Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico
1965
1965

C

  • Crônica da Cidade Amada

D

  • O Desafio
  • Um Dia Qualquer

F

  • A Falecida

G

  • Grande Sertão

H

  • A Hora e Vez de Augusto Matraga

M

  • Menino de Engenho
  • Meu Japão Brasileiro
  • Morte Para Um Covarde

N

  • No Tempo dos Bravos

P

  • O Padre e a Moça
  • A Pedra do Tesouro
  • O Puritano da Rua Augusta

S

  • São Paulo, Sociedade Anônima

V

  • Vereda da Salvação

 

 

 

 

Resultado de imagem para Crônica da Cidade Amada filme

Crônica da Cidade Amada (1965)

Assista Online

Dirigido por Carlos Hugo Christensen

O filme relata onze situações e histórias inspiradas na vida carioca, com narração de Paulo Autran, que recita trechos de textos de cronistas brasileiros famosos como Carlos Drumond de Andrade, Paulo Mendes Campos, Fernando Sabino, Orígenes Lessa, Dinah Silveira de Queiroz e Paulo Rodrigues.

O filme tem no elenco Oscarito e Grande Otelo, mas eles não atuam como a famosa dupla dos tempos da Atlântida Cinematográfica, mas em episódios separados. O primeiro em Receita de Domingo e o segundo em Um Pobre Morreu. O último filme com os dois juntos havia sido Matar ou Correr de Carlos Manga, onze anos antes.

O jornalista Millôr Fernandes participa do episódio com Oscarito.

Um dos raros filmes a cores de Oscarito.

Último filme do cômico Vagareza que vive o malandro Passarinho no episódio Aventura Carioca.

 Resultado de imagem para vereda da salvação

Vereda da Salvação (1965)

Assista Online

O filme acompanha produtores rurais pobres no Nordeste brasileiro que entram em um grupo messiânico, liderado por Joaquim (Raul Cortez), que acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo. Joaquim promete a seus seguidores que lhes mostrará o caminho para o paraíso, a "vereda da salvação" do título do filme.

Com poder sobre os camponeses, o personagem de Raul Cortez começa a perseguir aqueles que não lhe prestam obediência, em especial Artuliana (Esther Mellinger). Joaquim ordena que seus seguidores tirem o filho de Artuliana, que está grávida, acusando-a de estar possuída pelo demônio.

Elenco

  • Raul Cortez — Joaquim
  • José Parisi
  • Lélia Abramo
  • Esther Mellinger — Artuliana
  • Maria Isabel de Lizandra
  • José Pereira
  • Áurea Campos

Dirigido por Anselmo Duarte

O Desafio (1965)

Assista Online

Dirigido por Paulo César Saraceni

ELENCO

Oduvaldo Viana Filho - Marcelo
Isabella – Ada
Sérgio Brito – Mário
Luiz Linhares – Nelson
Joel Barcelos – Carlos
Hugo Carvana – Amigo
Maria Bethânia
João do Valle
Zé Keti

Logo após a deposição do presidente João Goulart, em 1.ª de abril de 1964, Marcelo está passando por uma crise, sentindo-se impotente diante do novo regime, e sem ânimo para escrever o livro que pretendia e desmotivado em seu trabalho. Ele conhece Ada, esposa de Mário, um rico industrial, e com ela passa a ter uma relação amorosa. Após idas e vindas no relacionamento, Ada decide contar tudo ao marido. Seria ela capaz de encarar uma nova vida com Marcelo? 

Meu Japão Brasileiro (1965)

Download MEGA

Dirigido por Glauco Mirko Laurelli

Elenco:

  • Amácio Mazzaropi ... Fofuca
  • Geny Prado ... Magnólia, esposa de Fofuca
  • Célia Watanabe ... Florista Nissei
  • Zilda Cardoso ... Professora
  • Carlos Garcia ... Raul, filho de Fofuca
  • Reynaldo Martini ...Leão, subdelegado
  • Adriano Stuart ... Roberto, filho de Leão
  • Elk Alves ... Mário, filho de Leão
  • Francisco Gomes ... Padre
  • Judith Barbosa ... Inácia, mulher de Leão
  • Bob Junior ... Prefeito
  • Ivone Hirta ... colono japonês
  • Luiz Tokio ... colono japonês
  • Luzia Yoshizumi ... colono japonês
  • João Batista de Souza ... Zezinho, filho pequeno de Fofuca
  • Luiz Carlos Antunes
  • Francisco Bayo
  • Cleide Binoto
  • Rosalvo Caçador
  • Maria Helena A. Correa
  • Durvalino Simões de Souza ... Capanga de Leão
  • Denise Duval
  • Cley Militello
  • Augusto César Ribeiro ... Vigia do Poço (creditado como Agostinho Ribeiro)
  • Armando P. Aquino
  • Fábio Vilela Ribeiro ...coroinha da igreja

A filmografia de Amácio Mazzaropi é uma verdadeira fábrica de vilões monotons. E, na maioria das vezes, esses vilões são fazendeiros, homens de posse, homens de grana que mandam e desmandam numa terra de ninguém.

Meu Japão Brasileiro conta a incrível história de uma comunidade rural nipo-brasileira que é explorada pelo emblemático “Seu” Leão, uma espécie de intermediário entre os produtores do campo e os comerciantes da cidade. Um agricultor chamado Fofuca, vivido por Mazzaropi, articula com os camponeses a formação de uma cooperativa agrícola, inaugurada sob o olhar atento dos capangas de “Seu” Leão. Com idas e vindas, o amor intenso entre o filho de “Seu” Leão (Elk Alves) e a bela nissei (Célia Watanabe), o sequestro da mulher de Fofuca, D. Inácia (Geny Prado), a história termina com o previsível final feliz, o bem vitorioso, o mal derrotado.

Para Amácio Mazzaropi, cinema era espetáculo. As pinceladas de crítica e de discussão eram coisa secundária na estrutura narrativa do filme. A presença dos japoneses parece que possui apenas justificativa plástica, visual: ao inserir os elementos culturais, o colorido, as danças, as vestimentas, em um momento de grande valor no filme. E é uma simpatia transbordante pelos japoneses que o filme transmite para o público, tornando-se uma das mais belas películas do Mazzaropi, apesar do seu habitual primitivismo na linguagem cinematográfica.

A fotografia de Rodolfo Icsey, considerado à época um dos mais lúcidos fotógrafos do cinema brasileiro, consegue captar a explosão de cores e a intensidade rural, luminosa e rica dos cenários utilizados, mostrados por suas câmeras distantes em planos gerais.

 

Resultado de imagem para filme o padre e a moça

O Padre e a Moça (1965)

Download 4Shared / Assista Online

Dirigido por Joaquim Pedro de Andrade

Elenco

  • Helena Ignez.... Mariana
  • Paulo José.... padre
  • Mário Lago.... Fortunato
  • Fauzi Arap.... Vitorino
  • Rosa Sandrini

Um padre, recém-ordenado, envolve-se com uma moça bonita da cidadezinha onde cumprirá sua missão sacerdotal. O homem mais rico do lugar, enciumado como todos os habitantes, propõe casamento à moça. Enfrentando a raiva do local, o padre foge com a moça mas, ao concretizar seu desejo, retorna à cidade para receber o castigo.

O Puritano da Rua Augusta (1965) / Minhateca / MEGA

Direção: Amácio Mazzaropi

Elenco:

  • Amácio Mazzaropi ... Punduroso
  • Marly Marley ... Carmem
  • Marina Freire ... Raimunda
  • Elizabeth Hartmann ... Filomena
  • Edgard Franco ... filho de Punduroso
  • Augusto César Ribeiro ... membro dos ciprianitas
  • Zéluiz Pinho ... marido de Filomena
  • Henricão ... chofer de Punduroso
  • Gladys ... empregada de Punduroso
  • Júlia Kovach ... filha de Punduroso
  • Darla ... enfermeira de Punduroso
  • Marlene Rocha ... membro dos ciprianitas (mulher do soluço)
  • Carlos Garcia ... filho de Punduroso
  • Cláudio Maria ... membro dos ciprianitas
  • Aristides Marques Ferreira . membro dos ciprianitas
  • João Batista de Souza ... filho pequeno de Punduroso
  • Adalberto Penna ... padre
  • Elza Soares ... cantora da boate

O filme O Puritano da Rua Augusta pode facilmente figurar a lista dos clássicos feitos por Amácio Mazzaropi. A história de um industrial conservador e careta em plena época da explosão do rock'n roll é o mote para essa verdadeira crônica de costumes da década de 1960. A trama é costurada, o enredo tem fôlego até o final, tendo seus picos de humor e drama, fazendo de O Puritano da Rua Augusta um todo orgânico coeso.

O filme traz a atmosfera do seu tempo. Na década de 1960, a música de The Beatles era febre em todo o mundo. No Brasil, oiê-iê-iê da Jovem Guarda traduzia para o português a rebelião romântica do rockproduzido pelo quarteto de Liverpool, para assombro de artistas nacionalistas e críticos de esquerda.

Na Rede Record de Televisão, em 1965, Roberto Carlos - o então Rei da Juventude - tinha seu programa todos os domingos, com um público impressionante. É nesse ano que RC lança o álbum Jovem Guarda, que se torna um de seus maiores sucessos e consolida o movimento no país. E considerado um dos mais influentes discos nacionais de rock de todos os tempos.

A década de 1960 também foi a época da explosão do pentecostalismo que, na sua vertente mais clássica, adotava um estilo de vida totalmente avesso à sociedade e à cultura de consumo, pautando no puritanismo e no ascetismo contracultural. Os pentecostais, por várias décadas, permaneceram presos a uma espécie de rígido estereótipo de pureza e santidade. Estereótipo esse que Mazzaropi utiliza em seu personagem Pundoroso e aos membros da "Liga dos Ciprianitas", suposta seita que Pundoroso lidera.

Mesmo que em escalas reduzidas, os choques culturais e morais entre Pundoroso e a família são em sua essência os mesmos que a sociedade brasileira atravessava, uma época de grandes transformações culturais, religiosas, estéticas, políticas, comportamentais e musicais. Transformações que se acentuariam dentro do "reinado de terror e virtude" instituída pela Ditadura Militar.

A Rua Augusta, célebre por sua intensa vida noturna, ganha uma espécie de moralista ambulante, ganhando, já no título, uma curiosa e irônica antítese.

O Puritano da Rua Augusta ganha valor como reflexão e retrato de uma época, principalmente com as tomadas feitas pelas principais ruas de São Paulo, nos anos 1960. O ritmo da história, o fluxo de acontecimentos engraçados, tudo isso ajuda para que o filme apresente um formato atraente para as exibições na TV.

Ao abordar o fanatismo religioso, Amacio Mazzaropi nos traz uma comédia ousada, mesmo que a razão apresentada por Pundoroso no final para justificar sua conduta no filme pareça obtusa e sem sal. 

 

São Paulo, Sociedade Anônima (1965) / Minhateca / Assista Online

A história acontece no momento da euforia desenvolvimentista provocada pela instalação de indústrias automobilísticas estrangeiras no Brasil, no final dos anos 50. Conta a história de Carlos, um jovem da classe média paulistana, que ingressa numa grande empresa. Logo depois, ele aceita um cargo numa fábrica de auto-peças, da qual torna-se gerente, e cujo patrão é sonegador de impostos e tem várias amantes. A certa altura, ele é um chefe de família que trabalha muito, ganha bem, mas vive insatisfeito. Sem um projeto de vida ou perspectivas para mudar a condição que rejeita, só lhe resta fugir.

Dirigido por Luís Sérgio Person

Elenco principal:

Walmor Chagas .... Carlos

Eva Wilma .... Luciana

Darlene Glória .... Ana

Ana Esmeralda .... Hilda

Otello Zeloni .... Arturo

Etty Fraser .... vizinha de Hilda

Sérgio Hingst 

Resultado de imagem para a falecida 1965

A Falecida (1965)

Assista on line / Download MEGA  Senha: cinebra

Zulmira é uma mulher obcecada pela ideia da morte e assim ter um enterro de luxo para compensar a sua vida simples e miserável num subúrbio do Rio de Janeiro. Ao saber que tem uma boa saúde, fica totalmente abalada e por fim acaba contraindo uma tuberculose. Como último pedido, pede ao marido desempregado um grande e luxuoso enterro. Para isso, precisa pedir dinheiro do homem mais rico do bairro, Guimarães (Paulo Gracindo). O homem não aceita pagar o funeral, e acaba contando que teve um caso com a falecida, isso sem saber que o sujeito com que esta falando é o viúvo. O marido, então enfurecido, passa a chantagear Guimarães.

Elenco

  • Fernanda Montenegro...Zulmira
  • Paulo Gracindo...João Guimarães Pimentel
  • Ivan Cândido...Toninho
  • Nelson Xavier...Timbira
  • Joel Barcellos
  • Dinorah Brillanti
  • Hugo Carvana
  • Lucy Costa
  • Eduardo Coutinho
  • Billy Davis
  • Oswaldo Ferreira
  • Lurdes Freitas
  • Zé Keti
  • Vanda Lacerda...Madame Crisálida
  • Glória Ladany
  • José Wilker (não creditado)

Dirigido por Leon Hirszman

Resultado de imagem para No tempo dos bravos (Wilson Silva, 1965)

No Tempo dos Bravos (1965)

Assista Online

Direção: Wilson Silva,

Elenco:
D'Artagnan Melo,
Elizabeth Botelho,
José Pinha,
Gilvan Gilbert,
Paulo Roberto Rangel,
Leônidas de Queiroz,
Gilda Herther,
Sérgio Pinha,
Adriano Reys,
Herval Rossano,
Maria Pompeu,
Roberto Almeida,
Togo Vilar,
Monteirinho
Ricardo Moreira,
Walter Calaza,

Fazendeiro emprega um farosteiro que o defende numa briga. Na fazenda há ouro, cobiçado por um cidadão corruptor.

Resultado de imagem para Um dia qualquer filme

Um dia qualquer (1965)

Assista Online

Dirigido por: Líbero Luxardo
É o primeiro longa metragem paraense. Nele Líbero escalou o advogado Hélio Castro e a bela Lenira Guimarães como os protagonistas de uma história que se desdobrava em outras em apenas um dia, e conseguiu introduzir todas as paisagens marcantes de Belém: Ver-O-Peso, Avenida Presidente Vargas, Praças da República e Batista Campos, Igreja do Carmo, Maloca, entre outros. Além também de manifestações culturais como o Círio de Nazaré.

Resultado de imagem para menino de engenho filme

Menino de Engenho (1965)

Assista Online

1920, na Paraíba. Após a morte da mãe, o menino Carlinhos (Sávio Rolim) é enviado para o engenho Santa Rosa para ser criado pelo avô e pelos tios. Lá ele testemunha a chegada de um novo tempo, com o advento das modernas usinas de açúcar e as transformações econômicas e sociais pelas quais passa a produção canavieira, mudanças que irão afetar a vida de todos. Quando ele cresce e vai para o colégio, já não é mais o garoto ingênuo e inocente que chegou no engenho.

Dirigido por Walter Lima Júnior

Elenco

  • Geraldo Del Rey.... Juca
  • Anecy Rocha.... tia Maria
  • Maria Lúcia Dahl.... Maria Lúcia
  • Antônio Pitanga.... Zé Guedes
  • Sávio Rolim.... Carlinhos
  • Rodolfo Arena.... José Paulino
  • Margarida Cardoso.... Sinhazinha
  • Maria de Fátima.... Clara

Resultado de imagem para a morte para um covarde

Morte Para um Covarde (Un Sueño y nada más, 1965)

Um filme de Diego Santillán com Reginaldo Faria, Alfredo Murphy, Sadi Cabral, Virginia Lago

Assim que seu chefe descobre a traição, Luciano precisa fugir e abandonar toda sua vida na máfia e no crime para trás. Suas opções são escassas e quanto mais o tempo corre, maiores são as chances de ser capturado. No entanto, quando Luciano encontra uma prostituta com uma grave doença, consegue abrigo na casa da mulher e começa a armar um plano para salvar a própria vida.

Resultado de imagem para grande sertão filme

Grande Sertão: Veredas (1965)

Assista Online

Elenco:

  • Maurício do Valle ... Riobaldo
  • Sônia Clara ... Diadorim
  • Luigi Picchi
  • Jofre Soares ... Zé Bebelo
  • Graça Mello
  • Milton Gonçalves ... Tonico
  • Zózimo Bulbul
  • Gilberto Marques
  • David José

Dirigido por Geraldo Santos Pereira e Renato Santos Pereira

Conta a história do jagunço Riobaldo e de sua amizade com seu companheiro Diadorim. Juntos, eles empreendem vingança contra o assassino do pai de Diadorim.

 

A Pedra do Tesouro (1965)

Assista Online

Dois aventureiros seguem a trilha de um mapa do tesouro. Depois de matar bandidos que também cobiçam a fortuna, eles descobrem que uma gigantesca pedra cobre o local em que o tesouro foi enterrado. Tirá-la dali será um grande problema. Curta que marca a primeira aparição da dupla Didi e Dedé no cinema.

Resultado de imagem para a hora e a vez deaugusto matraga

A Hora e Vez de Augusto Matraga (1965)

Partes 01 / 02 / Assista Online

Direção: Roberto Santos

Elenco:

  • Leonardo Villar … Augusto Matraga
  • Joffre Soares … Joaozinho Bem Bem
  • Maria Ribeiro … Dionorá
  • Maurício do Valle … Padre
  • Flávio Migliaccio … Quim Recadeiro
  • Solano Trindade
  • Antonio Carnera … Major Consilvo
  • Ivan de Souza … Jurumim
  • Emmanuel Cavalcanti… João Lomba
  • Áurea Campos

Augusto Matraga é um violento fazendeiro. Traído pela esposa, ele é emboscado por seus inimigos e dado como morto. Mas, ele é salvo e volta-se para a religiosidade. Augusto conhece Joãozinho Bem Bem, jagunço que o faz viver um conflito interno, instigando os instintos violentos de sua personalidade. Matraga começa então a oscilar entre seu temperamento agressivo e o misticismo que não consegue mais abandonar.

É baseado em "A hora e vez de Augusto Matraga", última novela de Sagarana, obra de estreia de João Guimarães Rosa.