Hospedagem de Sites com cPanel, PHP, MySQL, Emails e SSL Grátis
1951
1951

 

 

Resultado de imagem para Maior que o ódio filme

Maior Que o Ódio (1951)

ASSISTA ON LINE

Direção: José Carlos Burle

Elenco

  • Abel Pêra
  • Agnaldo Rayol
  • Anselmo Duarte
  • Armando Couto
  • Jesus Ruas
  • Jorge Dória
  • José Lewgoy
  • Rodney Gomes
A história de dois homens cuja amizade foi mais forte que o ódio que os separou. Eles passaram toda a infância juntos, mas quando adultos cada um seguiu seu caminho. Um tornou-se um honesto trabalhador, enquanto o outro preferiu o lado do crime. Quando a irmã do trabalhador passa a ter um caso com o criminoso, os dois amigos novamente estarão frente a frente.

Imagem relacionada

Barnabé, Tu És Meu (1951)

ASSISTA ON LINE - Partes 01 / 02 / 03 / 04

Direção: Carlos Manga, José Carlos Burle

Elenco: Bené Nunes, Cyll Farney, Fada Santoro, Grande Otelo, José Lewgoy, Oscarito, Pagano Sobrinho, Renato Restier

Barnabé (Oscarito) é faxineiro de um cientista maluco. Acidentalmente, ele carimba a estrela de Davi na mão com a última invenção do chefe, uma tinta de longa duração. A marca atrai a princesa Zuleima (Fada Santoro), que acredita que ele seja herdeiro de Salomão (Renato Restier) e, portanto, seu prometido.

Imagem relacionada

Terra É sempre Terra (1951)

ASSISTA ON LINE

Dirigido por Tom Payne

Elenco:

  • Marisa Prado ... Lina
  • Mário Sérgio ... João Carlos
  • Abilio Pereira de Almeida ... Tonico Loferato
  • Ruth de Souza ... Bastiana
  • Eliane Lage ... Dora
  • Ricardo Campos
  • Lima Barreto ... Coronel Pires
  • Salvador Daki ... Lourenço
  • Zilda Barbosa ... Irene
  • José Queirós Matoso
  • Célia Biar ... Filó
  • Renato Consorte
  • Alberto Ruschel
  • Luciano Salce

O rígido capataz Tonico despreza sua mulher, muito mais jovem. Ambicioso, rouba na colheita de café da patroa, que manda seu filho inspecionar a fazenda. Mulherengo e jogador, o rapaz perde todo o dinheiro que tinha, inclusive o pagamento dos peões, no carteado, ficando endividado. Tonico então se oferece para comprar a fazenda e, assim, liquidar sua dívida de jogo.

 

Resultado de imagem para coração materno filme

Coração Materno (1951)

Assista On Line

Quando bebê, Carlos foi abandonado na igreja, aos pés de Nossa Senhora, criado pelo padre e consagrado a ela. Ainda criança, apaixona-se pela filha do Comendador, o grande fazendeiro do lugar, que já está prometida ao filho de um conde arruinado. Os jovens namorados têm personalidades difíceis: Carlos é impulsivo e briguento, Violeta coquette, para usar um termo da época, e volúvel. Quando as coisas começam a se encaminhar bem para o jovem par, Carlos cai numa armadilha e é acusado por um assassinato que não cometeu.

Direção: Gilda Abreu
Elenco: Vicente Celestino; Gilda Abreu; Elizeth Cardoso; Paulo Celestino

Imagem relacionada

O Saci (1951)

Assista On Line / MEGA

Dirigido e escrito por Rodolfo Nanni

O filme mostra as aventuras de Narizinho e Emília no Sítio do Picapau Amarelo, junto de Pedrinho que quer capturar um Saci em uma garrafa, seguindo as instruções do Tio Barnabé. O Saci depois de capturado e solto novamente, irá ajudar Pedrinho a desfazer uma bruxaria que a Cuca jogou em Narizinho, transformando-a em pedra. No Sítio vivem ainda Dona Benta e Tia Nastácia, que cuidam das crianças e se divertem com suas reinações.

Elenco

  • Paulo Matosinho - Saci
  • Livio Nanni - Pedrinho
  • Aristéia Paula Souza - Narizinho
  • Olga Maria - Emília
  • Maria Rosa Moreira Ribeiro - Dona Benta
  • Benedita Rodrigues - Tia Nastácia
  • Otávio de Araújo - Tio Barnabé
  • Maria Meneguelli - Cuca
  • Yara Trexler - Yara

A Carrocinha (1955)

Assista on line

Dirigido por Agostinho Martins Pereira

Elenco:

  • Amácio Mazzaropi.... Jacinto
  • Dóris Monteiro.... Ermelinda
  • Modesto de Souza .... Prefeito Juca Miranda
  • Adoniran Barbosa.... Salvador, pai de Ermelinda
  • Gilberto Chagas .... Alinor
  • João Silva .... Lisboa, presidente da Câmara Municipal
  • Aidar Mar .... Clotilde, mãe de Jacinto
  • Paulo Saffioti .... Teotônio
  • Kleber Macedo .... Adalgiza
  • Nicolau Sala .... padre Simão
  • Salles de Alencar .... Abel Fragoso
  • José Nuzzo .... Tatu, irmão menor de Jacinto
  • Luiza de Oliveira .... Dona Hortênsia
  • Reinaldo Martini .... Paulo
  • Diná Machado .... tia Josefa
  • José Gomes .... tio José
  • Nieta Junqueira
  • Galileu Garcia
  • Jordano Martinelli
  • Bento Souza
  • Luiz Francunha
  • Duque .... cão de Ermelinda

Depois de ter lançado três filmes de grande sucesso pela Companhia Cinematográfica Vera Cruz, Amácio Mazzaropi vai trabalhar como ator contratado para a Fama Filmes.

O filme, com produção assinada pelo argentino Jaime Prades (que, segundo reza a lenda, produziria anos depois o clássico El Cid, com Charlton Heston), utiliza (embora com certo requinte na direção e melhor elaboração do roteiro) a mesma ideia de Sai da Frente. Mas Agostinho Martins Pereira consegue ser mais interessante que Abílio Pereira de Almeida...

Já existe um tom de proteção aos animais, nessa simbologia que confere à "carrocinha" uma espécie de carro maligno, que vai ceifando das casas e das famílias toda a felicidade. Mas o laçador de cães Jacinto é um homem de contornos psicológicos nobres que, mui malandramente, engana o Prefeito para juntar a grana necessária e casar-se com a linda Ermelinda (Doris Monteiro).

Quem rouba a cena de Mazzaropi é, sem sombras de dúvida, o lendário cão Duque. Reza a lenda que o cão adestrado tinha um dos maiores salários da Vera Cruz, inclusive ganhando mais que Anselmo Duarte, galã dos estúdios de São Bernardo do Campo.

A fuga dos cães rumo à cidade, salvando Jacinto da fúria popular à porta da igreja no instante do seu casamento, é um dos mais altos momentos de toda a filmografia de Mazzaropi.

ÂNGELA (1951) 

VK

Dirigido por Tom Payne e Abílio Pereira de Almeida 

Elenco:

Eliane Lage… Ângela

Alberto Ruschel

Mário Sérgio

Abilio Pereira de Almeida … Gervásio

Ruth de Souza

Inezita Barroso

Xandó Batista

Sérgio Cardoso

Renato Consorte

Antunes Filho

Sérgio Hingst

Nydia Lícia

Maria Clara Machado

Dinarte, jogador incorrigível, ganha no carteado uma propriedade, à qual decide visitar na mesma noite. Chegando à fazenda, Ângela, enteada de Gervásio (o perdedor), comunica a morte da mãe. Dinarte envolve-se e casa-se com Ângela e promete não jogar mais, porém não consegue cumprir a promessa e a família entra em decadência, da qual Ângela tenta preservar seu bebê.