhor ator e roteiro. Joaquin Phoenix é Joe, um ex-combatente da Guerra do Golfo e que se encontra cheio de paranóias e visões traumáticas da guerra. Ele mora com sua mãe que também é doente mental. Joe trabalha como um detetive em busca de garotas raptadas/traficadas, e usa de métodos brutais para fazer o resgate. Um dia, ele recebe uma encomenda: resgatar a filha perdida de um Senador. Com um roteiro realmente foda, que homenageia todos os filmes citados, "You Were Never Really Here" é maravilhoso em todos os níveis. Cenas muito bem orquestradas, fotografia estilizada, atores maravilhoso e uma cena antológica: Joe ao lado de um agente moribundo, prestes a morrer, cantando o clássico "Never been to me", de Charlene. Absolutamente imperdível.

 

FRAGMENTADO (2017)

Download MEGA / GoogleDrive

O Cineasta M. Night Shyamalan teve seus momentos de glória, inferno e o retorno para a glória, exatamente nessa ordem. Graças ao sucesso de seu filme anterior, "A visita", e agora com esse "Fragmentado", Shayamalan deu as coordenadas de como fazer filmes baratos renderem muito. "Fragmentado" custou 9 milhões de dólares, e já rendeu até agora mais de 123 milhões de dólares. O Sucesso? A eterna fórmula do "Twist", aquela virada que pega a todos os espectadores de surpresa no final, e que todo mundo adora. A bem da verdade, a maior virada aqui acontece depois dos créditos finais, mas nenhuma pessoa na face da Terra será capaz de comentar o que acontece, correndo o maior risco do mundo de provocar um mega spoiler. Uma pena, pois suscitaria uma discussão bem grande entre os fãs do cineasta indiano. Muito pouco pode se falar sobre o filme. Somos apresentados a 3 garotas, que logo no início são raptadas por um sequestrador, que as prende em uma espécie de cativeiro subterrâneo. Logo, apavoradas, elas descobrem que é esse homem: Kevin (James McAvoy, genial) é um homem que sofre de múltiplas personalidades. Dentro de sua mente, existem 23 diferentes tipos de pessoas, mudando de gênero e idade. O que as apavora, é que uma 24ª personalidade está para surgir. Direção segura de Shayamalan, que na parte final deixa o espectador com o coração na boca, nos preparando durante toda a trajetória para o que virá. As meninas não são tão boas atrizes, mas como o filme está todo em McAvoy, a gente releva. Fotografia merecedora de nota especial, a cargo de Mike Gioulakis, que realizou o excelente "A corrente do mal". Iluminando o subterrâneo com sombras e luzes amarelas, Mike Gioulakis cria tensão nas suas cores, praticamente criando uma luz para cada personalidade de Kevin.

A vigilante do amanhã (2017)

Download MEGA / DriveGoogle

Adaptação do mangá cultuado "Ghost in the shell", de Shirow Masamune, e por sua vez, do longa japonês de animação de 1995, "A vigilante do amanhã" tem no elenco globalizado a sua grande força. Scarlett Johanson, Juliette Binoche, Takeshi Kitano (antológico), Michael Pitt e o dinamarquês Pilou Asbæk dão vida a personagens vibrantes e muito bem construídos. Com ecos de "Blade runner", "Matrix", "O quinto elemento", "Lucy" e "Robocop", o filme consegue criar uma atmosfera impressionante, através de efeitos especiais de última geração. Scarlett Johanson faz parte de um seleto e pequeno grupo de atrizes que faz muito bem qualquer gênero: comédia, drama, ação, ficção cientifica... incrível como ela une talento e sensualidade. Mas o grande chamariz mesmo se chama Takeshi Kitano: lá pelo final, ele tem uma frase antológica, onde o cinema vem abaixo:"Mandam coelhos para matar uma raposa?" Que ator extraordinário! Que venha logo a continuação!

GUARDIÕES DA GALÁXIA 2 (2017)

DOWNLOAD MEGA / GoggleDrive

Dirigido e escrito por James Gunn, essa parte 2 do filme de grande sucesso descobriu a formula deliciosa de incorporar uma trilha sonora repleta de hits esquecidos dos anos 80 `as cenas de ação e de dramaticidade. Sim, tem drama nesse filme, aliás, muito drama. No fundo, o tema "família" aparece em todos os núcleos de personagens. E' impressionante como James Gunn criou uma ciranda de discussões acerca de parentes ( pais, filhos, irmãos) que emociona o espectador, principalmente na cena final. Eu amo personagens bidimensionais, que mostram humanidade, e aqui no filme, está repleto deles. Não há muito o que falar do filme, pois todo mundo já o disse: elenco foda, direção foda, trilha foda, cenas de ação foda...e sim, a estética anos 80., desde os letreiros iniciais, homenageando todas aquelas series e filmes B de uma época onde a gente era realmente feliz. Participações especiais de Sylvester Stallone, Michelle Yeoh, entre outros. Mas a grande cereja do bolo, além de Kurt Russel, é a presença de Michael Rooker, um ator excepcional, que quase sempre fez escada para todo mundo, e na maioria das vezes no papel do vilão, fazendo um personagem digno, emocionante. Antológico.

BAYWATCH (2017)

Download 1Fichier / DriveGoogle

Diretor de filmes e seriados, Seth Gordon é um expert em comédias. Agora, ele faz uma versão cinematográfica do seriado de grande sucesso, que levou Pamela Anderson e David Hasselhoff ao status de ícones pop (em "Guardiões das Galáxias", David faz uma participação). Com um elenco estelar encabeçado por Zac Efron e Dwayne Johnson, o filme aposta bastante em ação e aventura, mas fazendo um híbrido com as comedias maliciosas dos anos 80, com piadas bastante sacanas envolvendo pênis, bundas e seios fartos. Zac Efron é Matt, campeão olímpico dono de duas medalhas de ouro em natação, mas que entrou em decadência. Agora, ele tenta entrar no famoso time dos guarda-vidas de Baywatch, coordenado por Mitch (Johnson) e sua turma, que envolve beldades sensuais e destemidas. eles se envolvem com traficantes de metanfetamina, e precisam da união para poder destruir a quadrilha liderado por uma mega vilã, a latina Leeds. O filme não tem o mínimo pudor em mostrar latinos e negros como vilões. E mais: para mostrar que estão cagando pro politicamente correto, todas as mulheres do filme são apresentadas em trajes sumários e vistas como objetos de desejo sexual. As feministas irão reclamar bastante, mas pelo que se viu no cinema, o público não esta nem aí, a galera ria bastante. O filme em si tem uma ou outra piada engraçada, o que parece é que tudo foi feito para agradar um público adolescente e infantil. Zac Efron e Dwayne apresentam a clássica dupla de justiceiros que não se combinam, e vivem as turras. Eles estão divertidos. O filme, no entanto, é bastante longo, e eu em determinado momento já estava torcendo para que acabasse logo. A grande surpresa do elenco é John Bass, no papel do maluquinho Ronnie: ele parece um Fabio Porchat nos trejeitos.

"Homem aranha, de volta ao lar" (2017)

Download MEGA / DriveGoogle

4 pontos antes de comentar sobre o filme: 1) Tobey Maguire ainda é o melhor Homem Aranha para mim, apesar de Tom Holland ter o physic de role mais apropriado 2) Michael Keaton se tornou um dos atores mais brilhantes da América. Somente a cena que acontece dentro do carro, onde através de seu olhar, percebemos a sua transformação, já valeria um prêmio 3) O cineasta Jon Watts tem em seu currículo apenas filmes medianos, e o único que assisti, foi o terror B "The clown", sobre um pai que veste uma fantasia de palhaço e se torna um assassino. Achei fantástico os produtores terem convidado ele para dirigir esse divertido filme que inaugura a trilogia de Spider Man 4) A trama me lembrou muito ao filme do Homem Aranha com Tobey Maguire em conflito com o dilema de Duende Verde e seu filho, vivido por James Franco. Olha o plágio hahaha. Dito tudo isso, digo que o filme é um grande pipoca delicioso, muito em função do elenco, soberbo (destaque para o amigo Nerd tailandês, Ned) e para inúmeras gags hilárias, como as aparições do Capitão América, sempre dando sermão na galera. Tom Holland é um jovem ator que começou cedo na carreira, e fisicamente me lembra muito Anton Yelchin, que faleceu recentemente. Sua maravilhosa carreira com certeza vai explodir agora, merecidamente. Já no inicio do filme, exultei com o remix da música original do Spider Man da televisão. Esse filme investe bastante na comédia e na galhofa, lembrando em vários momentos da anarquia de "Deadpool".

 

DUPLA EXPLOSIVA (2017)

Download MEGA

O filme resgata o mote da franquia "Máquina mortífera" com Mel Gibson e Danny Glover às turras o tempo todo. A diferença aqui é o perfil profissional dos personagens: Michael (Ryan Reynolds, sensacional no melhor estilo "Deadpool") é um agente de segurança de alto nível. Kinkaid (Samuel L Jackson) é um assassino profissional com uma questão: ele não mata inocentes. Kinkaid precisa aparecer no tribunal para o julgamento do político Vladislav (Gary Oldman) e provar que ele dizimou um vilarejo inteiro na Bielorussia. Perseguido por assassinos, só resta a ele confiar a sua segurança nas mãos de Michael, um antigo desafeto. O filme tem metade localizado em Amsterdã, que sai totalmente destruída. Repleto de humor e de muita ação, é um filme vigoroso, divertido e cheio de personagens carismáticos em suas loucuras. Além dessa dupla, Salma Haeyk brilha como a namorada de Kinkaid, presa em uma cela. As tiradas Dela são de rolar de rir. O flashback que mostra como Kinkaid e Salma se conheceram em um bar pé sujo lembra "Caçadores da arca perdida", quando Harrison Ford conhece Karen Allen em um bar super violento. Samuel L Jackson repete aquele tipo de sempre que o eternizou e seu famoso bordão "Mother Fucker!". Já tá meio gasto, mas tudo bem, ele já virou lenda. A trilha sonora é toda de hits dos anos 70 e 80, só lamento não ter tocado "O Will always love You", da Whitney Houston, que é executado no trailer do filme. Passatempo da melhor qualidade.

ATÔMICA (2017)

DOWNLOAD MEGA / DriveGoogle

O que mais me chamou a atenção nesse filme de ação e aventura protagonizado por Charlize Theron, foi a participação de Barbara Sukowa no filme. Pouca gente deve lembrar, e ela aqui ainda faz uma pequena participação, muito aquém de seu gigantesco potencial. Mas como o dinheiro é quem manda, ela interpreta uma médica da perícia em Berlim. Para quem não sabe, Barbara Sukowa foi uma das grandes musas de Fassbinder, estrela de "Lola" e "Berlin Alexanderplatz", além de ter trabalhado com Lars Von Triers em "Europa", depois fez também o premiado "Hannah Arendt". "Atômica" se passa logo antes da derrubada do muro de Berlim, novembro de 1989. Charlize interpreta Lorraine, uma agente do MI6 inglês, que vai até Berlim descobrir quem matou um agente do grupo, e aonde está uma poderia lista com nomes de espiões. O mundo estava sob o efeito da Guerra fria, e não se pode confiar em ninguém. Para ajudá-la, estão os agentes David Percival (James McAvoy) e a francesa Delphine (Sophia Boutella), de "Kingsman"). Com um super elenco, que inclui ainda John Goodman, Eddie Marsan e Toby Jones, "Atômica" é um filme totalmente estilizado, bem ao gosto de Nicholas Windfren Refn, de "Drive", repleto de cores fortes e ácidas e com uma maravilhosa trilha sonora repleto de hits dos anos 80. Não tem também como não mencionar o brilhante plano-sequência de mais de 10 minutos, com Charlize distribuindo porrada para tudo quanto é lado. "Atômica" é a resposta para os filmes de brucutus doa anos 80 e 90, e depois de "Mulher Maravilha" e as princesas modernas da Disney, parece que elas vieram pro ataque mesmo. O Cineasta David Leitch foi stunt por quase toda a sua carreira, e seu próximo projeto é a Direção de "Deadpool 2".

Histórias de Fantasmas (2017)

Download 1Fichier

Adaptação cinematográfica da peça teatral homônima, foi escrita e dirigida pelos próprios autores. Andy Newman ainda protagoniza esse filme de suspense inglês, no papel do Professor Goodman. Obviamente que o filme tem muito de "Invocação do mal", terror de sucesso de James Wan. E mais: se Ingmar Bergman fosse dirigir um filme de terror, baseado nas neuroses e traumas dos seus protagonistas, provavelmente "Histórias de fantasmas" poderia ter sido uma de suas realizações. Cheio de surpresas na narrativa, com direito a um plot twist final que surpreenderá a todos, o filme apresenta o professor Goodman, um apresentador de tv e estudioso dos falsos casos de paranormalidade. Ele recebe um chamado de um paranormal que desapareceu da mídia, e que lhe incumbe de 3 casos de sobrenatural, que provarão o Professor Goodman que fantasmas existem. Com um elenco que vai de atores desconhecidos aos talentosos Martin Freeman ( de "Senhor dos anéis" e "Pantera negra") a Alex Lawther, um jovem talento inglês, o filme mescla drama, suspense e terror. A fotografia favorece bastante a atmosfera do filme, principalmente nas cenas noturnas. Muitas referências cinematográficas, entre elas, "It", "Evil dead" e as antologias de terror dos anos 80.

The Merciless (2017)

Download 1Fichier

Jae-ho é um líder de uma gangue extremamente perigoso temido. Dentro da prisão, criou sua própria lei na qual todos os outros prisioneiros são submetidos. O que ele não imaginava era que, com a chegada de Hyun-soo, um homem que não costuma respeitar regras, sua autoridade viria a ser questionada.

PAPILLON (2017)

DOWNLOAD 1Fichier

 Segunda versão da famosa biografia do francês Henri Charriére, já levada às telas anteriormente com Steve Mcqueen e Dustin Hoffman nos papéis agora de Charlie Hunnan e Rami Malek. O filme começa em 1931, em Paris. Papillon (apelido dado por conta da tatuagem de borboleta em seu peito) é preso com acusação falsa de ter assassinado um cafetão. Papillon é um bandido especializado em roubar para uma máfia local, e sua sentença é de prisão perpétua. Ele acaba sendo levado até a Guiana Francesa, para uma prisão para deportados franceses. Chegando lá, ele fica amigo de Louis Deas (Malek), que, por ter dinheiro, acaba sendo figura chave para a possibilidade de fugir da Ilha. A história da amizade entre esses 2 homens é o emociona o espectador. Bem dirigido e com excelente atuação dos 2 atores ( Malek copia os trejeitos de Dustin Hoffman) , o filem conjuga drama, ação de forma espetacular. É longo, 2:13 de duração, mas é um épico humanista cujo livro, lançado em 1970, se tornou um imenso best seller, e responsável pela eliminação dessas penitenciárias, para onde já foram deportados mais de 80 mil pessoas.

T2 TRAINSPOTTING (2017)

DOWNLOAD MEGA

Renton retorna à cidade natal depois de vinte anos de ausência. Hoje, ele é um homem novo, com um emprego fixo e livre das drogas. Os amigos não tiveram a mesma sorte: Sick Boy comanda um comércio fracassado, Spud continua dependente de heroína e Begbie está na prisão. Aos poucos, Renton revela que sua realidade não é tão positiva quanto ele mostrava, e volta a praticar os crimes de antigamente. Sequência de Trainspotting - Sem Limites (1996), inspirada no livro "Porno", de Irvine Welsh. 

Resultado de imagem para L'amant doublenudeResultado de imagem para L'amant doublenudeResultado de imagem para L'amant doublenude

O AMANTE DUPLO (2017)

DOWNLOAD UPTOBOX / 1Fichier

Brilhante thriller erótico dirigido por um dos realizadores franceses que mais admiro. Se utilizando da melhor das tradições de Alfred Hitchcock, Brian de Palma e David Cronemberg, Ozon fez uma mistura explosiva, repleta de psicanálise, erotismo, perversidade, fetichismo e prazer. Impossível não se lembrar de "Gêmeos, mórbida semelhança", de Cronemberg, e de "Irmãs gêmeas", de Brian de Palma. Até tela dividida, uma marca registrada de de Palma, Ozon se apropria. O suspense e a trama de Hitchcock também se faz presente. Uma aula de narrativa cinematográfica, e um trabalho formidável de Jérémie Renier, no papel dos gêmeos Paul e Louis. Chloé (Marine Vacth, de "Jovem e sedutora", também de Ozon) é uma mulher que sente dor no ventre. A médica aconselha ela a procurar um psiquiatra, pois acha que a dor é psicológica. Ela conhece então Paul (Renier), um terapeuta por quem ela acaba se apaixonando. Ele recomenda que ela vá procurar uma colega para continuar o tratamento. No caminho, Chloé vê um homem idêntico a Paul, e ela descobre que ele também é terapeuta, Louis, irmão gêmeo e renegado por Paul. Ela vai se consultar com ele. Louis é violento, e Chloé gosta desse tipo de fetiche. Mas um segredo irá ser revelado e trazer reviravolta na vida de todos. Com uma trama mirabolante mas sedutora, Ozon prende a atenção do espectador ate o final. O filme concorreu em Cannes, mas não levou nada. Jaqueline Bisset faz uma ótima participação especial e reveladora da trama. Um belo filme com ótimas atuações, roteiro surpreendente e uma direção brilhante de Ozon, um expert em filmar todos os tipos de gêneros. Teve critico que chamou o filme de "Cinquenta tons de cinza" versão francesa bobagem. Imperdível.

 

Resultado de imagem para boneco-de-neve

BONECO DE NEVE (2017)

Download MEGA / DriveGoogle

Adaptação do best seller policial do norueguês Jo Nesbo, dirigido pelo mesmo realizador do clássico de terror "Deixa ela entrar". "Boneco de neve" foi destruído pela crítica, o que é uma pena, pois eu gostei bastante. É um suspense que cumpre o que promete, repleto de cenas de tirar o fôlego, auxiliado por uma fotografia exuberante de Dion Beebe, que ganhou o Oscar de fotografia por "Memórias de uma Gueixa". Primeira coisa que preciso falar depois de ter visto o filme: Quero visitar a Noruega! Que Pais lindo! Michael Fassbender interpreta Harry Hole, um policial separado de sua esposa, Rakel ( Charlotte Gainsbourg) e com um filho adolescente, Oleg. Separados, Harry se tornou alcoólatra. Ele é chamado para investigar um caso sobre mulheres desaparecidas e que aparecem depois com o corpo esquartejado. Em comum: são mulheres divorciadas, e com filhos. Katrine (Rebecca Ferguson) é uma policial que chega para fazer par com Harry, e ambos tentam identificar o serial killer. Com um elenco de famosos fazendo participação ( Chloe Sevigny, Val Kilmer, J k Simmons), o filme é repleto de clima e atmosfera que sufoca e angustia a medida que vai avançando Não é um filme perfeito, mas também não é o filme ruim que querem fazer o publico acreditar ser.

O ESTRANGEIRO (2017)

DOWNLOAD MEGA

O cineasta Martin Campbell dirigiu vários Blockbusters: "A marca do Zorro", "007 Cassino Royale", "Lanterna verde", entre outros. Em 2010, ele dirigiu "O fim da escuridão", com Mel Gibson, e que se assemelha bastante a esse filme. A trama fala sobre um homem movido pela vingança pelo assassinato de sua filha. Em "O estrangeiro", baseado no livro "The chinaman", Jackie Chan vive esse homem amargurado pela morte cruel de sua filha, em uma explosão reivindicada por uma facção do Ira. Quan (Chan) é um imigrante chinês que fugiu da China para Londres. Dono de um restaurante chinês, ele larga tudo para ir até a Irlanda e descobrir quem são os assassinos de sua filha. Para isso, ele usa táticas de guerra, quando ele serviu no exército. Seu caminho cruza com o de Liam (Pierce Brosnan), agente do governo que se recusa a fornecer os nomes dos supostos terroristas. "O estrangeiro" representa uma virada na carreira de Jackie Chan, não pela qualidade do filme, mas sim pelo gênero. O filme tem cenas de ação, mas são poucas, e ele investe mais no drama. Chan está ótimo, e a gente torce por ele. O problema é que o roteiro investe em inúmeras tramas paralelas (e são muitas!! ) que não envolvem Chan diretamente, o que faz ele sumir de cena por um bom tempo. Tem diversas tramas de adultério, traições políticas, etc. A gente quer ver cenas de Jackie Chan, e a segunda parte ele quase desaparece, para somente retornar no final. Mas enfim, vale assistir, para quem é fã dele, para encontrar um registro diferente.

O TOURO FERDINANDO (2017)

DOWNLOAD MEGA

Adaptação do clássico livro de Munro Leaf, americano que o lançou em 1936, e que já teve uma primeira adaptação em um Curta da Disney, em 1938, e premiado com o Oscar da categoria. O Animador brasileiro Carlos Saldanha agora faz uma revisitação dessa obra, que na época do seu lançamento, foi visto como um libelo pacifista contra o avanço do poderio do General Franco na Espanha. Ferdinando é criado, junto de outros touros, em uma Fazenda chamada "La casa del toro". Lá, os touros são treinados para que possam posteriormente, lutar nas touradas. Mas Ferdinando é diferente: ele não quer lutar, e sim, cheirar as flores e pregar a amizade. Até que seu pai morre na tourada e Ferdinando, em um ato de desespero, foge, parando na fazenda da menina Nina. Lá, ele cresce, até se tornar um touro enorme e robusto. Mas por um infortúnio, Ferdinando acaba parando de volta nas touradas. O filme, ao contrário das outras produções de Saldanha, foi um fracasso nas bilheterias. O problema é que lhe falta ritmo e graça. As piadas não são tão engraçadas, os personagens forcam um riso que não sai. O roteiro ficou em um meio termo de um filme infantil para crianças pequenas, e um filme que agrade aos adultos: algumas cenas podem provocar certo temor nos pais (o matadouro, lugar aonde os touros mais fracos acabam indo) e mesmo a tourada, onde luta-se de espadas e armas cortantes. Os personagens coadjuvantes são muito ingênuos, e fica difícil fazer os adultos rirem. É uma pena, pois o filme tem um colorido e uma visão sobre Madrid muito bonita (eu considero esse filme um "Madrid", na mesma linha de "Rio", outro filme de Saldanha). Uma curiosidade: em determinada cena, existe um produt placement do Guaraná Antarctica.

NEVE NEGRA (2017)

DOWNLOAD MEGA

Martin Hodara foi assistente de direção no cult "Nove rainhas" e agora lança esse ambicioso thriller de suspense nos moldes de "Fargo", dos irmãos Coen. Além de "Fargo", o filme pega emprestado referência de "O iluminado", usando e abusando do elemento claustrofóbico e do isolamento em região com neve. Unindo dois dos maiores ícones mundiais da Argentina, Ricardo Darin e Leonardo Sbaraglia, o filme, co-produzido pela Espanha, inclui a talentosa Laia Casta, espanhola protagonista do famoso filme de plano-sequência alemão "Vitoria". No filme, acompanhamos o casal Marcos (Sbaraglia) e Laura (Casta). Ela está grávida e eles passam aperto financeiro. O pai morre e ele recebe uma herança milionária, ma apara recebê-la, precisa confrontar o seu passado: rever o seu irmão Salvador (Darin), acusado de ter matado o irmão deles, Juan, quando todos eram crianças e moravam em uma casa na montanha. Desde então, Salvador mora nessa casa isolada. Marcos precisa reencontrar o irmão, e fazer com que assine o contrato de venda do terreno. Mas paira a dúvida sobre o verdadeiro autor do crime. Com bela direção, segura, apoiada no talento dos atores, o filme tem uma atmosfera de constante tensão no ar. A fotografia ressalta bastante o Branco da neve e o vermelho do sangue. Ótima edição de som e trilha sonora. O roteiro se torna óbvio a partir de antes da metade do filme, mas nada que prejudique o entretenimento. Vale como um passatempo pipoca argentino, sem a preocupação de ser mais um clássico de Ricardo Darin.

Bingo, o Rei das manhãs (2017)

Download 1FICHIER

Esse filme é um golpe baixo para o meu coração: eu simplesmente, sou apaixonado por trilha sonora dos anos 80. Tanto os do Ploc 80 quanto trilha de sintetizadores meio "Stranger things". Fora isso, em determinado momento, o filme me fez lembrar de "Crepúsculo dos deuses", clássico de Billy Wilder. É na linda cena de mãe e filho, Ana Lúcia Torre e Vladimir Brichta, desabafando sob a crueldade do mundo artístico e do estar obsoleto, se sentir inútil, se sentir desprezado e no ostracismo. O grande tema do filme é a busca por um lugar ao sol, mas que esse sol venha com reconhecimento, e ao lado dele, o seu nome. É estranho a gente falar de anonimato em tempos onde isso é praticamente impossível por conta das redes sociais, mas naquela época, nos anos 80, o filho de Arlindo Barreto se incomodou, e muito, de não poder dizer ao mundo que o seu pai interpretava o palhaço mais famoso do Mundo, aqui no Brasil. Aliás, é esse personagem do filho de Bingo que mais me irritou. Não o jovem ator, que é ótimo, mas a construção do personagem, Mas deixemos isso de lado, e vamos ao filme em si: muito bem dirigida, essa bela estréia de Daniel Rezende, famoso no mundo inteiro por ter montado "Cidade de Deus" e "Tropa de elite", ganha cores fortes e saturadas oitentistas nas lentes de Lula Carvalho. O filme não é sobre Bingo (Bozo, mas não cederam os direitos), mas sobre Arlindo Barreto: ex-ator de pornochanchadas, que por anos interpretou o Palhaço Bozo no Sbt, tirando inclusive a Globo do 1º lugar diversas vezes. Envolvido com drogas, bebidas, mulheres e toda sorte de loucuras que o estrelato pode permitir, o grande conflito de Arlindo era não ser reconhecido publicamente, pois por contrato, ele não podia falar sua identidade para ninguém. Bela reconstituição de época, atores muito bem escalados: Além de Vladimir e Ana Lucia, temos Leandra Leal, Augusto Madeira, Tainá Muller... O desfecho, por razões contratuais, deixou muita gente incomodada. Mas vida real muitas vezes é maior do que a ficção.

Elenco:

  • Vladimir Brichta interpreta Augusto Mendes (Bingo): O personagem-protagonista, é um ator que anseia por trabalhos que o coloque em posição notória, eis que aparece a vaga para o programa matinal Bingo.
  • Leandra Leal interpreta Lúcia: Produtora e diretora do programa infantil apresentado por Bingo. Ela é evangélica, e resiste às propostas indecentes de Augusto.
  • Emanuelle Araújo interpreta Gretchen: Única personagem efetivamente real no filme. Teve um rápido romance com o protagonista.
  • Cauã Martins interpreta Gabriel: Filho de Augusto. Por vezes, sente-se sozinho em face da recepção do pai, que devido ao seu trabalho e noites regadas a bebidas e drogas, não consegue dar atenção ao filho.
  • Ana Lúcia Torre interpreta Marta Mendes: Mãe de Augusto. Uma atriz que teve um grande sucesso na televisão brasileira, mas encontra-se esquecida pelos meios de comunicação.
  • Tainá Müller interpreta Angélica: Ex-esposa de Augusto. Uma atriz bem-sucedida que frequentemente está nos principais papéis das novelas em horário nobre na emissora líder de audiência, a TV Mundial. Tem uma história conturbada com Augusto. Eles têm um filho em comum, o Gabriel.
  • Augusto Madeira interpreta Vasconcelos: Operador de câmera do Programa do Bingo. Torna-se amigo de Augusto e parceiro frequente em casas noturnas.
  • Pedro Bial interpreta Armando: Executivo da TV Mundial, critico em relação aos atores que participam da novela da emissora, e recusa dar papéis a Augusto.
  • Soren Hellerup interpreta Peter Olsen: Criador original do palhaço Bingo nos Estados Unidos, que veio ao Brasil para se certificar que seu personagem seguiria a mesma linha criativa na TVP. É inspirado no estadunidense Larry Harmon.
  • Ricardo Ciciliano interpreta Cláudio Ricardo: Um dos executivos da TV Mundial.
  • Domingos Montagner interpreta Aparício: Palhaço de circo que dá aulas particulares de palhaço para Augusto Mendes. Na vida real, o ator Domingos Montagner começou sua carreira no circo. 

Três anúncios para um crime (2017)

DOWNLOAD MEGA / 1FICHIER

O cineasta inglês Martin McDonagh é da mesma linhagem de filmes de Tarantino, Irmãos Coen e Guy Ritchie: são filmes que possuem personagens psicóticos, violentos, geralmente morando em um ambiente opressor e que estão em busca de vingança. Ah sim, não podemos esquecer da cultura pop, que é fundamental para os seus filmes. Ou você acha normal um policial truculento ouvir "Chiquitita" de Abba, dançar e achar isso normal? Martin McDonagh. dirigiu os excelentes "Na mira do chefe" e "Sete Psicopatas e um Shih Tzu". Agora, com "Três anúncios para um crime", ele atinge o seu ápice. Seu roteiro é extraordinário, o Elenco, como um todo, está muito foda e a direção, não menos que brilhante, O filme tem pelo menos 2 cenas antológicas, verdadeiras aulas de cinema: o plano sequência do Policial Dixon (Sam Rockwell, soberbo) quebrando tudo numa sala de anúncios de classificados, e a cena do incêndio. O filme alterna momentos de tensão, drama e comédia de humor negro, Típico dos irmãos Coen, mas quem viu os outros filmes de Martin McDonagh. sabe que ele sempre foi assim, e o seu humor esta próximo ao inglês. Mildred (Frances McDormand) é uma mulher em busca de vingança. Sua filha foi estuprada e assassinada, e ela culpa a polícia local de sua cidade de não avançar no caso. Ela resolve então alugar 3 anúncios na estrada, e isso faz o caso voltar à tona, incomodando a todos na cidade. É um deleite assistir tantos atores foda dando tudo de si em interpretações vibrantes. Além de Frances e de Sam Rockwell, temos Woody Harrelson, sensacional, e os jovens Lucas Hedges (de "Manchester à beira mar" e "Ladybird") e Caleb Landry Jones. Ah, e quem atua na cena de Chiquitita" é Sam Rockwell, fenomenal.

DUNKIRK (2017)

DOWNLOAD FILEFACTORY / MEGA / DriveGoogle

Os alemães empurram o exército aliado para a praia de Dunquerque, cidade francesa na fronteira com a Bélgica. Ali, planejam arrasar franceses e britânicos enquanto estes aguardam quem possa resgatá-los. 

O Sacrifício do cervo sagrado (2017)

DOWNLOAD DRIVEGOOGLE / 1FICHIER

Premiado em Cannes 2017 com a Palma de Ouro de melhor roteiro, co-escrito pelo Cineasta grego Yorgos Lanthimos, o filme protagonizado pelos astros Nicole Kidman e Colin Farrell expõe o lado mais negro do ser humano. O cinema de Yorgos Lanthimos não é para qualquer um: uma espécie de Michael Henecke da Grécia, Lanthimos , em seus filmes "Alpes", "Dentes caninos", "O lagosta" traduz o horror da humanidade. Capazes de atos violentos, os personagens de todos os seus filmes matam sem compaixão. Não expressam sentimentos: são frios. Levando ao pé da letra a escola de Robert Bresson, os seus Atores agem como modelos robóticos, proferindo as falas de forma monótono, sem vida. Isso confere aos filmes um tom aterrorizante, angustiante e desesperador. Kidman e Ferrell repetem a dupla que fizeram em "O estranho que nós amamos", de Sophia Coppola, exibido na mesma edição do festival de Cannes. "O sacrifício do cervo sagrado" é um filme com forte simbologia religiosa. Logo de cara, conhecemos Martin (Barry Keoghan, de "Dunkirk"), um adolescente. Ele mantém uma estranha relação com o cardiologista renomado Stephen (Colin Farrell). Tudo leva a crer ser uma relação pedófila. Stephen é casado com Anne (Kidman) e pai de dois filhos, os adolescentes Bob e Kim. Mas a história toma rumos inesperados, tornando a trajetória dos personagens em uma corrente de violência e terror sem fim. Com uma trilha sonora aterrorizante repleta de metais que lembram os acordes de "O iluminado", o filme investe no terror psicológico e no realismo fantástico. Não dá para falar muito para não estragar a surpresa. O que posso dizer é que o filme toma uma dimensão bizarra e tensa. Incrível como um elenco de porte como Farrel e Kidman se expuseram em cenas viscerais. Por outro lado, existe uma cena antológica da Ex-Patricinha de Beverly Hills Alicia Silverstone, como a mãe de Martin, tentando seduzir Stephen. Yorgos faz um Cinema inteligente, adulto e provocador, infelizmente para poucos.

O terceiro assassinato (2017)

Download Ulozto / 1Fichier

Kore Eda é um dos cineastas japoneses mais festejados no Cinema contemporâneo. Diversas vezes premiado em Cannes, Kore Eda normalmente tem como tema principal em seus filmes, a relação entre familiares e a solidão e o isolamento social. Em "O terceiro assassinato", que concorreu em Veneza 2017, ele muda o gênero do filme, mas mantém a família como centro de tudo. Suspense de tribunal, o filme conduz o espectador o tempo todo em uma única questão: Misumi de fato, assassinou o seu patrão? Mas o prólogo, que o mostra matando à sangue frio? Será que aquela cena não existe, faz parte do imaginário de alguém? O filme é repleto de truques de narrativa, e mais, o roteiro aponta para diversos pontos de vista do depoimento de Misumi, que há 30 anos atrás, já havia sido preso pelo assassinato de 2 agiotas da Yakuza. O seu advogado de defesa, Shigemori ( Masaharu Fukuyama, protagonista de "Pais e filhos", filme que Kore Eda ganhou o Grande prêmio do juri em Cannes 2013) procura defender o seu cliente, que assume a autoria do crime. Em determinando momento o advogado pergunta: "Porque eu aceitei esse caso?" O filme é bastante complexo, e com certeza, muita gente vai sair do filme meio puto. Mas provável que Kore Eda, que também assinou o roteiro, não queira expor tanto o que de fato aconteceu na noite do assassinato, mas sim, expor as fraquezas da justiça penal japonesa, que deliberadamente leva à pena de morte acusados sem ao menos fazer um levantamento maior das pistas. O que é mentira? O que é verdade? O filme é a própria metáfora dessa dicotomia. Imperdível para estudantes de direito .

INVISÍVEL (2017)

DOWNLOAD Partes 01 / 02 / Uptobox

Co-escrito e dirigido pelo mesmo Cineasta argentino Pablo Giorgelli do ótimo drama "As acácias", "Invisível" acompanha o dilema moral de Ely: adolescente de 16 anos, morando com sua mãe depressiva que não sai de casa. De classe média baixa, Ely estuda mas não sente nenhuma simpatia pela escola e estudos; trabalha em uma clínica veterinária e tem como amante o filho do dono, de quem engravida. Ely se apavora e resolve fazer o aborto, que é proibido na Argentina. O tema do aborto já rendeu grandes filmes, entre eles: "4 meses, 3 semanas, 2 dias", o curta nacional "A passagem do cometa", o ucraniano "A gangue". O curioso é que o filme foi lançado em 2017, e em 2018, a Argentina deu um grande passo a favor da legalização do aborto, tendo sido aprovado em primeira instância pelos deputados, e agora cabendo a decisão pela câmera do Senado. O filme tem interpretações naturalistas, e poderia ter tido a assinatura dos irmãos Dardenne, que apontam sua câmera documental sobre a protagonista, seguindo ela para todos os lugares, íntima. Um filme humanista, "Invisível" prefere não apontar uma ideologia, apesar da decisão final da protagonista. O filme critica a indústria do aborto clandestino (a cena da médica contando o dinheiro é de uma frieza arrebatadora) e o Governo argentino, que proíbe terminantemente o aborto. Bela atuação de Mora Arenillas no papel principal. O filme competiu em Veneza.

 

UM HOMEM ÍNTEGRO (2017)

DOWNLOAD FILEFACTORY

Escrito e dirigido pelo iraniano Mohammad Rasoulof, "Um homem íntegro" é um angustiante drama sobre um homem honesto e que a todo custo, procura não se corromper com a sociedade e com a justiça, até o limite de suas condições físicas e psicológicas para manter a união de sua família. Vencedor do prêmio de Melhor filme da Mostra "Um certo olhar", do Festival de Cannes 2018, o filme é uma espécie e parábola sobre o bem e o mal. Defendido com garra por uma dupla de atores fantásticos, interpretando o casal Reza e Habis, o filme nos apresenta a um ex-professor universitário, que perdeu sem emprego por reclamar da comida da fábrica, e sua esposa Habis, diretora de uma escola pública. Reza mantém um criadouro de peixes dourados para poder revende-los. Quando a água é cortada pelo seu vizinho corrupto Abbas, botando em risco os peixes, Reza passa a viver um jogo de gato e rato que o coloca em situação arriscada. Resta à sua esposa tentar manter a honra da família. Com ótima direção, o filme aborda temas como corrupção, crítica ao sistema social e educacional e conflito religioso. A cena da revoada de pássaros é antológica e tensa, fiquei com o coração apertado.

Resultado de imagem para pendular nudeResultado de imagem para pendular raquel karro nude

PENDULAR (2017)

DOWNLOAD 1FICHIER

Direção: Júlia Murat

Coincidentemente, 3 filmes que estão no circuito possuem elementos em comum: além de "Pendular", "Mãe!", de Daren Aranofsky e "Como nossos pais" de Lais Bodansky falam sobre relacionamentos em crise, maternidade e Arte como símbolo e metáfora da própria vida irregular. Maria Ribeiro é design, Karen Ferro é dançarina e Jeniffer Lawrence é arquiteta e pintora de ambientes. Elas têm personalidade forte, mas questionam os atos de seus maridos que possuem desejos que não combinam com os seus. Desconfiança, ciúmes, ruptura. Como lidar com o outro? No caso dos filmes de Julia e Aranofsky as semelhanças são mais nítidas; o homem impõe um limite geográfico: daqui você não passa. Javier Barden tem uma sala privativa onde a mulher não entra. Rodrigo Bolzam divide o espaço onde trabalha e mora com a mulher com uma fita marcando território no chão. Ele é escultor e artista plástico. Ela é dançarina. Eles alugam um galpão localizado em um lugar ermo, que os amigos que visitam dizem ser perigoso. Mas a questão que o filme propõe é: o medo vem da geografia do bairro ou pelo isolamento do casal? Entre desejos e sonhos que são revelados e às vezes destruídos, o filme fala sobre Amor que sobrevive ao caos. Caos criativo, caos da intimidade. Em uma cena muito simbólica, é a mulher quem "penetra" o homem. Aliás, as cenas de sexo são bem viscerais, quase explícitas, em vela entrega do casal de atores. O elenco de apoio tem belas participações, e a trilha sonora e a fotografia corroboram no sentido artístico e autoral da proposta do filme.

 

CORRA! (2017)

Download MEGA

Filme de estréia do Cineasta Jordan Peele, é, mal comparando, o "Moonlight" dos filmes de terror. Explico: produção independente que rendeu bastante nas bilheterias, aclamado pela crítica, escrito e dirigido por um jovem cineasta negro e que toca no tema do preconceito racial de forma explosiva. Dificilmente esse filme poderia ter sido filmado por um Cineasta branco, pois com certeza teria sido acusado de racismo. Sério, seu tema é totalmente polêmico. Chris (Daniel Kaluuya, excelente) é um jovem negro que namora uma mulher branca, Rose. Rose quer levar Chris para conhecer os seus pais, mas Chris teme o fato deles não saberem que ele é negro. Ao chegar numa distante cidade provinciana, onde moram os pais de Rose, Chris estranha de cara a família, composta pelos pais e um irmão, todos sinistros (Catherine Keener interpreta a mãe, diabólica). Para sua surpresa, todos o tratam bem. Os caseiros da casa são negros e agem de forma estranha. No dia seguinte, chegam os convidados de uma festa da família, e são todos negros. Chris resolve investigar suas suspeitas, e adentra em um mundo surreal onde nada é o que parece ser. Um roteiro repleto de reviravoltas, totalmente à moda Shayamalan. "Corra!" foi uma das grandes sensações em Sundance desse ano de 2017, e fez uma bilheteria de quase 180 milhões de dólares, a um custo de 5 milhões. Com um elenco sintonizado com a proposta do filme e uma trama mirabolante que remete a filmes de terror dos anos 80. "Corra!" (Get up, no original) surpreende o tempo todo. O suspense é baixos teores, mas sempre instigante. A parte final vira uma verdadeira catarse, e o filme ainda consegue fazer divertir através do personagem de Rod, amigo policial de Chris, que tem ótimas tiradas.

Ver a imagem de origem

Em ritmo de fuga (2017)

MEGA / DriveGoogle

Todo ano, um filme se torna cult. 2017 com certeza é o ano de "Baby driver", dirigido pelo inglês Edgar Wright, de "Shaun of the dead' e "Scott Pilgrimm", igualmente pop e cults. "Em ritmo de fuga" chupa referências cinéfilas de todos aqueles filmes e diretores bacanas que a gente curte: Nicolas Winding Refgn (e seu mitológico "Drive"), Guy Ritchie, Danny Boyle, Tarantino e claro, trazendo no visual muito neon e cores fortes, que lembram os anos 80, super em moda hoje em dia. Ansel Elgort, no papel de Baby, está tão cool como Ryan Gosling em "Drive", sempre andando com sua jaquetinha bicolor e seu fone de ouvido. Ele é um motorista contratado pelo bandidão Doc (Kevin Spacey), que contrata mercenários para fazerem assaltos em bancos e afins. Entre os capangas, estão Buddy (Joe Hamm), Bats (Jamie Foxx), Eddie (Flea, baterista do Red Hot Chilly Peppers) e a bandidona mor Darling (Eiza González). No meio disso tudo, Baby se apaixona pela garçonete Debora (Lily James). Prefiro pensar que o filme é uma homenagem explícita a "Drive", pois os protagonistas, Ryan Gosling e Carey Mullighan, também eram motorista e garçonete, e tudo girava por carros, assaltos e neons. As cenas de ação são muito bem dirigidas, e do meio pro fim o filme ganha mais ritmo. Não sei se achei o filme longo, pois a primeira parte achei arrastada, mas no geral é um filme muito bacana, hiper descolado, com uma trilha sonora incrível. A montagem é muito criativa, repleta de Match cuts, e a fotografia homenageia os cinemas de ação dos anos 80. Elenco de primeiríssima, e com certeza, a carreira de Ansel Elgort agora vai ser de primeiro escalão.

 Resultado de imagem para a forma da água filme downloadResultado de imagem para The shape of water gif

A FORMA DA ÁGUA (2017)

Download MEGA / DriveGoogle

O Cineasta mexicano Guillermo Del Toro é um dos grandes responsáveis por fazer toda uma geração se apaixonar por filmes de monstros e de fantasia, posto que por um bom tempo ficou reservado para Tim Burton. Consagrado em filmes anteriores como "A espinha do diabo" e "O labirinto do fauno", Del Toro apresenta para os espectadores um de seus filmes mais brilhantes e apaixonantes. Repleto de um tom de conto de fadas macabro, "A forma da água" traz de volta o tema da Guerra fria, por um bom tempo esquecido por Hollywood. Nos anos 60, uma faxineira muda, Elisa (Sally Hawkins), mora sozinha em um pequeno apartamento que fica em cima de uma sala de cinema decadente. Ela mantém a mesma rotina diária: se masturba na banheira, come ovos cozidos, cuida de seu vizinho também solitário e gay, Giles (Richard Jenkins), pega um ônibus e vai trabalhar em uma base militar fazendo faxinas. Zelda (Octavia Spencer) é sua melhor amiga no trabalho. Um dia, uma enorme cápsula chega na base, trazida por Strickland (Michael Shannon). Elisa descobre que nela se encontra um ser meio anfíbio meio humano. O ser é usado como experimento científico pelos americanos, que querem avaliar se ela pode trazer informações para usar contra os russos. Elisa se afeiçoa pelo ser e quer de qualquer jeito, tirá-lo de lá. Grande vencedor de Veneza 2017, levando 4 prêmios, entre eles, de melhor filme e melhor trilha sonora, o filme chama atenção por todos os seus quesitos técnicos: Fotografia magistral de Dan Laustsen (que também fotografou o filme anterior de Del Toro, "A colina escarlate"), trilha sonora do Mestre Alexander Desplat, Direção de arte e figurinos impecáveis, um roteiro criativo e emocionante de Del Toro e Vanessa Taylor e claro, um trabalho antológico de todo o elenco. Sally Hawkins bota pra quebrar no papel de uma surda, se comunicando apenas por sinais. Seus olhares são absolutamente geniais. Michael Shannon interpreta um maravilhoso vilão, daqueles que a gente fica com ódio. Richard Jenkins traz humanidade ao seu maravilhoso Giles; Michael Stuhlbarg (de "Um homem sério", dos irmãos Coen) também rouba cena como um cientista de dupla nacionalidade. E para finalizar, Octavia Spencer, apaixonante como a doce e vibrante Zelda. A gente torce, se emociona, se encanta, ri, e quase chora nessa pequena obra-prima que mistura gêneros como drama, comédia, fantasia, musical, aventura e ficção científica. Ah sim, e porque não, um romance erótico? O filme tem uma cena antológica de sexo debaixo da água, numa banheira. Muita poesia. Impossível não se apaixonar pelos protagonistas, e o final, de arrasar quarteirões.

Resultado de imagem para entre pedaços filme download

EM PEDAÇOS (2017)

DOWNLOAD MEGA

Diretor de ascendência turca, o cineasta alemão Fatih Akin novamente aponta a sua câmera para o tema da intolerância contra os turcos na Alemanha, pegando o gancho da imigração na Europa. Vencedor da Palma de Ouro de Melhor atriz em 2017, para o excepcional trabalho de Dianne Krueger, o filme deixa o espectador sem fôlego, tenso, se sentindo totalmente "em pedaços", como sugere o titulo em português. Dianne interpreta Katja, casada com o turco Nuri, ex-traficante, e pais do pequeno Rocco. Um dia, ao voltar para casa, Katja descobre que a loja da família foi destruída numa explosão, e que seu marido e filho morreram. Ela agora junta forças para entender a razão do atentado, e punir os culpados. O filme é dividido em 3 partes: Família, Justiça e Mar. Em Família, testemunhamos o atentado e a consequência para Katja e sua família. Em justiça, acompanhamos uma sentença em um tribunal, filmado de forma exemplar e tensa, com atores muito fodas nos papéis de advogados. E em Mar, o filme se transporta para a Grécia, porta de entrada de boa parte dos imigrantes na Europa. Esse é daqueles filmes que continuam na nossa mente por muito tempo. O desfecho do filme é totalmente arrebatador. A direção de Fatih Akin, que também assina o roteiro, é bastante segura e dinâmica, deixando o espectador tenso o tempo todo. O roteiro é bastante polêmico, principalmente pelo seu desfecho. Imperdível e que merece ser discutido em rodas de cinéfilos.

 Resultado de imagem para terra selvagem 2017

TERRA SELVAGEM (2017)

Download MEGA

Taylor Sheridan é um famoso roteirista (escreveu o premiado "A qualquer custo", de David Mackenzie) e em "Terra selvagem", escreveu o roteiro e dirigiu. Ganhou o Prêmio em Cannes 2017 de Melhor Diretor na Mostra paralela Um certo olhar. Ambientado na Reserva indígena de Wind River, na região gelada de Wyoming, o filme acompanha o protagonista Cory (Jeremy Renner), um caçador de animais predadores. Ele encontra o corpo de uma jovem indígena, que morreu congelada após fugir de seus algozes. Uma agente do FBI, Jane (Elizabeth Olsen) chega para desvendar o crime, mas pede ajuda a Cory. Juntos, descobrem que mais jovens indígenas foram dadas como desaparecidas e sem ter os crimes resolvidos. O filme no desfecho faz uma denúncia contra o desaparecimento de mulheres indígenas. Mesclando os gêneros drama, policial e suspense, "Terra selvagem" deixa o espectador angustiado com os crimes bárbaros que acontecem secretamente na região. Muito bem dirigido, com um ritmo lento mas sempre instigante, o filme tem ótimas performances de todo o elenco, incluindo os atores indígenas. A parte final é arrepiante, com ótimas cenas de ação dramática. Além de trazer à tona os crimes contra os índios, o filme também discute o machismo, através da ótima personagem da agente do FBI, defendido com garra por Elisabeth Olsen.

O INSULTO (2017)

DOWNLOAD MEGA /  GoogleDrive

Representante do Líbano no Oscar de filme estrangeiro 2018, o libanês "O insulto", co-escrito e Dirigido por Ziad Doueiri, é um Cinema humanista, na tradição de "Promessas de um novo mundo", documentário que marcou época em 2001, que apresentava depoimentos de crianças israelenses e palestinas acerca do conflito entre as duas populações. "O insulto" parte de uma premissa muito interessante: como uma simples ofensa entre 2 homens, pode tomar dimensões épicas e movimentar um País inteiro? O Líbano é um país que sofreu imigração de refugiados da Palestina, e a maioria se encontra em situação irregular. Os libaneses não encaram com bons olhos essa invasão palestina, pro motivos culturais, sociais e religiosos. Tony Hanna (Adel Karam intenso, excelente) é dono de uma oficina mecânica e casado com Shirine, grávida de 8 meses. Um dia, uma equipe da prefeitura, liderado pelo palestino Yasser (Kamel El Basha, brilhante e Vencedor do Premio de Melhor ator em Veneza 2017) está fazendo obras na rua onde mora Tony, quando são molhados pela calha de Tony, que estava aguando suas plantas na varanda. Aí começa um estopim: Tony agride verbalmente Yasser, que o insulta. Tony resolve processar Yasser porque ele nao aceita pedir desculpas. E daí em diante, tudo vai se tornando numa enorme bola de neve. Esse filme tem tudo a ver com o momento que estamos vivendo no Brasil e no mundo: polarização, ofensas gratuitas, preconceito em todos os níveis. Com um roteiro inquietante, o filme tem atuações excepcionais de todo o elenco, e também, uma edição dinâmica, que mantém o interesse do espectador, mesmo em inúmeras cenas de tribunais. A cena onde os dois personagens saem do tribunal e pegam seus carros, é de doer o coração.

Resultado de imagem para água, por favor curta metragem alfabetacine

ÁGUA, POR FAVOR (2017)

ASSISTA ONLINE

Baseado no Livro de João 4.5-19, o curta-metragem traz à tona dramas familiares vivenciados por Samarina. A personagem, já cansada de compactuar diversos casamentos falidos, vive no atual casamento a condição dramática de sofrer a violência doméstica. O processo de desfalecimento do casamento acontece ao lembrar das vezes em que lhe foi oferecido a fonte da vida, por andarilhos que persistiam bater à sua porta.

Resultado de imagem para entre irmãs filme

Entre Irmãs (2017)

Download MEGA

Adaptação do livro "A Costureira e o Cangaceiro", da escritora de Recife Frances de Pontes Peebles, é um épico melodramático dirigido pelo mesmo realizador de "Dois filhos de Francisco" e "À beira da estrada". Em todos os filmes de Breno Silveira, existe uma presença forte da trilha sonora em quase toda a narrativa, e também, destaque para uma fotografia vibrante e poética, privilegiada quase sempre por belos planos de entardecer, sua marca registrada. Com fortes protagonistas, o filme discute temas atuais como machismo, homossexualismo, luta de classes, porém ambientado no ano de 1930, em pleno Governo Vargas, que pregava sua ira contra os Cangaceiros. Na cidade de Taquaritinga do Norte, no sertão de Pernambuco, vivem as 2 irmãs, Luiza (Nanda Costa) e Emília (Marjorie Estiano). Pobres e órfãs, elas moram com a tia Sofia, que lhes ensina o ofício da costura. Durante uma brincadeira, Luiza cai da árvore e fica com o braço atrofiado. Ela se torna amargurada, enquanto que Emília sonha com um casamento perfeito. Crescidas, elas continuam a luta diária, quando cangaceiros surgem na região e sequestram Luiza, para que ela seja a costureira do grupo. A tia morre de sofrimento, e Emília acaba se casando com Diego (Rômulo Estrela), filho do homem mais rico da cidade grande. No entanto, Emília sofre com o casamento: sua sogra lhe cobra etiqueta, e ela descobre que Diego tem um segredo: é apaixonado por Felipe, um ativista contra o Governo de Vargas. Com uma duração excessiva de 160 minutos, explicado pelo fato do filme ter virado uma minissérie na Globo, "Entre irmãs" tem muitos personagens e tramas paralelas, que poderiam ter sido limadas da versão para o cinema. O que pesa em seu favor, é o excelente trabalho do elenco, em especial, Nanda Costa, Marjorie Estiano e Júlio Machado, no papel do cangaceiro Carcará, além da participação de Letícia Colin, e um personagem solar. A curiosidade foi que durante o tempo todo, me lembrava do filme "A cor púrpura", de Spielberg, por conta de algumas similaridades na trama. 

 

Confronto no Pavilhão 99 - 2017

Download MEGA

Bradley Thomas é um ex-boxeador que perde o emprego como mecânico e resolve trabalhar, contra a vontade, como entregador de drogas, unicamente para dar uma vida melhor à esposa que está grávida do seu primeiro filho. Depois de uma entrega de rotina sair terrivelmente errado, Bradley é preso e mergulha num inferno de extrema violência.

 

A VILÃ (2017)

Download MEGA

Absolutamente chocado com as cenas de ação desse filme sul-coreano, exibido fora de Competição no Festival de Cannes 2017 e ovacionado por todo canto. A Coréia do Sul tem uma filmografia repleta de filmes sobre vingança (entre eles, a trilogia cult "Oldboy" de Park Chow Woo), e o filme co-escrito e dirigido por Jung Byung-gil não esconde essa referência. Mas é óbvio que ele buscou também todas as protagonistas femininas sedentas de sangue, em filmes como "Kill Bill", "Snowblood" e "Nikita". Sook-Hee (Kim Ok Bin, fenomenal, de "Sede de sangue", de Park Chow Woo) é uma máquina de matar. Quando criança, ela testemunhou seu pai ser assassinado por alguém que ela não consegue reconhecer. Ela é recrutada por uma organização governamental que treina assassinas para executar missões. Grande, ela acaba se apaixonando pelo seu Mestre, e jurando encontrar e matar o assassino de seu pai. A cena inicial já é de cair o queixo: são mais de 10 minutos ininterruptos onde Sook He sozinha mata mais de uma centena de assassinos dentro de um galpão, de fazer a clássica cena de "Oldboy" no corredor virar desenho da Disney. As cenas de perseguição também são muito fodas, inacreditáveis onde o Diretor coloca a sua câmera, principalmente em uma cena de perseguição de motos. Difícil dizer qual cena é a mais mirabolante. Os sul coreanos, de verdade, estão ficando mais criativos do que os americanos no quesito filme de ação. Outro ponto forte do filme é o elenco, repleto de tipos ambíguos em suas personalidades. O roteiro é que acaba ficando bastante confuso, com muitos vai e vens na trama, em flashbacks que confundem bastante o espectador, pois o mesmo personagem apresenta caracterização diferente, daí até a gente relacionar determinado personagem a um outro do passado, já perdemos bastante informação. Mas esse é um filme tão porrada, que esses deslizes de roteiro acabam se esvaindo, pois a nossa mente acaba ficando focada na pirotecnia. Filmaço!!! e Imperdível!!!

MEMÓRIA DE UM ASSASSINO (2017)

Download MEGA

Adaptação do livro de Kim Young-ha, "A memória de um assassino" é um interessante thriller de suspense, que parte de uma ótima premissa: Byung-su, um serial killer que sofre de Mal de Alzheimer, está há 17 anos sem matar e esqueceu de seu passado como assassino. Ele cuida de sua filha, e começa a suspeitar de que o novo namorado dela, um policial, é um serial killer que anda matando garotas na região. Mas as memórias traem Byung-su: será ele mesmo esse assassino, ou de verdade, existe um novo serial killer, e ele deve proteger sua filha de ser a próxima vítima? O filme tem alguns twists, mas a do desfecho me confundiu bastante. De qualquer forma, o filme tem ótimas cenas de ação (a cena do acidente de carro é muito bem realizada) e os atores estão ótimos, com destaque para Kyung-gu Sol, no papel difícil de Byung-su. Vale assistir e se divertir com esse ótimo passatempo.

 

Resultado de imagem para libertos o preço da vida

LIBERTOS, O PREÇO DA VIDA (2017)

DOWNLOAD / Assista Online

Emanuel (André Ramiro), um médico voluntário, dedica todo o seu conhecimento prestando os seus serviços ao povo ribeirinho de uma distante região da Amazônia, onde atende também diversas tribos da região, tudo por vontade própria. O problema é que ele passa a ser um potencial obstáculo para a ação de uma perigosa quadrilha especializada no tráfico humano, acostumada a tratar aquele povo como mercadoria.

Resultado de imagem para joaquim filme 2017

Joaquim (2017)

Download DriveGoogle / MEGA

Todo mundo sabe que "Joaquim" foi o filme brasileiro que competiu no Festival de Berlin 2017. Todo mundo também sabe que o filme narra a trajetória de Joaquim José da Silva Xavier, dentista e alferes, a serviço do Governo de Portugal, tudo antes de ter se rebelado e se unido aos Inconfidentes em Minas Gerais. A história acontece no final do Séc XVIII, e já começa com a narração de José da Silva Xavier, Tiradentes, morto, dizendo que ele foi o único sacrificado, decapitado e esquartejado do grupo. Com esse grande lamento, e o peso de ter se tornado mártir, o filme começa. Mostra um homem comum, que é amante de uma escrava, cobiça o ouro dos garimpos e de certa forma, mau caráter. Mas tudo muda quando ele é sequestrado por escravos fugitivos de um quilombo e toma a dimensão da importância do engajamento contra a corrupção e a ladroagem. Não, o filme não se passa em pleno Séc XXI. Como falei, acontece no fim do Séc XVIII. Mas é justamente essa a proposta de Marcelo Gomes. Mostrar que o Brasil continua o mesmo, e é preciso que as minorias (negras, indígenas, o povo) se rebelem contra o sistemas corrupto que se instalou no País. Dando voz e corpo a Tiradentes, Júlio Machado tem uma performance monstruosa, visceral. O roteiro tem um vocabulário adaptado aos dias de hoje, para não provocar estranhamento no espectador. Caralho, filho da puta, todos os palavrões modernos são ditos ad infinitum pelos personagens. A fotografia de Pierre de Kerchove é linda, valorizando as paisagens deslumbrantes. O único senão é o ritmo extremamente lento do filme, que dificulta um melhor acompanhamento da história.

Dirigido por Marcelo Gomes

Elenco

  • Julio Machado
  • Isabél Zuaa
  • Nuno Lopes
  • Rômulo Braga
  • Welket Bungué
  • Karay Rya Pua

 

Resultado de imagem para CURTA-METRAGEM: O BEIJO NO ASFALTO

 O BEIJO NO ASFALTO (2017)

Assista Online

Direção: Caroline Pereira

Elenco

Arandir: Matheus de Souza

Aprígio: Daniel Bisogni

Delegado Cunha: Ari Willians

Amado : Thiago Henrique

Selminha: Giovanna Albachiari

Dália: Bella Santos

Detetive Aruba: Kleber Brianez

Werneck: Gustavo Muneratto

Resultado de imagem para peça palácio dos urubus teatro

O PALÁCIO DOS URUBUS (2017)

ASSISTA ONLINE

Sabrina Greve nude - Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nos Dois (2015)Sabrina Greve nude - Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nos Dois (2015)Sabrina Greve nude - Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nos Dois (2015)

Clarisse ou alguma coisa entre nós dois (2017)

Assista Online

Download MEGA / 4Shared / GoogleDrive

Vencedor de vários prêmios em Festivais independentes, entre eles o de Melhor Filme no Festicini e no Cine Fantasy 2016, esse terceiro longa do cineasta cearense Petrus Cariry é um filme repleto de simbolismos. Clarisse (Sabrina Greve, totalmente entregue a uma performance visceral) é casada com um empresário estrangeiro e mãe de uma filha. O marido trabalha para o pai de Clarisse, dono de uma empreiteira. Frígida e depressiva, Clarisse vai passar um tempo com o seu pai (Everaldo Pontes), que mora no interior do Ceará, em um sítio dentro de uma floresta densa. Chegando lá, ela descobre segredos do passado tenebroso da família, que envolve a morte de seu irmão e a de sua mãe, que morreu com grave doença. Seu pai está moribundo, e Clarisse entende que está na hora de agir. O filme tem um excelente trabalho técnico: fotografia claustrofóbica e uma edição de som que provoca sensações de estranheza e de tensão. Fiquei tentando achar sentidos lógicos para a história, mas em determinado momento desisti e resolvi me entregar às sensações que o filme provoca, tanto em cenas simbólicas e metafóricas, quanto nas imagens belamente construídas. A cena do vagalume destôa pelo seu lirismo e fantasia, enquanto o restante do filme se entrega a um jogo de sexo violento e ao terror psicológico. Com certeza, "Repulsa ao sexo" deve ter sido uma grande fonte de inspiração, com Sabrina Greve fazendo uma referência ao personagem de Catherine Deneuve, igualmente frígida e assustada com o universo masculino. O desfecho me remeteu a uma fantasia feminista sobre poder, mas não tenho certeza se a visão foi essa mesma. Mas como é um filme livre de interpretações, me apeguei a ele.

Baronesa (2017)

Download MEGA / GoogleDrive

Premiado documentário dirigido e escrito por Juliana Antunes, é uma produção mineira toda rodada em Belo Horizonte, mais precisamente, na comunidade de Vila Mariquinhas, periferia da Capital. O filme, com um olhar totalmente feminino (o filme tem uma equipe quase toda de mulheres), foca sua câmera em 2 protagonistas: as amigas e moradoras Andréia e Leidiane. Assim como qualquer morador de comunidade, as duas já se acostumaram a todas as barbaridades: tiroteio, tráfico de drogas, violência doméstica, assédio, brigas, desemprego, etc. Mesmo assim, no bate papo descontraído das duas, elas procuram encontrar um fiapo de motivação para continuarem vivendo e batalhando seu dia a dia: os filhos, os bailes, o sexo, os amigos, as drogas (tem uma impressionante cena onde uma delas cheira de forma totalmente espontânea uma carreira de cocaína, junto de um amigo, sem qualquer tipo de preocupação de estarem sendo filmados). Lá na parte final, durante uma conversa, elas presenciam um tiroteio: o câmera se esconde, mas para elas, é apenas mais um dia. É um filme que não pode ser visto como um documentário etnográfico sobre moradores de comunidade. Existe um propósito para ele: acompanhar seres humanos no limite da sobrevivência e da dignidade, e que não perdem jamais a sua esperança de uma vida melhor. Andreia almeja se mudar pro bairro vizinho, Baronesa, mas lhe falta dinheiro. Um filme digno, que merece ser visto e discutido.

ALGUMA COISA ASSIM (2017)

Assista Online

Download MEGA / 4Shared / GoogleDrive

Eu sou um grande apaixonado pelo premiado curta homônimo que deu origem a esse longa. Exibido em 2006, o filme, ambientado em São Paulo, mostrava a amizade entre Mari (Carol Abras) e Caio (André Antunes). Mari sente paixão platônica por Caio, mas ele, ao se declarar gay, frustra a expectativa da amiga. O filme lidava lindamente com a questão do amadurecimento dos pós-adolescentes, de forma extremamente delicada e sutil. 12 anos depois, Esmir Filho e Mariana Bastos lançam o filme com os mesmos personagens, e tratam do difícil tema da aceitação de ser adulto. Agora já com quase 30 anos, os personagens já possuem outros itens incorporados ao seu dia a dia: aborto, casamento, separação, falta de moradia, busca de emprego, enfim, encontrar o seu lugar no mundo. E sim, Mari continua apaixonada por Caio. O filme acontece em 3 tempos distintos, editados de forma inteligente: 2006, usando cenas do curta; 2013, apresentando o casamento de Caio com seu marido e Mari como madrinha; e 2016, com Mari morando em Berlin e trabalhando como corretora de imóveis, e Caio indo para a capital alemã para fazer uma pesquisa sobre embriões e já divorciado. Nesse reencontro, antigas e novas rusgas da relação mal resolvida vêm à tona. Com bela fotografia e trilha sonora melancólica, o filme talvez frustre um pouco quem é fã do curta: os personagens deram lugar a uma Mari triste, e a um Caio sofrido. Saí do filme pensando o quanto é chato envelhecer, assumir responsabilidades. Talvez por isso eu seja tão apaixonado pelo curta, que apresenta um mundo idealizado e apaixonante.

Resultado de imagem para o nó do diabo download

O nó do Diabo (2017)

Download MEGA / GoogleDrive / 4Shared

Filme de terror brasileiro que conseguiu o feito de ter sido selecionado para a Competição principal do prestigiado Festival de Brasilia em 2017, "O Nó do Diabo" se apropria do gênero para fazer uma metáfora da situação político-social brasileira dos dias recentes. Racismo, escravidão, luta de classes sociais, machismo, intolerância. O filme percorre 200 anos da história do Brasil, em 5 episódios independentes mas interligados por todos esses temas e por um personagem: Fernando Teixeira, que em todos os curtas representa o papel do Senhor do Engenho. O filme retrocede no tempo, como se dissesse que o País também retrocede na sua história: começa em 2018, segue para 1987, 1921, 1871 e termina em 1818, todos ambientados na Paraíba, na mesma Fazenda de Engenho, onde havia um cemitério de escravos. O filme se apropria da estética trash de filmes de terror dos anos 70 e 80, com muito sangue, gore e vísceras. Difícil não se lembrar das produções de Lamberto Bava e Lucio Fulcci. O filme é prejudicado pela sua longa duração (126 minutos) e pela total irregularidade na qualidade dos episódios. Os melhores são o do casal que pede emprego e o das irmãs escravas. Os outros são problemáticos no quesito Direção, elenco irregular e efeitos. O quarto episódio deveria ter sido cortado na edição, sua história pouco acrescenta e tem um ritmo muito arrastado, além de ter uma linguagem totalmente destoante dos demais. De qualquer forma, é bastante louvável a realização de um filme de gênero no Brasil, mas acho difícil ele ser um projeto que irá conquistar um grande público. No elenco, nomes como Zezé Motta e Everaldo Pontes dão peso a um enorme quadro de personagens.

TUNGSTÊNIO (2017)

 Download MEGA / 1Fichier / MediaFire

SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Adaptação cinematográfica da premiada Graphic novel de Marcello Quintanilha, e dirigida pelo mesmo cineasta de "O cheiro do ralo", "À deriva" e "Serra pelada". Tungstênio é um dos metais que compõe material para o explosivo, e o filme começa exatamente com a imagem de dois pescadores jogando explosivo no mar, matando peixes clandestinamente. Esse incidente é o início para o encontro inesperado e visceral entre personagens que habitam Salvador: O ex-militar conservador Ney (Zé Dumont), o jovem traficante Caju (Wesley Guimarães), o policial corrupto Richard (Fabrício Boliveira) e sua esposa Keira (Samira Carvalho Bento). Um dia de calor, com todos os personagens à flor da pele, a um ponto da explosão, entre violência, traições e ódio. Dito assim, parece sinopse de 2 filmes clássicos: "Faça a coisa certa", de Spike Lee, e "Pulp fiction", de Tarantino. E muito dos elementos desses filmes estão presentes na narrativa: a montagem que vai e volta no tempo, entrecruzando as histórias; a câmera angulada e inquieta, nervosa. A violência prestes a explodir a qualquer momento. O elenco é a grande força e ponto de interesse do filme: todos, sem exceção, estão excelentes. Por eles, vale ir correndo assistir ao filme e se deleitar com performances arrebatadoras. Duas coisas me incomodaram: a narração em off de Millen Cortaz, redundante, e a câmera contra-plongé excessiva.

 

Resultado de imagem para Projeto Flórida filme download mega

Projeto Flórida (2017)

Download MEGA / 1Fichier

Sam Baker é daqueles Cineastas que metem a mão na massa e fazem de tudo em seus filmes independentes. Foi assim em "Starlet", depois no premiado "Tangerine" (famoso por ter rodado o filme com 4 celulares Iphone 6) e agora com o também super premiado "Projeto Flórida". Rodado em 35 mm, apenas na cena final, com as meninas correndo pela Disneyland, ele rodou com Iphone, escondido da segurança da Disney (ele usou o mesmo recurso do cult de terror "Fugindo do amanhã", de Randy Moore, totalmente rodado às escondidas na Disney). Sam Baker dirigiu, escreveu, editou e produziu esse comovente drama sobre mãe e filha desajustadas em uma Orlando longe da Fantasia da Disney, Choca, e muito, o talento de Brooklynn Prince, no papel de Moonee, uma menina de apenas 6 anos de idade! Que talento! Além dela, Willen Dafoe, no papel de Bob, gerente do Motel onde elas moram, Bria Vinaite, no papel de Halley, mãe de Mooneey e as outras crianças do casting conferem uma performance naturalista em um filme que mais parece um documentário sobre a sociedade marginalizada dos Estados Unidos, os sem teto brancos, negros e latinos que não possuem qualquer tipo de futuro brilhante em suas vidas. Desemprego, prostituição, trapaças, roubo, vale tudo para sobreviver no dia a dia dos personagens. O filme traz um olhar para uma parcela da população que não tem casa para morar, e vivem em Motéis de 35 dólares a diária. Uma dessas pessoas é Halley e sua filha Mooney. Halley faz de tudo para ganhar um dinheiro suado, desde vender perfumes falsificados até se prostituir. Mooney, por sua vez, se diverte com os filhos de outros moradores. Bob age como uma figura paterna, botando ordem no local e na vida dos moradores. Não é um filme fácil de assistir. Sam Baker não se preocupa se nós, os espectadores, sentiremos pena das personagens, Ele não faz questão de piedade, tanto que mãe e filha são irritantes, mal educadas e mau caráter. Fazem tudo errado e ainda contagiam pessoas inocentes para embarcar nessa viagem louca pelo lado marginal da vida. Sam Baker quer ir além: quer mostrar a falta de assistencialismo do Governo, que não supre as necessidades básicas para os sem teto. Quando a assistência social aparece, vem de forma truculenta, violenta. A melhor coisa do filme, é o paralelo que Baker faz entre o Mundo encantado da Disney para quem frequenta seus parques caríssimos, e o mundo encantado dos pobres, formado por lojas de 5ª categoria, rodovias e parques infestados de pedófilos. Uma cena antológica: um casal de brasileiros (atores brasileiros mesmo!) levando um susto ao chegarem para o check in no Motel vagabundo e descobrirem que foi tudo um engano (afinal, o Motel se chama "Magic Kingdom). O filme foi exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2017. 

OS INICIADOS (2017)

Download MEGA

Um dos 9 pré-selecionados para o Oscar de filme estrangeiro de 2018, o filme Sul Africano "Os iniciados" tem a curiosa participação de um brasileiro entre os produtores internacionais. O produtor mineiro Elias Ribeiro tem em seu currículo outras participações em produções africanas, como o premiado "Eles só usam Black tie", de 2015. "Os iniciados" ganhou inúmeros prêmios em Festivais internacionais, e exibido nos importantes Festival de Berlin e Sundance. A academia do Oscar gosta de ter entre seus indicados um filme antropológico, que mostra curiosidades e tabus de civilizações quase primitivas. Foi assim ano passado com o Polinésio "Tanna", e agora com "Os iniciados", acompanhamos em linguagem documental, um ritual ancestral de uma tribo africana nos dias de hoje. Xolani é funcionário de uma fábrica em Johhanesburg. Com a proximidade do início da data do ritual Xhosa, ele pede licença e segue até as montanhas, onde será o Instrutor de um grupo de jovens iniciantes. Nesse ritual, os instrutores iniciam sexualmente os iniciantes, fazendo a circuncisão e ensinando práticas da vida de um homem. A ideia é que os jovens voltem para a civilização prontos para constituírem uma família. Xolani no entanto tem um segredo: durante o ritual, ele se reencontra com Vija, outro instrutor, e os 2 tem um romance. Xolani é apaixonado, mas Vija não quer se envolver emocionalmente, só quer sexo. Um dos iniciantes de Xolani, Kwanda trazido por seu pai da capital porque ele acha que seu filho é afeminado testemunha Xolani e Vija fazendo sexo e os chantageia. "Os iniciados" é um filme que dificilmente atrairá o público. Com ritmo lento, focado na antropologia do ritual de forma documental, e tendo como contraponto ficcional o drama da homossexualidade reprimida de Xolani, O ponto de interesse fica por conta da curiosidade da história, da belíssima fotografia e pelo trabalho dos atores, todos em registro naturalista.

Resultado de imagem para a van assassina filme

A Van Assassina (2017)

Download MEGA    SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

 Direção: Beto Ribeiro

Maurinho é um vendedor de pastéis que trabalha com um furgão. No seu dia de sorte, ele acaba sendo assassinado. Apos reencarnar, ele transforma seu veículos em uma máquina de matar.

Encantados (2017)

Assista Online

A Cineasta Tizuka Yamasaki tem em sua filmografia, histórias dominadas por mulheres. E não poderia ser diferente no seu premiado "Encantados". Aqui, ela leva às telas a história incrível de Zeneida, uma Pajé que vive na Ilha de Marajó. O filme é uma adaptação do livro escrito pela própria Pajé, contando a sua trajetória como uma de 8 filhas de um casal formado por um político (José Mayer) e uma dona de casa (Letícia Sabatella). O político transfere a sua família para a Fazenda Independência, situada na Ilha de Marajó. É ali que a pequena Zeneida (Carolina Oliveira) tem a sua iniciação como Pajé, sendo atraída pelos Encantados (seres místicos da natureza), em especial, Antônio (Thiago Martins). Os pais de Zeneida acham que ela está louca, e a seu favor, apenas a criada vivida por Dira Paes e o curandeiro indígena vivido por Ângelo Antônio. O filme, belamente fotografado por Antônio Luís, e com locações mágicas no Norte do País, tem um elenco de apoio de peso, formado por Cássia Kiss, Laura Cardoso, Anderson Mueller, entre outros. A história é repleta de misticismo e crendices, e assim como em "Peixe Grande e outras histórias", de Tim Burton, acredite quem quiser, mas os fatos comprovam a existência de tudo o que é relatado.

Elenco

  • Carolina Oliveira como Zenaida
  • Thiago Martins como Antônio
  • Dira Paes como Cotinha
  • Letícia Sabatella como Zezé
  • Ângelo Antônio como Mundico
  • Laura Cardoso como Avó Pocaru
  • Cássia Kiss como Pajé Encantada
  • Fafá de Belém como Alaci
  • Anderson Müller como Fortunato
  • José Mayer como Angelino
  • João Vitor Silva como Francisco
  • Wendell Bendelack como Candiru
  • Val Perré como Damião

Resultado de imagem para polícia federal a lei é para todos o filme

Polícia Federal: A Lei É para Todos (2017)

Download MEGA  / 1Fichier  SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

2013. Durante a realização da Operação Bidone, a Polícia Federal apreende no interior um caminhão carregado de palmito, que trazia escondido 697 kg de cocaína. A investigação recai na equipe montada por Ivan Romano (Antonio Calloni), sedida em Curitiba e composta também por Beatriz (Flávia Alessandra), Júlio (Bruce Gomlevsky) e Ítalo (Rainer Cadete). As conexões do tráfico os levam ao doleiro Alberto Youssef (Roberto Birindelli) e, posteriormente, ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa (Roney Facchini), que revela uma imensa estrutura envolvendo construtoras e o governo, de forma a desviar dinheiro público. À medida que a investigação avança, o grupo liderado por Ivan se aproxima cada vez mais de alguns dos políticos mais influentes do país.

Dirigido por Marcelo Antunez

Elenco:

  • Antonio Calloni interpreta o competente delegado Ivan, um dos principais investigadores e o narrador do filme sobre a operação Lava Jato. O delegado não acredita em heróis e sim em figuras fundamentais para a operação.
  • Bruce Gomlevsky vive o delegado Júlio Cesar. O personagem é bastante próximo da delegada Beatriz (Flávia Alessandra) e muito intenso. Sua transparência nas tomadas de decisões é nítida. Ele procura a fundo, até encontrar as evidências. Muito próximo dos pais e apaixonado pelo que faz.
  • Flávia Alessandra interpreta a delegada federal "Beatriz". Ela representa mais que determinação. Foi inspirada em pessoas que têm um papel importante na operação, e ela dá voz a todas as mulheres que fazem a diferença na polícia. 
  • Rainer Cadete interpreta Ítalo Agneli, ele é um procurador muito determinado, não tem medo de seguir em frente, doa a quem doer. Acredita que se eles seguirem a lei e os fatos, nada mais importa.
  • João Baldasserini interpreta Vinicius, um delegado jovem e decidido. A inspiração do personagem surgiu de várias figuras importantes da operação, mas a sua personalidade veio do delegado Maurício Moscardi, que é extrovertido e brincalhão.
  • Ary Fontoura interpreta o ex-presidente Lula.
  • Marcelo Serrado interpreta o juiz federal Sérgio Moro.
  • Roberto Birindelli interpreta o doleiro Alberto Youssef.

Resultado de imagem para paraíso perdido filme cineclick 

PARAÍSO PERDIDO (2017)

Download MEGA  / 1Fichier  SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

MEGA / GoogleDrive / 4Shared

Direção: Monique Gardenberg

O passado de Monique como produtora de uma dos maiores Festivais de música no Brasil, com certeza, explica a sua paixão pela musicalidade que emana no seu filme "Paraíso perdido". Com um repertório que passeia pela música brega de Valdick Soriano, Marcio Greik, Reginaldo Rossi e até uma versão brasileira de "You're so vain", de Carly Simon, o filme discute as relações familiares da forma mais transgressora possível: lésbicas, gays, trans, menage, vale tudo para poder trazer a mensagem de que toda a forma de amor é possível. E para isso, nem são preciso palavras: podem ser través de linguagem de surdo mudo ou através das letras das músicas cantadas na boite que dá nome ao filme. Nesse sentido, o filme se aproxima do cult de John Cameron Mitchell, "Shortbus". Ali, a boite, que também tem o nome do filme, é o ponto de encontro para solitários, desencantados, carentes, frustrados, assassinos, frígidos e toda sorte de traumas humanos. As pessoas cantam, dançam, se beijam, sem se importar com preconceitos que existem da boite pra fora. Nesse bunker emotivo, nossos personagem perambulam num ambiente de encontros e desencontros: Tem o dono da boite, José (Erasmo Carlos), pai de 3 filhos: Teylor (Seu Jorge), que é adotivo; Angelo (Júlio Andrade), pai de Celeste (Julia Konrad); e Eva (Hermila Guedes), que se encontra presa por um crime do passado. Eva é mãe de Imã (Jaloo, em sua estréia como ator), um ser andrógino que procura descobrir a sua identidade sexual, em conflito se quer ser homem ou mulher. Todos cantam na boite. E ali, vai parar o fio condutor do filme, o policial vivido por Lee Taylor, filho da surda interpretada por Malu Galli. Ah, e ainda tem os namorados de Celeste e Imã, interpretados por Felipe Abib e Humberto Carrão. Como se vê, são muitas as tramas e sub-tramas desse filme ambicioso, mas que trata seus personagens com carinho. Monique dirige bem os seus atores, e a fotografia do Mestre Pedro Farkas ajuda a criar essa atmosfera onírica que o filme precisa. Vixe, faltou contar a sub-trama da presidiária interpretada por Marjorie Estiano, e amante de Eva! Será que vem seriado por aí ?? (Monique dirigiu o seriado "Ó Paí Ó", que se tornou seriado depois).

 

O porteiro do dia (2017)

Assista Online

Premiado curta gay pernambucano, repleto de safadeza e malícia. Os atores Edilson Silva e Carlos Eduardo Ferraz passam mais da metade do filme pelados e trepando, entregando ao filme 2 interpretações viscerais e bastante despojadas. Marcelo é um jovem técnico de som de cinema, e mora em um condomínio. Gay assumido, ele flerta com o porteiro Márcio. De tanto seduzir, ele acaba conquistando Márcio, que segue com ele em seguidas cenas de sexo quente. O mais interessante do filme, escrito e dirigido por Fabio Leal, é mostrar que mesmo dentro do gueto gay, existe um forte preconceito racial e social. O filme é longo para um curta, 25 minutos, mas tem belas cenas, como a final, na praia ao entardecer. Fora isso, na trilha sonora eclética, Fabio resgatou a cult de Marina Lima, "Pé na tábua", e o hino pop do Daft Punk, "Giorgio by Moroder". O Ator Carlos Eduardo Ferraz tem uma divertida cena na cozinha, de cuecas, dançando e cantando um hit de Beyoncé. Definitivamente, um filme contra a caretice.

Resultado de imagem para Historietas Assombradas: O Filme

Historietas Assombradas: O Filme (2017)

Download 1Fichier

Direção: Victor-Hugo Borges

Pepe é um menino de 12 anos que mora com sua avó, uma bruxa-empresária. Após descobrir que é adotado e que seus pais estão vivos, ele decide sair em busca deles, mas assim acaba atraindo a atenção de Edmundo, um vilão biomecânico que precisa de Pepe para concretizar seu enorme plano maléfico: usar a energia do menino para conquistar a imortalidade da sua espécie.

Resultado de imagem para divórcio filme

Divórcio (2017)

Download 1Fichier / MEGA 1080p

SENHA: downloadlivre.net

Dirigido por: Pedro Amorim

É evidente a grande influência cinéfila do Cineasta Pedro Amorim. Com um roteiro escrito por Paulo Cursino, sobre as agruras da rotina familiar e o consequente pedido de divórcio de uma das partes, o filme pega emprestado referências de filmes queridos pelo público, como "Sr e Sra Smith" e "A guerra dos Rose". Sobra até uma brincadeira cinéfila no desfecho, como o anel à la "A origem", de Christopher Nolan (que também já teve um momento "Senhor dos anéis"). A grande sacada do filme, produzido por Tuba Junior (que já realizou "O vendedor de sonhos" e a comédia "O concurso") é localizar o filme no interior do Brasil, mais precisamente, no rico município agrícola de Ribeirão Preto, São Paulo. É ali que existem as maiores piadas do filme: o sotaque do interior e os famosos "r", as festas sertanejas, o figurino e maquiagem divertidíssimos das peruas da alta sociedade, que mais parecem saídos do seriado "Dallas", e as inevitáveis brincadeiras com o morador da cidade do interior. O Elenco é o grande trunfo do filme. A química entre Murilo Benício e Camila Morgado é perfeita, os dois devem ter se divertido bastante durante as filmagens, senti até falta de um quebra-pau fudido entre eles, chegando a um nível de insanidade Master. Luciana Paes, Thelmo Fernandes roubam todas as cenas onde aparecem, provando que são excelentes coadjuvantes para qualquer tipo de filme. Direção de arte luxuosa, figurino e cabelos divertidos, e fotografia fodona de Hélcio Alemão Nagamine. Mas o que mais gostei, mesmo? A trilha sonora repleta de referências pop e cinematográficas, recheado de Sergio Leone, Tarantino e muito mais, a cargo de Fabiano Krieger e Lucas Marcier.

 

CineMagia: a história das videolocadoras de São Paulo (2017)

Download 1Fichier

Dirigido por: Alan Oliveira

"CineMagia" é um documentário que conta a história do surgimento das principais videolocadoras da cidade de São Paulo. Com a participação dos fundadores de mais de 20 lojas, funcionários, clientes, vendedores, críticos de cinema e distribuidores, o filme revela os personagens e acontecimentos que desenvolveram a experiência do "cinema em casa” no Brasil nos últimos 40 anos, celebrando o cinema, a gênese das fitas VHS, DVDs e Blu-rays e pontuando a importância do trabalho de profissionais que resistiram às inúmeras transformações do setor.

 

Resultado de imagem para Meus 15 Anos: O Filme

Meus 15 Anos: O Filme /DVD-r (2017)

Download MEGA / 1Fichier / GoogleDrive

Assista Online

Aos quatorze anos de idade, Bia (Larissa Manoela), uma garota órfã de mãe, humilde, ingênua e tímida, descobre que vai ganhar uma grande festa de quinze anos. Mas tem um problema: a garota sonhadora e apaixonada por música não tem muitos amigos para convidar ao evento, por ser pouco popular na escola. Ela conta com a ajuda do único grande amigo, Bruno, e do pai Edu, para consertar a situação. Ela enfrentará vários desafios, como lidar com sua ex-melhor amiga de infância Jéssica, a garota mais popular do colégio que morrerá de inveja da festa, e também a dificuldade em lidar com seu crush Thiago, aquele gato do terceirão. Tudo isso para fazer com que sua noite de 15 anos seja inesquecível.

Dirigido por Caroline Okoshi Fioratti

Elenco

 
Atores Personagem
Larissa Manoela Bia
Lorena Queiroz Bia (Criança)
Bruno Peixoto Thiago
Daniel Botelho Bruno
Clara Caldas Jéssica
Bruna Tatar Rita
Heslaine Vieira Diana
Rafael Awi Heitor
Pyong Lee Fabio
Rafael Infante Edu
Victor Meyniel Joseph Charles
Polly Marinho Kátia
Anitta Ela mesma

Resultado de imagem para Real - O Plano Por Trás da História

Real: O Plano por Trás da História (2017)

Download MEGA / 1Fichier / Assista Online

Direção de Rodrigo Bittencourt

Elenco

  • Emílio Orciollo Netto como Gustavo Franco
  • Bemvindo Sequeira como Itamar Franco
  • Norival Rizzo como FHC
  • Tato Gabus Mendes como Pedro Malan
  • Mariana Lima como Denise
  • Paolla Oliveira como Renata
  • Cássia Kis Magro como Valéria
  • Guilherme Weber como Pérsio Arida
  • Giulio Lopes como Edmar Bacha
  • Fernando Eiras como Winston Fritsch
  • Carlos Meceni como Clóvis Carvalho
  • Thiago Justino como Joubert
  • Klebber Toledo como Marcelo
  • Juliano Cazarré como Gonçalves
  • Anamaria Barreto como Ruth Cardoso
  • Ricardo Kosovski como Rubens Ricupero
  • Arthur Kohl como José Serra
  • Bia Arantes como Luiza
  • Blota Filho como Mascarenhas
  • Denis Derkian como Serjão
  • Wagner Molina como Ministro da Justiça
  • Edmilson Barros como Senador Baiano

Brasília, maio de 1993. Após uma sequência de planos econômicos que não surtiram efeito, o país é levado à hiperinflação. Uma seleta equipe de economistas é recrutada e protegida em um bunker contra pressões políticas. Eles mergulham na missão de reformar o Estado. Para tanto, criam e implementam um plano visando reformas econômicas e estabilização da economia, o que viria a ser denominado Plano Real.

Resultado de imagen para Felipe Neto - Minha Vida Não Faz Sentido

Felipe Neto - Minha Vida Não Faz Sentido (2017)

Download MEGA

Direção: Diego Pignataro
Sucesso absoluto no YouTube, Felipe Neto apresenta as histórias de sua biografia "Não Faz Sentido!" neste divertido especial de comédia.

 

Resultado de imagem para a vida secreta dos casais

A Vida Secreta dos Casais (2017)

A sexóloga Sofia (Bruna Lombardi) vê sua vida virada de cabeça para baixo depois que uma relação com um paciente a coloca na mira de uma investigação. Agora ela vai ter que defender seus segredos dos ataques que passará a receber de todos os lados, enquanto um mistério atrai suas suspeitas. Pouco a pouco ela vai ver desfeitas as aparências das relações interpessoais e dos poderes privados na capital paulista.

Dirigida por Kim Riccelli e Carlos Alberto Riccelli

Episódio 00: Mega – GDrive 
Episódio 01: Mega – GDrive 
Episódio 02: Mega – GDrive 
Episódio 03: Mega – GDrive 
Episódio 04: Mega – GDrive 
Episódio 05: Mega – GDrive 
Episódio 06: Mega – GDrive 
Episódio 07: Mega – GDrive 
Episódio 08: Mega – GDrive 
Episódio 09: Mega – GDrive 
Episódio 10: Mega – GDrive 
Episódio 11: Mega – GDrive 
Episódio 12: Mega – GDrive

Resultado de imagem para os penetra 2

Os Penetras 2 – Quem Dá Mais? (2017)

Download MEGA

Internado em uma clínica psiquiátrica, Beto (Eduardo Sterblitch) está desolado por ter sido enganado por Marco (Marcelo Adnet), o malandro que considerava seu amigo. Até que um dia ele recebe uma notícia que muda os rumos da sua vida e de seus parceiros, Laura (Mariana Ximenes) e Nelson (Stepan Nercessian). Logo depois, os três conhecem o milionário Santiago (Danton Mello) e o mafioso russo Oleg (Mikhail Bronnikov).

Elenco

  • Eduardo Sterblitch como Beto
  • Marcelo Adnet como Marco Polo
  • Mariana Ximenes como Laura
  • Stephan Nercessian como Nelson
  • Danton Mello como Santiago
  • Elena Sopova como Svetlana
  • Laila Zaid como Maria Pincel
  • Mikhail Bronnikov como Oleg
  • Stenio Garcia como Adão
  • Whindersson Nunes como ele mesmo
  • Maju Trindade como ela mesma
  • PC Siqueira como ele mesmo
  • Julio Cocielo como ele mesmo
  • Gabbie Fadel como ele mesmo

 

A Fórmula (2017)

Episódio 01: Mega – GDrive 
Episódio 02: Mega – GDrive 
Episódio 03: Mega – GDrive 
Episódio 04: Mega – GDrive 
Episódio 05: Mega – GDrive 
Episódio 06: Mega – GDrive 
Episódio 07: Mega – GDrive 
Episódio 08: Mega – GDrive

Angélica Dantas (Drica Moraes) é uma cientista inteligente e de prestígio, investe todas as suas fichas em um experimento que promete prolongar a vida humana. Ela decide ser cobaia de seu próprio experimento. Mas, ao usar a fórmula, é surpreendida por um efeito colateral inusitado: durante algumas horas, volta a ter a aparência que tinha aos 20 anos. Feliz com o resultado de seu estudo, ela tem mais uma surpresa ao descobrir que Ricardo Montenegro (Fábio Assunção) é o novo dono do laboratório em que trabalha. Angélica resolve usar a fórmula para dar uma lição em Ricardo após o fim do namoro na década de 80, pois eles queriam seguir carreira na área da ciência e se inscrevem para uma bolsa de estudos em Harvard. Mas uma reviravolta do destino faz com que apenas um deles consiga a bolsa, e o relacionamento, que parecia mais forte que tudo chegou ao fim. O plano parecia simples: recuperar a patente do seu estudo usando sua versão mais jovem, que recebe o nome de Afrodite (Luisa Arraes). Mas as coisas não saem como o esperado e ela acaba se envolvendo com o empresário, ao perceber que tem a chance de reviver seu grande amor.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Drica Moraes Angélica Dantas
Neide Dantas (fase jovem)
Fábio Assunção Ricardo Montenegro
Luisa Arraes Angélica Dantas (fase jovem)
Afrodite
Klebber Toledo Ricardo Montenegro (fase jovem)
Emílio de Mello Divino
Tony Tornado Lisboa
Joelson Medeiros Otávio
Paulo Américo Lisboa (fase jovem)
Brenno Leone Otávio (fase jovem)

Participações especiais

Ator/Atriz Personagem
Cláudia Raia Samira Alcântara
Ana Rosa Neide Dantas
Fernanda Marques Samira (fase jovem)
Thaty Taranto Lorena
Paulo de Pontes Barreto
João Vithor Oliveira Fotógrafo
Lellêzinha Figurinista
Fátima Bernardes Ela mesma
Rafaela Amado Rosário

Resultado de imagem para rio mumbai filme

Rio Mumbai - 2017

Download MEGA / 1Fichier

SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Nelson (Pedro Sodré) é um jovem jornalista casado com Maria (Clara Choveaux). Um dia, o rapaz passa a presenciar estranhas experiências e é convencido por seu vizinho, um velho cientista (Bruce Gomlevsky), de que tais acontecimentos estão ligados a viagens no tempo. Maria, por sua vez, descobre por meio de um diário de bordo que há uma conexão atemporal entre eles.

Direção: Gabriel Mellin, Pedro Sodré

Resultado de imagem para fala sério mãe o filme

Fala Sério, Mãe! - 2017

Download MEGA / 1Fichier / GoogleDrive

Direção: Pedro Vasconcelos

Ao longo do filme são descritas as queixas e alegrias de uma mãe coruja, muito divertida, Ângela Cristina, em relação à filha primogênita Maria de Lourdes, a Malu, assim como as teimosias e o sentimento de opressão desta em função dos cuidados, muitas vezes excessivos, de sua genitora. Mostra fatos que acontecem no dia-a-dia entre pais e filhos. Tem separação entre os pais, virgindade, mostra o crescimento dos filhos.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Ingrid Guimarães Ângela Cristina Siqueira Paz
Larissa Manoela Maria de Lourdes Siqueira Paz (Malu)
Marcelo Laham Armando Paz
João Guilherme Ávila Nando
Duda Batista Maria de Lourdes (5 anos)
Vitória Magalhães Maria de Lourdes (10 anos)
Kaik Brum Mário Márcio Siqueira Paz
Carolina Dumani Malena Siqueira Paz
Giovanna Rispoli Alice
Cristina Pereira Fátima Paz
Luisa Bastos Luna
Sofia Leão Sofia
Catherine Beranger Aline
Raphael Tomé Mário Márcio (4 anos)
Thalita Rebouças Dona da loja
Fábio Júnior Ele mesmo
Paulo Gustavo Ele mesmo

Resultado de imagem para aos teus olhos filme

Aos Teus Olhos - 2017

Download MEGA / 1Fichier / UPTOBOX

Um filme de Carolina Jabor com Daniel de Oliveira, Malu Galli, Marco Ricca, Luiz Felipe Melo

Adaptação da peça teatral "O princípio de Arquimedes", do autor catalão Josep Maria Miró, que já rendeu uma excelente versão teatral protagonizada por Cirillo Luna, "Aos teus olhos" é a segunda incursão na ficção de longa da Diretora Carolina Jabor, que já havia realizado "Boa sorte". Em ambos os filmes, o foco está no protagonista atormentado pelas sua culpa e por atos do passado que trazem a sua tragédia atual. Debora Secco interpretava uma viciada em drogas contaminada com o vírus HIV. Daniel de Oliveira interpreta Rubens, um professor de natação simpático e adorado pelos alunos, mas que acaba sendo acusado por uma das crianças de ter abusado dela, dando um beijo na boca. Impossível não se lembrar de 2 filmes que tem como tema a denuncia de crianças contra os seus professores: "Infâmia", de Lilian Hellman, que rendeu um filme com Shirley MacLaine e Audrey Hepburn, e "A caça", premiadíssimo filme dinamarquês com Mads Mikkelsen. Com um belo elenco, "Aos teus olhos" é um filme de atores. Além de um ótimo Daniel de Oliveira, temos Marco Ricca, Malu Galli, Gustavo Falcão, Stela Rabello e Luisa Arraes. Um filme que critica a onda atual de calúnias via rede social antes mesmo de serem avaliadas as informações, colocando pessoas contra a parede e difamando sua carreira e sua vida pessoal.

Todo Clichê do Amor - 2017

Download MEGA / DriveGoogle  Senha: #TR

Direção: Rafael Primot

Conheça a história de uma prostituta passional que decide se tornar mãe, de um entregador que comete um assassinato como prova de amor a uma garçonete comprometida, e veja a última chance que uma madrasta tem para conquistar o afeto de sua enteada durante velório de seu esposo. Um entrechoque de carências e erros emerge novas e inesperadas formas de afeto.

Resultado de imagem para ENTRE MORTOS E VIVOS filme

Entre Mortos e Vivos - 2017

Download DriveGoogle / Assista Online

Dirigido por: Beto Ribeiro

Em pleno Dia das Bruxas, os corredores de um sanatório serão ainda mais perigosos do que o normal. No local, ocorrem acontecimentos estranhos, com mortes inesperadas e zumbis à procura de carne humana.

Resultado de imagem para O VAMPIRO DA PAULISTA filme

O Vampiro da Paulista - 2017

Download DriveGoogle

Direção: Beto Ribeiro

O famoso Conde Drácula renasceu em plena São Paulo no século 21. Perdido na maior cidade do país, ele começa uma jornada para encontrar uma antiga companheira de milênios passados na Romênia.

Resultado de imagem para as boas maneiras filme 2017

As Boas Maneiras (2017)

Download Mega / 1Fichier

SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Dirigido por Marco Dutra e Juliana Rojas

ELENCO:

Isabél Zuaa
Marjorie Estiano
Miguel Lobo
Cida Moreira
Andréa Marquee

Exercício de gênero realizado pelos mesmos diretores do cult "Trabalhar cansa". Premiado em Locarno, o filme mistura o terror, o musical, o drama, a comédia em longos 135 minutos. São 2 filmes em um: exatamente no meio do filme, existe uma enorme reviravolta que nos dá a impressão de assistir a um outro filme, praticamente com um elenco diferente, somente repetindo a protagonista Izabel Zuaa, no papel da enfermeira Clara, e sua locatária, interpretada por Cida Moreira. Clara, desempregada, vai procurar emprego como babá, e acaba sendo entrevistada pela ricaça e perua Ana (Marjorie Estiano), que está grávida. As duas criam um forte vínculo, e se tornam amantes. Ana conta para Clara quem é o pai da criança. Essa revelação norteará a segunda parte do filme, que não posso contar porque irá configurar spoiler. Uma segunda leitura para esse bizarro conto de fadas, pode ser uma discussão sobre a luta de classes e a relação patroa branca e empregada negra, que em alguns momentos, é tratada quase como uma subalterna (exemplo, a cena da loja de sapatos). A outra discussão pode ser os maus tratos contra as crianças, mesmo elas sendo "dotadas" de poderes especiais. Salta aos olhos o excelente trabalho de efeitos especiais, e também o uso de músicas famosas na trilha, como "Can't take my eyes off you". Outro ponto a ser elogiado é o excelente trabalho do elenco: Marjorie Estiano em seu papel mais radical, a revelação de Izabel Zuaa, o trabalho do menino Miguel Lobo, irrepreensível, e a participação da sempre excelente e ladra de cenas, Gilda Nomacce. Difícil indicar o filme e dizer a um amigo a que gênero o filme pertence. Poderia dizer que é um filme para cinéfilos, pois as referências são várias: "O bebê de Rosemary", "Somos o que somos" (filme mexicano), "Raw" ( filme francês), o clássico "Um lobisomem americano em Londres", "Frankenstein" e a peça de Karen Accioly "O Ogroleto", sobre um menino Ogro carnívoro que não aceita o seu destino e resolve se tornar vegetariano.

Resultado de imagem para no intenso agora

No Intenso Agora - 2017

Download MEGA  Senha: www.baixefilmes.org

Dirigido por João Moreira Salles

Documentário que faz uma análise sobre o Movimento estudantil e dos trabalhadores por direitos de igualdade social e política nos anos 60 pelo Mundo, mais precisamente no ano de 1968, em Paris, Tchekoslováquia, Brasil, fazendo uso dos mártires de cada um desses movimentos. João Moreira Salles se apropria de imagens amadoras que sua mãe fez quando visitou a China da Revolução cultural de 1966 e faz uma analogia entre o Universo Burguês e o Universo da classe operária e assalariada. Impossível também não identificar um olhar sobre o atual estado sócio-politico-econômico no Brasil de hoje em dia, com o Brasil dos anos 60, ou seja, praticamente tudo continua igual. João faz toda uma tese sobre todos esses temas propostos, mas aonde eu mais me identifiquei, foi quando ele faz uma critica ao uso da mídia para conseguir os seus intentos. Dois exemplos esmagadores: O líder do movimento estudantil em Paris, Daniel Cohn-Bendit, que usa um poderoso discurso quando fala para um canal de televisão, e que no final das contas, acabou virando vítima de seu próprio personagem: fugiu para a Alemanha bancado por uma Revista burguesa, e depois vendeu a sua história por dinheiro para a publicação de um livro biográfico. Depois, Quando fala que o Presidente francês Charles de Gaulle venceu a Revolução de maio de 68, quando resolveu não aparecer na tv (por conta de sua imagem de idos contrastando com os jovens estudantis rebeldes) e gravou um discurso poderoso para a rádio. A sua voz imponente conquistou a nação e ele venceu a luta sem derramamento de sangue. João também diz que o movimento estudantil em Paris foi um movimento machista de homens brancos, aonde negros e mulheres fizeram figuração, ao contrário dos americanos. Por conta da alta qualidade das imagens de arquivo mostradas, é um filme obrigatório, mas que tem uma longa duração, e que teria sido melhor apresentada como seriado de televisão dividido em 2 ou 3 capítulos.

Resultado de imagem para arábia filme 2017

Arábia (2017)

Download MEGA / 1Fichier

SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Um filme de Affonso Uchoa, João Dumans com Aristides de Sousa, Murilo Caliari, Renata Cabral, Renan Rovida

Escrito e dirigido pelos mineiros João Dumans é Affonso Uchoa, "Arábia" é um dos mais contundentes filmes sobre a solidão e sobre a luta do brasileiro pobre e anônimo para sobreviver no interior do Brasil. André é um adolescente que mora com seu irmão caçula em uma cidade próxima à Ouro Preto. Seus pais viajaram à trabalho e quase nunca aparecem. Eles moram próximos à uma fábrica de alumínio, que espalha poluição nos arredores. Um dia, um funcionário da fábrica, Cristiano, se acidenta, e a tia de Andréa, que é enfermeira, pede para que ele vá na casa de Cristiano buscar roupas. André encontra um caderno com escritos e a partir daí, passamos a acompanhar a vida pregressa de Cristiano, e a sua luta para sobreviver: preso por consumir droga, quando solto, ele viaja pela estrada, em busca de trabalho. O filme, quase todo narrado em off por Cristiano, tem uma dimensão sobre a solidão que chega a incomodar e a machucar a alma. O ator Aristides de Sousa, que interpreta Cristiano, é um ex-presidiário de verdade. A sua presença na tela é magnética, e sua voz, invade nossos corações. O filme fala sobre luta, desilusão, esperança. Com um trabalho de Direção brilhante, com momentos de pura poesia, o filme provavelmente terá pouco impacto no espectador comum: o ritmo é bastante lento, e os planos são bem longos. Linda trilha sonora, nesse filme que venceu inúmeros prêmios no Festival de Brasília 2017 (Filme, Ator (Aristides), edição e trilha sonora.

Resultado de imagem para não devore meu coração

Não Devore Meu Coração (2017) 

Download MEGA / 1Fichier / GoogleDrive

SENHA PARA DESCOMPACTAR: www.baixefilmes.org

Direção: Felipe Bragança

Falando objetivamente: o que mais gostei foi da trilha sonora oitentista repleta de sintetizadores. Imaginem um filme que parece uma mistura de “Romeu e Julieta”, “Stranger things”, “A guerra dos botões”. “Reza a lenda” e que ousa escalar Ney Matogrosso como um capataz viril e assassino? Cauã Raymond praticamente repete seu personagem do motoqueiro rebelde de “Reza a lenda”. O que mais me incomodou no roteiro foi tentar acreditar na história de amor entre dois adolescentes, ele branco brasileiro, e ela Índia Guarani paraguaia. Não existe chama, não existe credibilidade nessa relação. Por mais metafórica que seja esse encontro Brasil/Paraguai representado nesse amor juvenil, não existe liga. De bom, mesmo, é a atuação dos 2 jovens atores: Eduardo Macedo, no papel de Joca, irmão de Fernando (Cauã Raymond), e Adeli Benitez, no papel de Bonasa, a jovem Índia. Cauã é ótimo Ator e já provou isso em outros filmes, mas aqui no filme, sua imagem surge meio desconexa no meio de tantos atores desconhecidos. Mesma sensação eu tive quando assisti a "Abril despedaçado", de Walter Salles, quando surgia Rodrigo Santoro no meio dos nordestinos. O filme fica em um híbrido entre ser Pop, através de sua estética, enquadramentos e trilha sonora, e claro, o grupo de motoqueiros, e um filme de denuncia, ao querer fazer o espectador se lembrar que na Guerra do Paraguay, o Brasil matou mais de 60 mil paraguaios, e continua matando, segundo a historia do filme.

Resultado de imagem

Chocante - 2017 / DVD-r

MEGA 720p / 1080p

Dirigido por Jonhy Araújo e Gustavo Bonafé

Em 2007, a comédia romântica inglesa "Letra e música" fez muito sucesso, ao narrar a história divertida de uma banda pop e colorida famosa dos anos 80 que fez sucesso com uma música e que, 20 anos depois, resolve retornar "as paradas de sucesso. "Chocante" parte de uma premissa semelhante. Só que ao invés de uma dupla, agora temos um quinteto, bem ao molde das Boys band dos anos 90 (uma sátira ao Backstreet Boys, N'Sync e aos brasileiros Dominó e Polegar). Bruno Mazzeo, Lúcio Mauro Filho, Marcus Majella, Pedro Neschling e Bruno Garcia incorporam esses cantores/dançarinos, interpretados por um elenco jovem talentoso nos anos 90 (Rafael Canedo, Matheus Corcione entre eles). Depois do desentendimento no auge do sucesso, o grupo se reencontra 20 anos depois, após a morte acidental de um deles. Com o reencontro, e pilhados pela groupie interpretada por uma endiabrada Debora Lamm, a turma resolve voltar na ativa. O empresário deles, na pele de um engraçado Tony Ramos, mete os meninos em enrascadas. O filme mescla comédia com uma dose de dramas familiares, discutindo temas como paternidade, desemprego, luta pela sobrevivência e sonhos frustrados. Fotografado por Toca Seabra, e produzido por Augusto Casé, o filme vem conquistar uma platéia em busca de filmes que enalteçam as boas intenções e que buscam uma diversão leve e descontraída, mas com mensagens edificantes.

Elenco

  • Marcus Majella como Clay
  • Lúcio Mauro Filho como Tim
  • Bruno Mazzeo como Téo
  • Bruno Garcia como Toni
  • Pedro Neschling como Rod
  • Débora Lamm como Quézia
  • Klara Castanho como Dora
  • Tony Ramos como Lessa
  • Renata Gaspar como Estrella
  • Priscila Assum como Rita
  • Bruno Padilha como Pedro
  • Paolla Oliveira como Brunah
  • Marcius Melhem como Jayme
Participações
  • Sônia Abrão como Sônia Abrão
  • Nelson Motta como Nelson Motta

 

 

 

 

Resultado de imagem

Dona Flor e Seus Dois Maridos - 2017 / DVD-r

Download MEGA / MEGA HD / DriveGoogle

Direção: Pedro Vasconcellos
ELENCO:
Juliana Paes
Marcelo Faria
Leandro Hassum
Nívea Maria
Ana Paula Bouzas
Cassiano Carneiro
Duda Ribeiro
Fábio Lago

Dona Flor é uma sedutora professora de culinária casada com Vadinho, que só quer saber de farras e jogatina nas boates. A vida de abusos acaba por acarretar sua morte precoce. Logo Dona Flor se casa de novo, com o recatado e pacífico farmacêutico Dr. Teodoro. As saudades do antigo marido que, apesar dos defeitos era um ótimo amante, fazem com que ele retorne em espírito que só a viúva consegue ver. Isso a deixa em dúvida sobre o que fazer com os dois maridos que passam a dividir o seu leito.

Ver a imagem de origem

Caminhos da Reportagem (2017) TV Brasil

ASSISTA ONLINE

Jornalistas viajam pelo país e pelo mundo atrás de grandes histórias, trazendo ao telespectador uma visão diferente, instigante e complexa de cada um dos assuntos escolhidos.

 

MARTÍRIO (2017)

Download MEGA

Uma análise da violência sofrida pelo grupo Guarani Kaiowá, uma das maiores populações indígenas do Brasil nos dias de hoje e que habita as terras do centro-oeste brasileiro, entrando constantemente em conflito com as forças de repressão e opressão organizadas pelos latifundiários, pecuaristas e fazendeiros locais, que desejam exterminar os índios e tomar as terras para si.

Direção: Vincent Carelli  

 

Resultado de imagem para treze dias longe do sol

Treze Dias Longe do Sol (2017)

Download MKV 720p Nacional
Episódio 01 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 02 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 03 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 04 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 05 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 06 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 07 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 08 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 09 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared
Episódio 10 – GDrive – Mega – 1Fichier – UptoBox – 4Shared

Um moderno centro médico desaba na fase final de sua construção, tendo como responsável o ambicioso engenheiro Saulo (Selton Mello) e seus aliados executivos. O engenheiro (que tentou economizar o máximo possível na obra, usando mão de obra barata e materiais de má qualidade, com intuito de ser sócio da construtora) fica preso nos escombros junto com a médica Marion (Carolina Dieckmann), filha do dono do centro médico, com quem já teve um caso quando era casado com Ilana (Maria Manoella), e um grupo de operários formados por Jesuíno (Antônio Fábio), Daréu (Rômulo Braga), Bené (Arilson Lopes), Zica (Démick Lopes), Dario (Glauber Amaral) e Messias (Marcos de Andrade), além da grávida Yasmin (Camila Márdila). A partir daí a barbárie e o desespero tomam conta do grupo, que tenta sair daquela situação, custe o que custar, no entanto, nem todos conseguirão sair de lá. O desabamento também afeta os que ficaram fora, incluindo os familiares e amigos das vítimas e os executivos da construtora responsáveis pela tragédia, que tentam se livrar da culpa.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Selton Mello Saulo Garcez
Carolina Dieckmann Marion Rupp
Débora Bloch Gilda
Fabrício Boliveira Major Marco Antônio
Paulo Vilhena Vitor Baretti
Enrique Diaz Newton da Nóbrega
Démick Lopes Zica (Zé Candido)
Antônio Fábio Jesuíno
Rômulo Braga Daréu
Arilson Lopes Bené (Benedito)
Camila Márdila Yasmin
Maria Manoella Ilana Krieg
Marcos de Andrade Messias
Pedro Wagner Altair
Teca Pereira Cunhada de Jesuino
Shirley Cruz Carmem
Lima Duarte Dr. Augusto Rupp

 

 

Resultado de imagem para D. P. A. - Detetives do Prédio Azul o filme

D.P.A - O Filme (2017)

Assista Online / MEGA 1080p - 720p

Dirigido por André Pellenz

Bento, Sol e Pippo vão ter que desvendar o maior mistério de suas vidas, para evitar que o prédio azul seja demolido. Esse enigma envolve uma mudança brusca de comportamento da síndica, Dona Leocádia, um quadro falante desaparecido e ferramentas mágicas curiosas, como um relógio que para o tempo e uma capa que pode abrigar uma biblioteca inteira. A história une duas gerações de detetives. Na missão, o trio recebe a ajuda de Tom, Mila e Capim, os Detetives do Prédio Azul originais.

Elenco

Ator(riz) Personagem
Letícia Braga Sol Madeira
Pedro Henrique Motta Filippo Tomatini (Pippo)
Anderson Lima Bento Prata
Tamara Taxman Leocádia Leal
Letícia Pedro Camila Cristina (Mila)
Caio Manhente Tom
Cauê Campos Cícero Capim (Capim)
Ronaldo Reis Severino Capim
Charles Myara Theobaldo Trons
Suely Franco Berta Leal (Vó Berta)
Otávio Müller Jaime Quadros
Mariana Ximenes Bibi Capa Preta
Aílton Graça Temporão
Maria Clara Gueiros Mari P.
George Sauma Pietro Putrefatos/ Homem Bagre
Miriam Freeland Lena Prata
Luciano Quirino Ptolomeu Prata
Savio Moll Salvatore Tomatini
Carol Futuro Sissineide Madeira (Sissi)

 

Resultado de imagem para os saltimbancos trapalhões rumo a hollywood

Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood (2017)

Assista Online

Dirigido por João Daniel Tikhomiroff

Elenco

  • Renato Aragão como Didi
  • Letícia Colin como Karina Sumatra
  • Dedé Santana como Dedé
  • Emilio Dantas como Frank (Francisco Frank)
  • Roberto Guilherme como Barão de Sumatra
  • Marcos Frota como Assis Satã
  • Alinne Moraes como Tigrana de Albuquerque e Afrodite
  • Maria Clara Gueiros como Madame Zoroastra
  • Lívian Aragão como Luisa
  • Rafael Vitti como Pedro
  • Nelson Freitas como Prefeito Aurélio Gavião
  • Dan Stulbach como Tom Hanks
  • Marcos Veras como Carlos Beraldo Rogaciano da Costa
  • Luís Felipe Mello como Saltimbanco mirim

Vozes (dublagem)

  • Cláudio Galvan - Burro Alípio
  • Mabel Cezar - Vaca Turmalina
  • Lauro Fabiano - Cachorro Mirandinha

O que me chamou a atenção nesse filme novo de Renato Aragão é a alta qualidade técnica: fotografia, figurino e direção de arte. Confesso que eu morria de medo de assistir a esse filme, pois o original dos "Saltimbancos Trapalhões" foi um dos meus filmes chave da minha infância. Graças a Deus a Estrutura desse aqui é bastante diferente, mesmo porque seria impossível resgatar o espírito do filme dos anos 80 simplesmente porque não temos mais Mussum e Zacarias, fundamentais para o sucesso do filme. Didi e Dedé em cena sempre são motivos para diversão. Mas o tempo passou e eles precisam agora dividir o tempo em cena com outros comediantes e artistas atuais: Marcus Veras, Maria Clara Gueiros, Letícia Colin, Alinne Moraes, Marcos Frita, Emílio Dantas, Nelson Freitas, Rafael Vitti, Lilian Aragão... e sim claro, Roberto Guilherme, companheiro fiel do grupo. Todos em total espírito dos Trapalhões. Os números musicais ficaram sob a responsabilidade da dupla Claudio Botelho e Charles Mueller, que montaram o mesmo projeto para o teatro. Eu gosto mais do frescor e da espontaneidade dos números musicais do filme original, que condiz mais com o espírito mambembe dos Saltimbancos. Aqui ficou tudo milimetricamente estudado e marcado, o que não é uma crítica. Mas como é inevitável fazer a comparação... A história todo mundo já conhece. A registrar o belo trecho final, homenageando o quarteto, com inserção de Mussum e Zacarias, é claro, prestar uma declaração de amor a todo o talento e dedicação ao seu público de Renato Aragão. As palmas dentro e fora do filme são reais.

 

 

Imagem relacionada

Vade Retro (2017)

http://ouo.io/82yMDv
http://ouo.io/xu0QIF
http://ouo.io/I9Utdq
http://ouo.io/7tMB67
http://ouo.io/GvRslR
http://ouo.io/xBY8DY
http://ouo.io/w52IFX
http://ouo.io/xLl6KU
http://ouo.io/155rE7
http://ouo.io/9qgHoK

Advogada certinha e ingênua que tem um namoro morno com Davi, Celeste sofre com a falta de clientes, quando é contratada pelo poderoso e sedutor Abel Zebu, executivo que dá palestras para empresários alcançarem sucesso em seus negócios, e está para se divorciar de sua esposa, Lucy. Celeste não se dá conta, de que tudo não passa de uma jogada para ser usada como laranja nos negócios suspeitos de Abel e cada vez mais se encanta por ele, mesmo alertada pela mãe e pelo namorado, que o empresário pode ser na verdade o tinhoso.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Monica Iozzi Celeste Vasconcelos
Tony Ramos Abelardo Zebul (Abel)
Maria Luísa Mendonça Lucy Ferguson
Juliano Cazarré Davi
Luciana Paes Kika
Maria Casadevall Lilith
Cecília Homem de Mello Leda Vasconcelos
Enrico Baruzzi Damien
Nathália Falcão Carrie
Pascoal da Conceição Padre

Resultado de imagem para filhos da patria série

Filhos da Pátria (2017)

Episódio 01: Mega – GDrive
Episódio 02: Mega – GDrive
Episódio 03: Mega – GDrive
Episódio 04: Mega – GDrive
Episódio 05: Mega – GDrive
Episódio 06: Mega – GDrive
Episódio 07: Mega – GDrive
Episódio 08: Mega – GDrive
Episódio 09: Mega – GDrive
Episódio 10: Mega – GDrive
Episódio 11: Mega – GDrive
Episódio 12: Mega – GDrive

8 de setembro de 1822. Em meio ao "bucólico caos urbano carioca", a promessa de mudança chega à recém-proclamada independência do Brasil. Parecia ser a solução de todas as mazelas que atingiam a antiga colônia e, ao mesmo tempo, marcava a origem da identidade brasileira. Filhos da Pátria é uma crônica cotidiana sobre o Brasil do século XIX, sob a ótica de uma típica família de classe média: pessoas comuns, anônimas, situações que os livros de História didáticos não contam, que acompanham a formação da nossa essência e refletem o que somos hoje.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Alexandre Nero Geraldo Bulhosa
Fernanda Torres Maria Teresa Bulhosa
Johnny Massaro Geraldinho (Geraldo Bulhosa Filho)
Lara Tremouroux Catarina Bulhosa
Jéssica Ellen Lucélia de Deus
Matheus Nachtergaele Pacheco
Flávio Bauraqui José Gomes de Deus (Zé Gomes)
Sérgio Loroza Domingos
Letícia Isnard Leonor
Marcos Caruso Padre Toledo
Karine Teles Madame Dechiré
Saulo Laranjeira Figueira
Lvy Ziese Gabardine
Paula Frascari  Tafetá
Luiz Magnelli Seu Vasco
Aramis Trindade Delorges
Bruno Jablonski Juca
André Dale Tobias
Isaac Bernat Reinoldo Albuquerque
Josie Antello Mirtes Albuquerque
Eduardo Melo Aristides Albuquerque
Teuda Bara Índia Cigana
Ranieri Gonzalez Neiva
Ricardo Pereira Padre Adão
Marcos Holanda Custódio
Cândido Damm Olegário
Susanna Kruger Madalena Almeida de Prado Reis
Rose Abdallah Silvana Coutinho Ribeiro Mendonça
Ísis Pessino Marília de Castro Pinto Teixeira 
Fernanda Caetano Isabel Albergaria de Paula
Emiliano Queiroz Padre Elano
Thales Cavalcanti Nelson Moreira Cardoso Pessoa de Castro
Paulo Hamilton Lobato
Adriano Garib Intendente Matoso
Antônio Alves Jorge
Felipe Rocha Murilo Fonseca
Beto Vandesteen Dr. Herculano
Victor Lamoglia Nunes da Veiga
Xando Graça Lemos
Xande Valois Duque de Camboinhas
Olívia Araújo Caetana
Vitor Thiré Paulo Roberto
Wellington Leite Índio
Greta Antoine Cândida
Leandro Santanna Ademário 
Thierry Tremouroux Jean-Pierre Houël
Edi Botelho Jean-Baptiste Debret
Lu Grimaldi Lady Grantham
Gustavo Ottoni Eustáquio Abranchez
Nilvan Santos Pantoja
Samuel Toledo Divino
Eber Inácio Antônio
Daniela Fontan Floriana
Dida Camero Candinha
Juliana Guimarães Mercedes
Gillray Coutinho Oficial da Marinha
Greg Blanzat Coroinha
Nelito Reis Cigano
Marcelo Caridade Leiloeiro

 

 

Dois Irmãos (2017)

Episódio 01: Mega 
Episódio 02: Mega 
Episódio 03: Mega 
Episódio 04: Mega 
Episódio 05: Mega 
Episódio 06: Mega 
Episódio 07: Mega 
Episódio 08: Mega 
Episódio 09: Mega 
Episódio 10: Mega 

A história gira em torno de dois irmãos gêmeos idênticos, Omar e Yaqub, que têm personalidades conflitantes desde pequenos, e suas relações com a mãe (Zana), o pai (Halim) e a irmã (Rânia). Moram na casa da família a empregada Domingas e seu filho, Nael. O menino é quem narra, após trinta anos, os dramas que testemunhou calado. Do seu canto, ele vê entes da família de origem libanesa terem desejos incestuosos e se entregarem à vingança, à paixão desmesurada, em uma Manaus em transformação.
Ambientada em Manaus, entre as décadas de 1920 e 1980, a trama narra a trajetória de uma família libanesa, através de Nael, filho da índia Domingas, focando na relação conflituosa dos gêmeos Omar e Yaqub. Halim é apaixonado por Zana, mas por medo de deixar de ter momentos felizes com a amada, tem dificuldade em querer ter filhos, ao contrário da esposa, que almeja ao menos três. O nascimento dos gêmeos muda a relação familiar, em razão da mãe ter uma predileção pelo filho mais novo, Omar, quando este nasce com problemas respiratórios. Algum tempo depois, nasce Rânia, que virá comandar os negócios da família, mas vive à sombra dos irmãos. Os conflitos entre os gêmeos se acentuam com a chegada de Lívia, que os atrai, fazendo com que Omar corte o rosto do irmão, ao flagrar Yaqub beijando a moça. Halim decide enviar os irmãos ao Líbano, em meio a Segunda Guerra Mundial, mas ao chegar no porto, Zana não consegue soltar a mão de Omar, por quem adquiriu um amor desmedido. Yaqub viaja sozinho, mas sua volta traz consequências inimagináveis.

 

Resultado de imagem para eu fico loko

Eu Fico Loko (2017)

Download MEGA / GoogleDrive

Direção: Bruno Garotti

Bom, todo o mundo já sabe que "Eu fico loko" é a cinebiografia de Christian Figueiredo, que tem um canal no youtube homônimo com mais de 7 milhões de seguidores. O filme narra 3 fases na vida de Christian: criança, adolescente e pós adolescente, interpretado nessa última fase por ele mesmo. Tanto criança quanto adolescente, Christian sofre Bullying na escola. Adolescente, ele se apaixona, leva tôco, briga com seu melhor amigo e tenta resolver tudo com a ajuda de sua avó moderninha (Suely Franco, genial como sempre). Quando as coisas parecem que irão explodir, ele tem a ideia de criar o Canal "Eu fico loko". O resto, é o que todos já sabemos. Não tenho como falar desse filme sem parabenizar a todos os envolvidos, que são pessoas queridas do Cinema nacional. Não é puxa-saquismo, é o reconhecimento do quanto estamos mandando muito bem na parte técnica, por isso ninguém mais pode falar mal do cinema brasileiro. O nível é muito alto. A primeira direção de um longa está com cara de gente grande, cheio de segurança, nas mãos do Bruno Garotti. A fotografia criativa, inteligente e se comunicando com o público adolescente, perfeita de Dante Belluti. Direção de arte, som, edição, e ponto mais do que positivo, a trilha sonora envolvente e pulsante. O roteiro escrito pelo próprio Garotti com Sylvio Gonçalvez traz elementos de grandes clássicos adolescentes, daqueles que a gente guarda no coração e não esquece mais: "Curtindo a vida adoidado, "A hora de voltar", "As vantagens de ser invisível", "Carrie, a estranha", são alguns que identifiquei. O filme faz parte de um gênero que eu gosto muito, "o "Feel good movie". São elementos de drama, de melancolia, de redenção e de virada do protagonista, em sua descoberta espiritual, que transcende a tela e conquista o público.

Elenco

  • Filipe Bragança como Christian Figueiredo (15 anos)
    • Christian Figueiredo como Ele mesmo / Narrador
    • Cauã Gonçalves como Christian Figueiredo (10 anos)
  • Isabella Moreira como Alice (15 anos)
  • José Victor Pires como Yan
  • Giovanna Grigio como Gabriela Coelho (Gabi)
  • Michel Joelsas como Mauro
  • Thomaz Costa como Rodrigo
  • Alessandra Negrini como Lilian Figueiredo
  • Suely Franco como Tatiana Figueiredo
  • Marcello Airoldi como Wanderley de Caldas
  • Ceará como Geraldo
  • Tania Khalill como Martha Coelho
  • Giovanna Moreira
  • Gabriel Santana
  • Gabi Lopes
  • Derick Lecoufle
  • Rafaella Khatchikian
  • Fernanda Albuquerque
  • David Pereira
  • Giulia Cuono
  • Chris Couto
  • Felipe Montanari
  • Marcos Zeeba